Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Arezzo pre fall streetwear em sinergia com os 50 anos da Label e logo criado nos 70 estampado em moletom

A coleção de sapatos, botas, sandálias e bolsas, que representam a chamada para o inverno, foi dividida em quatro capítulos batizados Miranda, Sienna, ZZMov e Audrey. O primeiro capítulo já foi lançado e, em paralelo, a produção de moda é inspirada no uso de moletons oversized, peças-chave no complemento do visual da campanha e que contam com a aplicação do primeiro logo da Arezzo, criado nos anos 1970.

O lançamento da nova coleção de Pre-Fall 2022 da Arezzo tem um significado extremamente importante e que alinhava presente, passado e futuro. Foi dado o start às comemorações pelos 50 anos de uma empresa fundada em 1972, em Belo Horizonte (MG), e que hoje integra o portfólio do gigante grupo Arezzo&Co. A marca que você, leitora, ama, tem a chancela de uma trajetória de empreendedorismo e inovação na moda brasileira. E olha que bacana a conexão que foi feita entre vanguarda dos tempos high tech e memórias afetivas. A coleção de sapatos, botas, sandálias e bolsas, que representam a chamada para o inverno, foi dividida em quatro capítulos batizados Miranda, Sienna, ZZMov e Audrey. O primeiro capítulo já foi lançado e, em paralelo, a produção de moda é inspirada no uso de moletons oversized, peças-chave no complemento do visual, e que contam com a aplicação do primeiro logo da Arezzo, criado nos anos 1970.

O CEO do Grupo Arezzo&CO, Alexandre Birman, inspirado na garra de seu pai, Anderson Birman, o fundador da Arezzo, sempre comenta sobre o manta que permeia o grupo: “Rumo a 2154”. E o próprio Alexandre nos conta a história: “Você imagina quantas crises, quantas dificuldades meu pai enfrentou? E, na época do Plano Collor, estava numa situação muito complicada, mas quis trazer uma mensagem de longevidade, mostrando que a Arezzo conseguiria vencer aquela crise. Ele nasceu em 1954, então, à época fez um comentário: ‘vai ser um pouco difícil de eu estar vivo aqui em 2154, mas a Arezzo tem que estar’. Então, vamos todos juntos caminhar para 2154’”.

A Arezzo saiu na frente de muitas marcas ao investir no omnichannel, as mais diversas experiências digitais. E o passo que já vinha sendo dado foi fundamental no cenário que estamos vivendo nos últimos dois anos. Em 2020, lançou a Digital Store, no Shopping Morumbi, em São Paulo, com um evento interativo em todas as plataformas digitais. A proposta é a consumidora-protagonista ter mais e mais experiências completas para a jornada de compra ao contar com todos os canais da marca, consultoras digitais, espaço de experimentação e troca de experiências que integram o mundo físico e digital, sistemas de entregue/retire com área exclusiva sinalizada, prateleira infinita, que possibilita a compra do produto pelo ecommerce, na loja, caso não tenha a cor ou o tamanho desejado, além de check out 100% móvel.

E justamente Miranda, o primeiro capítulo da coleção, tem uma campanha inspirada na urbanidade e com alusão à entrega express e confidencial. As fotos foram feitas em um depósito e um caminhão repletos de caixas para entrega com produtos Arezzo. As modelos apresentam botas de cano alto e baixo, mocassins e sandálias de shapes amplos, todos com a textura croco, um dos elementos tendências da próxima estação.

A paleta de cores da coleção transita entre tons neutros, que inspiram modernidade e elegância, e tons de verde e roxo, que são apostas da marca para trazer bossa para a nova estação. Os capítulos serão apresentados semanalmente, com a divulgação dos novos modelos que coexistem cada em seu único universo.

O Pre-Fall parte da proposta de explorar o street e o conceito da moda urbana, fazendo uma leitura de seus códigos e traduzindo estes na escolha de materiais utilizados, como a aplicação em croco em uma cartela de cores de tons sóbrios, e elegantes tons coloridos; os sneakers, peça-chave da moda urbana, desenhados com o intuito de transmitir o visual cool em versões de cano alto, com brilho e cores e com muita feminilidade.

O segundo capítulo, Sienna, vai simular uma cobertura de semana de moda e as fotos de looks imponentes desfilados na passarela com os sapatos e acessórios tendências na temporada. Já os tênis de ZZMov trazem um novo olhar para os sneakers da Arezzo, em uma proposta mais fun do street dance, com uma pegada de basquete, quadra esportiva, e que visa atender adultos e crianças, com produtos também na linha Bambini, vertente infantil da marca que busca estar presente na vida das mulheres desde a infância, adolescência, e fase adulta.

O capítulo Audrey vai enfatizar o um propósito de resgatar a feminilidade em parte das produções das mulheres. Com sandálias de salto com laços e amarrações, esses capítulos propõem a delicadeza e pode compor o visual sofisticado e romântico da coleção ou ser um contraponto de mulheres que optam por looks mais descontraídos, shapes largos e amplos, onde as sandálias Audrey entregam a tendência.

https://heloisatolipan.com.br/moda/arezzo-pre-fall-streetwear-em-si...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 47

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço