Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

A classe média chinesa, formada por 300 milhões de pessoas, oferece oportunidades para que empresas brasileiras exportem produtos de vestuário, jóias e calçados de Alta Qualidade

A classe média chinesa, formada por 300 milhões de pessoas, oferece oportunidades para que empresas brasileiras exportem produtos de vestuário, jóias e calçados de alta qualidade. A informação foi dada pela analista da Agência de Promoção de Exportações (Apex Brasil), Patrícia Steffen, no lançamento da missão brasileira à China, realizado pela FIESC em Florianópolis na quarta-feira (6) e transmitido para 22 estados por videoconferência.

Estudo realizado in loco pela Apex mostrou que a estratégia para ingressar na China deve ser por meio de nichos de mercado com foco na alta qualidade, já que o país oriental tem produtos com preços baixos. Steffen destacou que a classe média compra produtos com moda e estilo, inclusive muitos chineses vão buscar referências em Hong Kong, porta de entrada de muitos dos produtos que chegam à China.

A analista da APEX afirmou que o setor de alimentos também tem muitas oportunidades, especialmente depois da visita recente da presidente da República à China onde foi firmado o acordo para exportar carne suína. Também está em negociação um acordo para que o Brasil exporte frutas ao país asiático.

Para Santa Catarina, a pesquisa da Apex identificou oportunidades para outros produtos como fumo em folhas, carne de frango in natura e industrializada, móveis, madeiras compensadas, compressores, geradores e transformadores elétricos e partes de motores para veículos.

Em outubro (11 a 22), a Federação realizará a oitava edição da missão empresarial brasileira à China. A delegação participará da tradicional Feira de Cantão, maior evento multissetorial de negócios do país, com 24 mil expositores.

O evento, que ocorre há mais de 50 anos, é composto por setores como máquinas e equipamentos pesados, autopeças, produtos químicos, hardware, ferramentas, equipamentos para construção, produtos elétricos e eletrônicos e materiais de construção e decoração.

A região onde é realizada a feira possui o sétimo maior porto do mundo e concentra parques industriais de computadores, celulares, eletrodomésticos, indústria automobilística, instrumentos mecânicos e agrícola. Na missão estão programadas visitas a indústrias locais e ao porto de Shanghai.

As inscrições estão abertas e devem ser feitas até o dia 12 de agosto. Os interessados devem inscrever-se no site www.fiescnet.com.br/china2011.

Atenciosamente,

Sistema de Inteligência Setorial
www.sebrae-sc.com.br/sis

Exibições: 231

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço