Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Beneficiamento de Algodão Orgânico no Agreste Paraibano

A cultura do algodoeiro é uma das mais importantes em valor econômico no grupo das fibras pelo o seu volume e valor de produção. Um entrave dessa cultura na agricultura familiar é limitação de beneficiamento e agregação de valor ao produto. Esse trabalho teve o objetivo avaliar os índices de rendimento do algodão orgânico após o beneficiamento. O trabalho foi realizado na mini usina descaroçadeira no Assentamento Margarida Maria Alves, localizado no município de Juarez Távora-PB. O algodão utilizado foi produzido por agricultores familiares dos assentamentos Queimadas e Oziel Pereira, localizados na cidade de Remígio – PB e certificado pelo Instituto Biodinâmico. Durante o beneficiamento foi feito o controle da quantidade de algodão beneficiado, levando-se em consideração os rendimentos de pluma (%), rendimentos de caroços (%) e percentagem de impurezas. O maior rendimento de pluma foi de 40 % e o menor foi de 36 %. O maior rendimento de caroço obtido foi de 59%, e o menor rendimento foi o de 56%. A colheita manual seletiva favorece a obtenção de melhores índices de pluma no beneficiamento do algodão orgânico.

Clicar no link abaixo:

Beneficiamento de Algodão Orgânico no Agreste Paraibano

 

Exibições: 439

Anexos

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço