Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Vendedor de corantes para tingimento num mercado da Índia
No dia que é dedicado à Terra, lembrei-me das artes têxteis típicas de Gujarate, na Índia. Estes têxteis são feitos a partir de fibras e corantes naturais, contribuindo assim para a redução de danos ambientais.

Tingimento na Idade Média
Os corantes naturais, em relação aos corantes sintéticos apresentam uma grande vantagem. Tradicionalmente na indústria, a etapa de tingimento é uma das que mais água utiliza. Cerca de 90 % do consumo de água de toda indústria têxtil, dá-se no processo de tingimento. Sendo assim, uma grande quantidade de resíduos líquidos – efluente - é despejada nos rios causando grandes danos ao ambiente. Os corantes sintéticos não são degradados pelos microrganismos, ao contrário dos corantes naturais, que são facilmente tratados por métodos de biodegradação. Em alguns países, foi realizado um trabalho de pesquisa para identificar as plantas ou minerais adequados à extracção de corantes e mordentes. Na Índia, onde existe uma tradição de tingimento natural, corantes naturais e mordentes são largamente utilizados. Saiba mais sobre tingimento natural.
Tecelão de Patola
Em Patan, distrito de Gujarate, realiza-se a seda Patola – utilizada na confecção de saris - um dos melhores e mais belos tecidos produzidos na Índia. Os corantes utilizados nestes tecidos são feitos a partir de extractos vegetais e outras corantes naturais. A tecelagem de Patola remonta ao século XV. Feita em simples teares tradicionais é uma das formas mais difíceis de tecelagem no mundo. Utiliza o estilo ikat duplo, no qual os fios de urdidura e da trama são meticulosamente tingidos antes da tecelagem, de acordo com um padrão pré-definido, uma combinação de traçado geométrico com contornos levemente atenuados. Estes têxteis encerram em si fortes tradições sociais e culturais. Os artesãos guardam cuidadosamente os seus padrões como um segredo comercial. Além de Patan, o ikat duplo é utilizado em Bali, Indonésia.
Têxtil usado em cerimónia/ritual (ikat duplo), seda colorida, fio metálico prateado e ouro; primeira metade do século XX, Indonésia, Bali  -  LACMA
Patola (ikat duplo) com representação de elefantes símbolo de poder, riqueza e fecundidadede; seda colorida, fio metálico; século XIX, Gujarate, Patan - LACMA
Vestuário feminino/ombro/cintura (ikat), seda colorida com trama metálica; cerca de 1900-1925, Indonésia - LACMA
Sari de casamento (patola), seda colorida com trama em fio metálico dourado; século XIX, Gujarate, Patan - LACMA
Sari de casamento (patola), seda colorida com trama em fio metálico dourado; século XIX, Gujarate, Patan - LACMA

Fios de urdidura com áreas parcialmente tingidas, em preparação para o próximo banho de cor

Fonte:|http://comjeitoearte.blogspot.com.br/2012/04/dia-da-terra-reduzir-d...

Exibições: 1039

Responder esta

Respostas a este tópico

Artigo muito interessante. Eu tenho dessa seda, e não sabia como se chamava - - - शुक्रिया

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço