Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Crise mundial está afundando cada vez mais a grife de surf australiana, que lida com o pior resultado de sua história .

Loja da Billabong em Hollywood                  

Loja da Billabong: tradicional marca de surf sofre perdas no primeiro fechamento de 2013

São Paulo – A Billabong, uma das mais tradicionais marcas de moda do surf, registrou seu pior prejuízo líquido em 40 anos de mercado.

Segundo o jornal The New York Times, a divulgação do balanço referente ao fechamento do ano fiscal, realizado em junho, evidenciou um prejuízo de 859,5 milhões de dólares australianos – ou a 772 milhões de dólares americanos -, três vezes maior que seu valor de mercado, acentuando a crise que ronda a empresa.

Ainda de acordo com a publicação americana, um dos motivos para o rombo da grife está relacionado à baixa demanda de seus produtos - resquício da crise mundial que afetou as principais regiões de seu mercado: Europa e Austrália – fazendo com que ela se tornasse alvo de ofertas públicas de aquisição menores do que o esperado.

Para tentar reverter essa situação, na semana passada, a Billabong anunciou que poderá considerar a proposta do grupo de private equity Centerbridge Parners, de Nova Iorque, e a Oaktree Capital, de Los Angeles, de novos empréstimos e capital, que podem chegar a 492,5 milhões de dólares. Em julho, o gigante do surf assinou um acordo milionário com a Altamont Capital que incluiu o refinanciamento e a venda de ativos da empresa.

Em nota publicada no The New York Times, Ian Pollard, presidente da marca, afirmou que a empresa está chegando ao fim de um longo processo que tem saído muito caro por ter impactado a reputação da grife e causado distração. “A empresa aguarda orientação para revigorar as marcas e reconstruir o negócio em uma base financeira sólida e de longo prazo.”

Crise

Não é de hoje que a Billabong sente fortes impactos da crise mundial. No segundo semestre de 2011, com a queda de 72% dos lucros, a grife se viu obrigada a fechar a porta de centenas lojas e demitir parte de seus funcionários, devido ao mau faturamento.

http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/billabong-atinge-pior-p...

Exibições: 744

Responder esta

Respostas a este tópico

Além das falsificações e preços altos dos seus produtos, outro fator que contribui para a queda da Billabong é o surgimento e fortalecimento de marcas de surf regionais em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Há também o crescimento progresivo de marcas famosas como Volcom e Hurley, essa última que agora pertence a gigante Nike.

Outro fato curioso é que a Billabong cresceu quando marcas de surf eram muito consumidas pelos jovens de classe A e B e que hoje migraram para o uso de marcas casuais como Abercrombie, Calvin Klein Jeans, Tommy e no Brasil marcas como Osklen e  Colcci por exemplo.

Não é de hoje que a Billabong sente fortes impactos da crise mundial.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço