Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Imprescindível no guarda-roupa, o blazer age como coringa pela sua versatilidade de coordenação com outras peças do vestuário. A postura viril que ele transmite não difere do objetivo de seu surgimento em 1837, quando a rainha Victoria pediu que os paletós azul marinho dos marinheiros fossem confeccionados com botões dourados no punho. O que a princípio era um traje obrigatório, tornou-se sinônimo de bom gosto e elegância. Diretamente do vestuário masculino e já consolidado como um clássico do guarda roupa feminino, a peça é um coringa, aparecendo em diversas modelagens e cores. Para esta temporada, ele aparece em looks mais despojados, surgindo mais ajustado e com comprimento um pouco menor que o tradicional.

Foto: reprodução internet

Inspiração feminina. Fotos: reprodução internet

Para Drica Câmara, à frente da Forum na cidade, um homem bem vestido deve ter dois tipos de blazers: um social e um casual, mas levando em conta a estação, melhor garantir também um de verão com tecidos mais frescos. “Muitos acham que blazer e paletó são a mesma peça, mas as diferenças sutis nos modelos fazem grandes mudanças no visual. O blazer é mais esportivo, pode ser combinado a outras peças despojadas como camisetas (principalmente com decote V), camisa pólo, jeans, entre outras. Já o paletó é mais formal, faz parte do terno e é vendido em conjunto com a calça de mesmo tecido”, pontua.

Blazers masculinos para curtir o verão.

Blazers masculinos para curtir o verão.

Em geral o blazer é construído de forma estruturada, conceito que atualmente tem sido revisto, pela utilização de materiais mais maleáveis e frios como jeans, principalmente nos modelos de verão. Os confeccionados em linho são excelentes para temperaturas mais quentes, sem forro; os modelos em sarja são indispensáveis no guarda-roupa, são mais despojados e informais. Já os produzidos em jeans são mais despretensiosos e uma excelente opção para garantir uma produção arrojada e cheia de estilo.

Blazer feminino confeccionado em jeans

Blazer feminino confeccionado em jeans

No quesito cores, os tons preto, marinho, cinza, cáqui, gelo e camel permitem maiores combinações pela neutralidade no vestuário, além de serem atemporais. Os modelos com tons claros são mais informais. “Para situações do dia a dia a dica é abusar na composição. Pode-se formar um belo look tanto com suéter, quanto com uma bermuda mais despojada ao lado do blazer. Também é interessante combinar a peça com camiseta, sapatênis e jeans; deixando-o ideal à qualquer evento”, afirma.

Blazer masculino jeans

Blazer masculino jeans

Já no armário feminino, o item vem se tornando uma peça indispensável nas produções. “É possível usar a peça em diversas situações, mantendo-o distante da referência ‘roupa para encontros de negócios’. Dos lisos aos estampados, em meio a cores ou em tonalidades neutras; tem para todos os gostos e estilos”, revela Keila Benício, estilista à frente da Blu K. A empresária complementa, ainda, que misturar tecidos e texturas diferentes, tal como cores e estampas são sugestões bem-vindas para um visual atual.

Inspirações de blazers estampados

Inspirações de blazers estampados

“Basta saber combinar com parcimônia: quando investir em um blazer estampado opte por peças lisas para acompanhar. Ao utilizar um blazer liso, coordene a ele elementos estampados para uma produção atual”, pontua. Para combinar, a sugestão dela é usar com short jeans, bermudinhas, calça skinny e camisetas. Se a produção for mais formal, a dica é apostar no blazer com calça de corte reto, de alfaiataria ou saia-lápis, assim como em camisas sociais, que deixam a produção clean e elegante.

Exibições: 304

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço