Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

"Calça de moletom é sinal de derrota" e mais frases de efeito de Lagerfeld

karl-lagerfeld

Dentre os milhares de projetos e hobbies de Karl Lagerfeld, que passam por fotografia, ilustração, colaborações com revistas de arquitetura e política, e muitos outros, um dos seus passatempos favoritos são os seus “karlismos”, um conjunto de opiniões próprias e citações para as quais o diretor criativo da Chanel dedicou inclusive uma seção do seu site. “Personality begins where comparison ends” (A personalidade começa quando a comparação acaba) é uma delas. Mas estes “karlismos” não consistem só em frases feitas sobre moda, personalidade ou vida. Eles se estendem a críticas diretas a pessoas, celebridades ou estilos de vida sobre os quais o designer sinte que tem uma opinião e, claro, que vale a pena partilhá-la.

O “karlismo” mais recente foi dirigido a Pippa Middleton, irmã da duquesa de Cambridge: “Kate Middletton tem uma silhueta bonita e é a mulher certa para aquele rapaz. Eu gosto desse tipo de mulher, gosto de belezas românticas. Por outro lado, a sua irmã precisa se esforçar. Não gosto do rosto dela. Ela só deveria mostrar as suas costas”. E quem não lembra do clássico com a cantora Adele, quando recebeu seis prêmios de música Grammy na mesma noite? Lagerfeld também tinha uma opinião sobre ela: “O acontecimento do momento é a cantora Adele. Ela é um pouco gorda demais, mas tem um rosto bonito e uma voz divina”. A repercussão midiática teve tal força que os rumores são de que o designer se desculpou enviando a ela uma coleção de bolsas Chanel.

Mas nem todos os alvos de crítica recebem prêmios de consolação. O “The Telegraph” elaborou uma lista de alguns dos insultos mais famosos de Karl, a maior parte sem direito a pedido de desculpas.

Sobre a cantora Lana del Rey: “Ela é uma construção com todos aqueles implantes?”.

Sobre a crise financeira grega: “A Grécia precisa melhorar a sua imagem, o que é um problema já que eles têm essa reputação de serem tão corruptos. Não podemos ter a certeza de que o dinheiro vai onde é suposto ir. Ninguém quer que a Grécia desapareça, mas eles têm hábitos muito nojentos. A Itália também”.

Sobre a editora de moda da “Newsweek” e do site “The Daily Beast” e vencedora de um prêmio Pulitzer, Robyn Givhan: “Nem sei quem é essa mulher”.

Sobre os looks do casamento real: “Isto não foi moda, foi a escolha deste gênero de mulheres para este gênero de cerimônia: más proporções, chapéus feios e saias curtas em pernas gordas”.

Sobre Andy Warhol: “Eu não deveria dizer isto, mas fisicamente ele era repugnante”.

Sobre a modelo Heidi Klum: “Eu não conheço a Heidi Klum. Ela nunca foi famosa na França. A Claudia Schiffer também não sabe quem ela é”.

Sobre Inès de la Fressange: “Desejo-lhe toda a sorte do mundo, desde que eu não tenha mais que vê-la ou ouvir falar dela”.

Sobre Yves Saint Laurent em 1984: “Ele é muito pied-noir(significa “pé negro” e remete à população francesa das antigas colônias), muito provinciano”.

Sobre as mulheres que reclamam que as modelos das revistas são muito magras: “São múmias gordas sentadas vendo TV, comendo pacotes de batata frita, dizendo que modelos magras são feias”.

Sobre pessoas baixas e pouco atraentes: “A vida não é um concurso de beleza, algumas pessoas feias são incríveis. O que eu não gosto é de pessoas mal humoradas e feias. O pior são homens feios e baixos. As mulheres podem ser baixas, mas para os homens é impossível. É uma coisa que eles não perdoam da vida e ficam maus e querem matar você”.

Sobre calça de moletom: “Calça de moletom é um sinal de derrota. Você perdeu o controle da sua vida, e comprou uma calça de moletom”.

Sobre regime: “O corpo precisa estar impecável. E se não estiver, compre tamanhos menores e coma menos comida”.

Sobre crianças: “Elas crescem muito rápido, e ter filhos adultos faz parecer que você tem 100 anos. Eu não quero isso”.

Sobre peles: “São os agricultores que são simpáticos com as vacas e com os porcos e que depois os matam. Isso é ainda mais hipócrita que os caçadores. Pelo menos os caçadores não elogiam os animais. Eu não gosto que as pessoas matem brutalmente animais, mas também não gosto quando eles matam as pessoas, o que aparentemente acontece muito pelo mundo”.

http://ffw.uol.com.br/noticias/gente/karlismos-calca-de-moletom-e-s...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 678

Responder esta

Respostas a este tópico

  Sobre os looks do casamento real: “Isto não foi moda, foi a escolha deste gênero de mulheres para este gênero de cerimônia: más proporções, chapéus feios e saias curtas em pernas gordas”.

Responder à discussão

RSS

Textile Industry

O Maior Portal de Informações Têxteis e do Vestuário do Brasil

Eventos

© 2017   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço