Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

A intervenção na Unicamp por Paulo Maluf e o caso CETIQT

Eu mencionei aqui a  brutal intervenção que Paulo Maluf, hoje um dos 4  brasileiros que constam de uma lista internacional associada a grandes prarticantes de ilícitos penais, porque foi uma  violenta intervenção, e  até  o ponto que  sei, inédita  na época.Mas não houve , mesmo brutal, demissão  sumária  de funcionários  e professores, o que no meu melhor  conhecimento  está acontecendo no  CETIQT, sem que  se  saiba qual  o propósito  de tais  ações, e o que stá sendo  proposto,  que seria  o minimamente  exigido de  quem é  pago   com DINHEEIRO PÚBLICO .  Deve-se  considerar  ( leiam!) o trabalho  feito para  o Centro de Gestão e  Estudo  Estratégicos  ( CGEE), "Estudo Prospectivo Setorial -Têxtile  Confecção" ,publicado em  2010,  que é um  trabalho no qual o  CETIQT , juto comoutros  centros  de excelência, foi  destacado ator , o que  nos  dá o  direito - e obrigação- de indagar o propósito  dessas  ações  ,dentro  do CETIQT  .  O atual   Presidente  do  CGEE, colega  e economista  da Unicamp, orientou  a tese  do Dr  Aloisio Mercadante,   Ministro de  Ciência e Tecnologia,  a  quem certamente interessa muito o plano setorial encaminhado  pela  ABDI ( Associação Brasileira  de Desenvolvimento Industrial). Participaram deste  trabalho  empresários, técnicos, membros da sociedade  civil e  órgãos do governo. O estudo setorial têxtil fez parte  de um conjunto de análises  setoriais,   que  entendo com válidas até o presente,e parte do programa do atual governo. O que postulo é  que  seja  dados  a nós profissionais ligados à  este  setor tão carente,e  tão importante , sendo  parte do que  chamo  de "materiais fibrosos"  que abrange  tecidos  técnicos,  funcionais  com  plicações  em setores tai como automobilístico, aeronáutico, aero- espacial, área médico  hospitalar , entre outro campos  avançados da manufatura. Grças  a  ABIT liguei-me mais de perto a ese  esforço  quando  fizemos na  UNICAMP, uma  reunião na  INOVA  com a presença  ilustre  do  Dr Luciano  Coutinho, que na  época ainda não estava no BNDES. Sendo assim solicito que seja  dada a nós a oportunidade  de tomar  ciência do que se propõe,  já que  o  programa setorial do governo não  foi alterado.  Peço aos  senhores empresários que ajudem ameçhora  a  escola ,s e necessário, mas não permitam danos irreversíveis, ao que  foi o  primeiro  Centro de  Tecnologia  do  SENAI, trabalho emque tive  a honra de participar  de  1978  até  1983

Uma providência urgente, que  tokmo libertade  de  solicitar,seria  parar  imediatamente com a  demissão  de técnicos,  funcionários,  especialmente os mais pobres,e  professores,  até que  haja uma proposta  clara  dos  rumos que se pretende  tomar. Mudança de direção entende-se. Demissão de professores  não.

Exibições: 1312

Responder esta

Respostas a este tópico

Estamos solidários com nosso colega Edison Bittencourt e com os colegas professores do CETIQT aposentados demitidos daquele Centro de Tecnologia Têxtil, considerado um dos cinco melhores Centro de Excelência Têxtil do Mundo. A ABTT foi convidada a participar de um Workshop CETIQT/ABTT para discutir as diretrizes daquele Centro de Tecnologia nos próximos anos e queremos ouvir as providencias da Direção e do CTA (Conselho de Admnistração do CETIQT), na pessoa do também colega Técnico Têxtil Aguinaldo Diniz, Presidente daquele Conselho, quanto as normas administrativas do SENAI que aposenta o professor com 50/55 anos quando o mesmo atinge o ápice de sua experiência profissional. Aqui em Pernambuco, o CERTTEX (Centro Regional de Tecnologia Têxtil do Senai) em Paulista- Pe , fechou todas as cadeiras do ensino têxtil por falta de Corpo Docente, pela falta de sensibilidade da Diretoria Regional que apesar de ter ajuda do Governo Japonês e manter Convênios de Treinamentos no Japão, enviava seus professores especializados têxteis, para receberem treinamento e estágios no Japão, para um ou dois anos depois demitir esses profissionais por terem atingidos a idade de aposentadoria. Aconteceu com vários colegas nossos (Leodir Marinho, Sebastião Pereira, Antonio Moreira Neto - fez especialização em alimentos no Canadá e outros), que se destacavam em suas funções naquele Centro Têxtil, mas nunca tiveram oportunidade de alçarem uma função hierárquica de destaque, por serem preteridos por funcionários de carreiras do Departamento Regional do Senai, sem nenhum comprometimento com a industria têxtil regional , quiçá nacional. Interessante que, os Diretores do Senai (esses indicados pela FIEPE - Federação da Industria de Pernambuco), que demitiram os professores do CERTTEX e também talvêz, os Diretores do DN _ Rio que demitiram os do CETIQT, SÃO MUITOS MAIS IDOSOS E DE IDADE COM 10 ATE 20 ANOS MAIS VELHOS QUE OS PROFESSORES PRETERIDOS E COMPULSORIAMENTE APOSENTADOS. POR QUE ?  Precisamos acabar com isso. Precisamos preservar aqueles que realmente tenham capacidade e competência para exercer suas atividades profissionais, aproveitando ao máximo sua experiência CURRICULAR, inclusive para introduzir e transmitir aos mais jovens professores, como vi acontecer na década de 60 quando estudei na antiga ETIQT. 

Um País onde uma instituição aposenta  seus profissionais  com 50 ou 55 anos, está literalmente louco, e  contra a tendência mundial, neste aspecto.  Nas Universidades  a  aposentadoria  compulsória  é   , para homens, aos  70 anos (!), e pretende-se  estende-la  até  os  75  anos. Muitos  dos aposentados, como eu, conjtinua a produzir pesquisa e a ministrar  aulas, e  em algumas ituações  a Univeraidade pararia  sem a contribuição  dos aposentados. Considerem o aumento da expectativa de vida, com aumento , também  da qualidade  de vida. Essa norma  do SENAI não merece outra classificação  como a de  IDIOTA  ,  inoportuna, e prejudicial aos interesse  de uma nação , considerando  as emergentes  condições  de contorno na economia mundial!  Essa liitação  , acredito,m  viola    DIREITOS  INALIENÁVEIS  ao cidadão:  acesso  ao trabalho:  ESPECIALMENTE NO CASO DE PROFESSORES. Quem está no comando do  CNI?  Wue tipo de gente  impõe tal  asneira?

Sempre que o Brasil e suas organizações de forma geral, aposentam profissionais com mais de 50 anos, estão aplicando o princípio da redutibilidade, ou como em economia, a lei dos rendimentos decrescentes, na medida em que subconjuntos combinam-se para produzir sistemas funcionais que deveriam ser maiores, emergem novas propriedades de nível inferior. É necessário iniciar uma discussão sobre o que significa "expectativa de vida x expectativa de vida no trabalho". Estamos indo na contra-mão da história, perdendo a riqueza da sinergia que pode haver entre o novo e o experiente. Se poderia criar hierarquias integradoras para que o Brasil pudesse evoluir mais rapidamente a partir do somatório de seus componentes e suas "sabedorias". A continuar esse comando de gabinetes, podemos predizer que não seremos o país do futuro, pois já perdemos esse futuro. Me solidarizo com os opinantes. Sabedoria no Brasil é um ente "poluente". É lamentável.

   Bom dia!!!

  Essa é uma discussão ...vai dar "PANO PRA MANGA",   

  Engraçado, agora com as demissões em questão, alguns se mostram incrédulos com determinadas atitudes. Quando funcionários. professores, instrutores e etc... nas nessas mesmas gestões foram demitidos sem razões plausíveis p/ isso, ninguém se manifesta para querer entender as razões...a filosofia ETIQT/SENAI,(onde estudei) CETIQT/SENAI (onde trabalhei por 10 anos)...há muito foi deteriorizada, não pelos professores/instrutores mas sim pelas gestões ,as mesmas que hoje !!!

Eu gostaria de saber   se  o  CGEE  ( por favor leiam o  trabalho sobre a análise  setorial  para  Têtil e  confecção) , ABDI,  MCT, e  este  CNI,  conversarem  entre eles. Tudon indica v que não . Esta intervenção parece-me sugerir  que não  conversam , estando em andamento  uma ação que não correspode  a política da  Presidente  Dilma  de  CRIAÇÃO DE POSTOS  DE TRABALHO  E NÃO ELIMINAÇÃO, PRINCIPALMENTE DE PROFESSORES . Demissões sumárias tem sido  executadas ,  até  dos mais modestos  fincionários , injustificadas, e  mais ainda,  financiadas (  !!!!????)  com  DINHEIRO DO POVO  que paga os salários do atual    interventor e  do dono  do  CNI, sendo que este  último  ainda nos deve  algumas explicações sobre  fatos alegados que não discutirei  agora.

       Deveríamos convocar todos os técnicos têxteis e engenheiros têxteis formados na ETIQT ou CETIQT, principalmente os filhos de industriais têxteis que hoje devem estar no comando das suas indústrias para apoiar essa campanha a favor do CETIQT.

       Abraços Romildo.

Cara Carmen Lucia, 

Já está dando PANOS PRA MANGA, MELANCIA, MELÃO, ABACAXI E OUTRAS FRUTAS !

Não é de hoje essas demissões, mas agora foram 50 ou 55 de uma vez. Não foram apenas professores ! Também funcionários especializados, instrutores etc... Sabemos que essa política existe há muitos anos e tenho combatido aqui no Nordeste denunciando através da ABTT, de quem sou associado e membro do Conselho de Administração e de Ética. Agora a repercussão é maior porque foi com o CETIQT, um dos melhores Centro de Tecnologia Textil do Brasil e do Mundo ! Não tem que dar apenas panos pra mangas, mas criarmos condições de mudar essa política idiota e corrupta de nomeação de pessoas sem nenhum comprometimento com o setor têxtil, para nivelar por baixo nosso ensino têxtil que deveria ser hoje, muito mais avançado e abrangente que em nossa  época, atendendo às inovações tecnológicas têxteis e de todas as as cadeias de segmentos que envolvam tecnologias e aplicações texteis e tecidos técnicos aplicados em papel, celulose, petróleo, área médico-hospitalar, alimentação agrícultura,  automoveis, aeronáutica etc... Eis a questão !

ALÉM DE CONTRADITÓRIO É TOTALMENTE IRRACIONAL A POSTURA DA CÚPULA

QUE FAZ O SISTEMA SENAI, ENTÃO VEJAMOS:

A LÓGICA DA VIDA NOS DITA A SEGUINTE REGRA: O HOMEM NASCE, ELE CRESCE 

E APRENDE COM OS MAIS VELHOS E COM SUAS EXPERIÊNCIAS PRÓPRIAS E AO 

"AMADURECER" REPASSA OS CONHECIMENTOS RECEBIDOS E ADQUIRIDOS AOS 

MAIS JOVENS QUE INICIAM SUA CAMINHADA PELA VIDA. SABEM QUEM NOS ENSI-

NA ESTAS REGRAS??? OS ÍNDIOS. TIDOS COMO SILVÍCOLAS, PAGÃOS E REMANES-

CENTES DA PRÉ-HISTÓRIA. AFINAL EM QUE ERA ESTÃO OS DIRIGENTES DO SENAI??

JÁ FIZ COMENTÁRIOS  SOBRE AS CONDIÇÕES OPERACIONAIS TANTO DO CETIQT,

ONDE ME FORMEI E ATÉ HOJE VIVO COM OS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS TANTO

PARA A MINHA PROFISSÃO QUANTO PARA MINHA VIDA( POIS CONVIVER ENTRE O

RATO MOLHADO E O JACAREZINHO NÃO É FÁCIL!!!), COMO DO CERTEX(PAULISTA/PE)

E REAFIRMO: O SENAI É UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA COM POSTURAS DE PÚBLICA, NÃO

QUE AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DEVAM CONTINUAR COMO SEMPRE FORAM, E SUA CÚ-

PULA É MUITO ENVOLVIDA COM POLÍTICA E ISTO É MUITO NEGATIVO. SE DEVE HAVER

UMA GRANDE FAXINA??? SIM DEVE, MAS NÃO NOS QUADROS DECENTES E SIM NA ALTA

DIREÇÃO. FUI ALUNO E FUNCIONÁRIO DO SENAI ÁREA TÊXTIL E SEI DO QUE RECLAMO. 

 

  Bom dia!!!

  É Luiz Barbosa, sou aposentada há mais de 11 anos e continuo exercendo a minha profissão de Técnico Têxtil, Engenherira Têxtil com pós-graduação.

 Tenho o maior orgulho de ter sido formada pelo Sistema SENAI/ETIQT, sempre fiz valer os meus direitos e obrigações, onde estão esses funcionários demitidos que não se unem para o fazer o mesmo? Se unam, lutem pelos seus direitos!!!

 Concordo com o opinante, Romildo quando diz que deveríamos nos reunir para que uma discussão seja aberta sobre o assunto. E na minha  opinião a discussão está em pauta não pela defesa dos pequenos demitidos ( que como já falei já aconteceu em épocas passadas e não vimos esse tipo de repercussão)e sim porque no meio tem peixe grande. Claro que concordo quando fala sobre os mais experientes ( estou incluída no contexto) Gerencio uma fábrica há 19 anos e a cada dia me sinto renovada com a confiabilidade no meu trabalho, onde exponho as minhas idéias e defendo os meus funcionários contra qualquer um que queira menosprezá-los.

A base que tive no curso profissionalizante no ETIQT alavancou a minha vida profissional até esses dias, em que a filosofia SENAI existia.Já asssitia nos 10 anos de trabalho como instrutora do CETIQT a pouca importância dada a esse tipo de curso, que na minha opinião  é filosofia do SENAI, um curso voltado para a preparação profissional e para a vida. Independente de que outras técnicas revolucionárias ( por ex. a moda) tb evoluessem, mantendo a base. Acredito, que esta seja postura da Presidente Dilma, a volta dos cursos profissionalizantes...

É isso e nada mais a declarar!!!

 

Abçs

 



Luiz Barbosa Lima disse:

Cara Carmen Lucia, 

Já está dando PANOS PRA MANGA, MELANCIA, MELÃO, ABACAXI E OUTRAS FRUTAS !

Não é de hoje essas demissões, mas agora foram 50 ou 55 de uma vez. Não foram apenas professores ! Também funcionários especializados, instrutores etc... Sabemos que essa política existe há muitos anos e tenho combatido aqui no Nordeste denunciando através da ABTT, de quem sou associado e membro do Conselho de Administração e de Ética. Agora a repercussão é maior porque foi com o CETIQT, um dos melhores Centro de Tecnologia Textil do Brasil e do Mundo ! Não tem que dar apenas panos pra mangas, mas criarmos condições de mudar essa política idiota e corrupta de nomeação de pessoas sem nenhum comprometimento com o setor têxtil, para nivelar por baixo nosso ensino têxtil que deveria ser hoje, muito mais avançado e abrangente que em nossa  época, atendendo às inovações tecnológicas têxteis e de todas as as cadeias de segmentos que envolvam tecnologias e aplicações texteis e tecidos técnicos aplicados em papel, celulose, petróleo, área médico-hospitalar, alimentação agrícultura,  automoveis, aeronáutica etc... Eis a questão !

CAROS AMIGOS MEMBROS!!! PERMITAM-ME ABRIR PARÊNTESES NESSA PERTINENTE

DISCUSSÃO PARA EXALTAR UMA ATITUDE DE DIGNIDADE E PATRIOTISMO. FALO DA

ATITUDE DA DEPUTADA LUIZA ERUNDINA EM SE NEGAR DE FAZER PARTE DE UMA

CHAPA ELEITORAL NA QUAL TENHA COMO MEMBRO O INDIGNO E ANTIPATRIOTA

PAULO SALIM MALUF!!!

PARABÉNS DEPUTADA!!! 

  Bom dia!!!

  Muito bem lembrado!!! Isso é dignidade!!!  Em contrapartida o Sr. Lula tira foto com o mesmo ...e aí? Quem será o mais antipatriota?

 Meus agradecimentos a nobre deputada!!!



julio cesar de souza disse:

CAROS AMIGOS MEMBROS!!! PERMITAM-ME ABRIR PARÊNTESES NESSA PERTINENTE

DISCUSSÃO PARA EXALTAR UMA ATITUDE DE DIGNIDADE E PATRIOTISMO. FALO DA

ATITUDE DA DEPUTADA LUIZA ERUNDINA EM SE NEGAR DE FAZER PARTE DE UMA

CHAPA ELEITORAL NA QUAL TENHA COMO MEMBRO O INDIGNO E ANTIPATRIOTA

PAULO SALIM MALUF!!!

PARABÉNS DEPUTADA!!! 

Boa tarde à todos!

É com muita revolta que vejo a imundície que estão fazendo no CETIQT. Estudei lá, me formei em Engenharia e com essa formação já trabalhei em algumas empresas no Brasil e quand oretornei ao RJ e recebi a notícia de um dos professores da Instituição que está ainda até hoje fiquei perplexo.

MAs, para os engravatados, tá tudo certo. Porque os idiotas estão dando a maior atenção ao petróleo e a questão do pré-sal enquanto o nosso setor fica enfraquecido.

Na minha humilde opinião, jogada de mestre deles! A mão-de-obra da nossa área, principalmente a que tem uma qualificação melhor, tem a condição de galgar uma melhora no currículo com uma pós-graduação e o que fará: Fará para melhorar a qualidade do trabalho no setor têxtil, um setor que está cada vez mais esquecido por todos os que nós esperávamos que nos defenderia, ou vai procurar uma coisa mais ligada a essa área para que haja uma absorção de MO qulificada e acabe com o stress gerado hoje em dia com isso, no setor petrolífero?

Temos que frear, senão acabar e uma vez com todas, com as importações predatórias da china! Eu sou totalmente a favor disso, mas peraí, os chinenses tem vários outros acordos comerciais com o Brasil em outros setores (minérios, petróleo e gás, etc.) e que, segundo os comandantes desse país, é muito mais lucrativo do que mantermos o Brasil numa posição de combate com o mercado externo na nossa área. O que você acha que será priorizado e quem ficará em segundo plano e que viva a custa "de dar os seus pulos?".

Pois bem pessoal. É um desabafo de mais um profissional têxtil muito revoltado com as coisas que estão acontecendo no nosso país e que não vê, em instância nenhuma, uma luz no fim do túnel.

 

Augusto Ferreira

Responder à discussão

RSS

© 2023   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço