Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Adriana Bozon e Lea T vestem a camiseta ao lado de Cauã Reymond no fim do desfile Adriana Bozon e Lea T vestem a camiseta ao lado de Cauã Reymond no fim do desfile

Depois das cruzes da Cavalera, o desfile da Ellus de primavera-verão 2014/15 teve tom de protesto: no fim, aparecem camisetas com os dizeres “Abaixo esse Brasil atrasado“. Ao lado das bandeiras e da inspiração militar (e com a proximidade do aniversário de 50 anos do golpe militar), alguns fashionistas “pegaram mal” a mensagem. Mas eis que existe uma carta aberta da marca, que esclarece o que eles queriam dizer com a camiseta-palavras-de-ordem. Confira na íntegra abaixo:

“DESABAFO

O Brasil está entupido, um congestionamento em tudo. Não anda no trânsito, nos aeroportos, nos hospitais, nas estradas, na energia, nas escolas, na comunicação, na burocracia (corrupção)… Até a água está entupida!

Dificuldade para tudo! As coisas não fluem! Tudo é tão difícil! Tudo isso gerando esse custo. Brasil = ineficiência, improdutividade. Isso faz com que fiquemos isolados do mundo, acarretando esse atraso todo em relação ao mundo moderno.

É claro que os maiores responsáveis são os políticos e os governos antiquados, cartoriais, quase medievais, que com suas ideias atrasadas de protecionismo acabam por gerar atrofia.

Até para indústria da moda, exportar o nosso design fica difícil com todo esse custo, abrindo espaço maior para as importações de roupas e acessórios provenientes de países pobres, porque nós não temos condições de competir.

Precisamos desburocratizar, simplificar para motivar, avançar, abrir, internacionalizar, se não, cada vez mais, ficaremos isolados nas geleiras do Polo Sul.

Que Brasil é esse em que até as empresas e patrimônios públicos acabam destruídos?!?!

ABAIXO ESSE BRASIL ATRASADO!

TIME ELLUS”

http://msn.lilianpacce.com.br/desfiles/carta-aberta-protesto-ellus/

Exibições: 2361

Responder esta

Respostas a este tópico

Em 2014 meu voto será assim!

Que Brasil é esse em que até as empresas e patrimônios públicos acabam destruídos?!?!

ABAIXO ESSE BRASIL ATRASADO!

TIME ELLUS”

Caro Elson ! Nasci em 1953, e peguei essa época ainda pequeno mas já enxergando o que ocorria a minha volta. Meu Pai sempre foi trabalhador operário, NUNCA foi interpelado nas ruas. O que sobrou dessa "abertura" foi a volta desse bando, isso mesmo, BANDO de anistiados, que hoje lutam para permanecer no poder. Essa é a democracia que essa Dna Francisca escreve ???? Como todo pseudo brasileiro que "lutou" pelo País naquela época, a Dna Francisca é mais um pária, que só mostra o lado da moeda que os interessa. Essa democracia capenga que hoje vivemos, instalou o assistencialismo na alma do povo brasileiro. Não culpemos o povo boliviano, afinal eles vem pra cá para trabalhar e, ainda que eu não seja a favor de trabalho escravo, afirmo com todas as letras que, esse povo boliviano que trabalha no Brasil, é grato pelo trabalho e está muito mais feliz do que se estive em seu país de origem. O que existe hoje é um excesso de demagogia, hipocrisia.  O espaço aqui é deveras pequeno para expressar tudo o que me vem à cabeça. Obrigado Sr. Elson, pois conseguiu mostrar que ainda existem pessoas que não foram levados pelo canto de sereia desses políticos de meia pataca que abundam o cenário nacional.

Elson de Lima Menezes Filho disse:

Creio que d. Francisca não viveu sob o periodo de João Goulart. Se tivesse vividojamais ela pensaria tão mal dos governos de 1964 a 1985.

1ºpara as pessoas comuns que recebiam seus salários estes ficavam totalmente carcomidos frente a uma inflação de 90% e sem correção monetária.

2º as pessoas comuns tinha todos os dias dificuldades para ir ao trabalho pois um dia a greve era dos rodoviários , no outro era dos motorneiros ( de bondes) em outro era dos ferroviárias . Ou seja uma verdadeira Zona.

3º a dificuldade de fazer compras , em primeiro lugar devido a queda do poder de compra da moeda, se seguia devido aos constantes saques existentes devido a isto, e a auto defesa dos comerciantes em fechar seus estabelecimentos.

Francisca , se tivésseis vivido naquela época a sra conheceria todoas estas agruras e me daria razão . NÂO HOUVE INOCENTES em nenhum dos dois lados.

Francisca , pode estar certa . Se soubesses o que pessoas como Diógenes Oliveira, Dilma Roussef , José Dirceu e outros fizeram contra éssoas inocentes neste periodo você nunca os defenderia e acusaria os governantes daquele periodo.

Há muita coisa que a comissão da verdade descobriu e tem que tornar publico a cerca deste pessoal. Fala-se de contribuição americana mas nunca se fala em contribuição Cubana e Soviética. 

Reflita...

Precisamos desburocratizar, simplificar para motivar, avançar, abrir, internacionalizar, se não, cada vez mais, ficaremos isolados nas geleiras do Polo Sul.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço