Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Brasileiros pagam menos propina que principais emergentes

Os países mais inclinados ao pagamento são Rússia e China, diz estudo

Construção e atividades com contratos públicos são mais expostos à corrupção


Empresas brasileiras são menos inclinadas ao pagamento de propinas no exterior do que as companhias de Rússia, China, Índia e África do Sul, afirma estudo da Transparência Internacional. Parceiros regionais como Argentina e México também tiveram uma avaliação pior que a do Brasil na pesquisa.

A entidade elaborou ranking chamando “Bribe Payers Index” (“Índice de Pagadores de Propina”, em tradução livre).

A lista, divulgada ontem (2.nov.2011) organiza os países da seguinte forma: os primeiros colocados (Holanda e Suíça) são menos favoráveis ao pagamento de propina; os últimos (México, China e Rússia) são os mais favoráveis. O Brasil aparece em 14º, no meio da lista. Veja relatório completo da pesquisa em pdf anexo.

Entre os setores de atividade, os mais propensos ao tipo de corrupção avaliado estão os que envolvem construção e contratos públicos. O menos exposto é agricultura.

Segundo a Transparência Internacional, o estudo classifica 28 das maiores economias do mundo segundo a percepção do pagamento de propina por suas empresas no exterior. A classificação é feita com base na visão de executivos.

“Os países e territórios ranqueados no índice abrange todas as regiões do mundo e representam 80% do fluxo mundial de bens, serviços e investimentos”, diz relatório divulgado com o ranking.

O texto diz ainda que, desde a última edição da pesquisa, de 2008, não houve melhora significativa na percepção do pagamento de propina por país ou por setor de negócios.

 

Por Fernando Rodrigues

http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2011-10-30_2011-11-05.html#2...

Exibições: 245

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Matéria como esta não deveria nem ser divulgada. Isto é pura manipulação. Ora, uma chamada dizendo que brasileiros pagam menos propina... Todos nós sabemos que um país sem ética e vergonha na cara, onde corruptos e corruptores não vão para a cadeia, agora são tomados como "quase" inocentes... Tenha a santa paciencia!!!

Caro Maurício,

Informações são informações. Podem ser usadas ou jogadas fora. Fique à vontade para fazer o que quiser com elas.

Transparência Internacional não é uma entidade brasileira portanto quando você diz vagamente que é "pura manipulação" é um direito seu em opinar, mas (como diria o Sam) você nem mata a cobra, tampouco mostra o réptil morto! Afinal, de acordo com você, é manipulação de quem???

Acaba ficando apenas uma opinião vaga mas com um fortíssimo sintoma do famoso "complexo de vira-latas"! Sabe aquele de achar que o Brasil é o pior em tudo??? Desculpe-me. Não concordo com você!

O "quase inocentes" também fica por sua conta por que a matéria não diz nada sobre inocência de ninguém. Apenas demonstra que outros países também são suscetíveis a propinas. Ou seja: "Yes, eles também têm seus corruptos!". Não é um "privilégio" só nosso. Não sei se felizmente ou infelizmente!

Também não significa que devemos nos conformar com a "honrosa" 14ª colocação. Botemos a boca no trombone!

Agora, afirmar que "não deveria nem ser divulgada"... finalizando com um "tenha a santa paciência" é no mínimo (como diria a Sandra Annenberg) deselegante.

Estou sob sua censura, é isso???

Aí terei que ser deselegante com você e dizer:

Tenha a santa paciência!

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço