Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Uma marca de roupa para homem acrescentou uma frase polémica às instruções de lavagem. Ao mundano "lavagem a seco" acrescentou um "ou, dá-as à tua mulher. É o trabalho dela". Uma foto que incendiou o Twitter.

 
Calças "sexistas" agitam Twitter
 

A editora da secção Online do Daily Telegraph encontrou a estranha inscrição num par de calças novas do namorado. Além das mundanas instruções a que quase ninguém liga já, Emma Barnett deparou-se com um estranho "ou Dá-as á tua mulher; é o trabalho dela".

A autora da descoberta diz que chegou a partilhar casa com cinco rapazes, e por isso "sabe aceitar uma piada sexista", mas ficou chocada quando viu a etiqueta. "A expressão 'A tua mulher' pressupõe uma certa mentalidade Neandertal", escreveu Ema Barnett.

Indignada, fotografou as calças e twittou. Seguiu-se uma cadeia de reações, com os utilizadores a pedirem para "nomear a vergonha", a marca das calças, inicialmente omitida pela autora da foto.

O par de calças compradas numa loja da Madhouse, em Londres, incendiou a Internet e mostrou como os utilizadores anónimos,. manifestando-se com ferramentas online como o Twitter, podem causar danos às empresas.

"Esta foi a primeira vez que a Madhouse tomou conhecimento da inscrição na etiqueta das calças", comentou, entretanto, um porta-voz da empresa, revelando que as calças são produzidas por uma empresa subsidiária.

"A expressão não foi sugerida ou ordenada pela Madhouse. Trata-se claramente de uma piada, mas agora que chegou ao nosso conhecimento, é algo que temos de ter mais cuidado no futuro", disse um porta-voz da Madhouse, citado pelo Daily Telegraph.

Fonte:|http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/MundoInsolito/Interior.aspx?co...

Exibições: 922

Responder esta

Respostas a este tópico

Isso eu considero de puro maxismo, e creio ser mais uma das coisas que o markting tem para fazer publicidade, ficar com a marca no auge, ganhar fama

 

Hehehe....isso foi certamente obra de um sem noção raivinha contra o ser mais belo do mundo - A MULHER!! Enquanto eu aqui quebro a cabeça com engenharias para livrar a mulher da escravidão do ferro de passar roupa para que minimize a ida à tábua de passar roupa ( algodão) e estou perto disso, este que se acha espertalhão invoca a mulher na passadoria? Arghhh......Ponha-se o cara nos grilhões!

Que coisa ! se esta empresa nao se preocupa com o que vende e ou ao menos o que especifica em seus produtos. Ha tantos paises por ai qurendo se livrar de tantas porcarias. Hum! corre o risco de ir parar nesta empresa. Aqui no Brasil nos mulheres estamos acostumadas a dividirmos os afazeres domesticos com o companheiro, e se eu pegasse uma peça dessa com esta frase. COLOCARIA FOGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Senhora(ita) Anita talvez sim a parte de markting, mas a empresa que se presa ha de cuidar do que publica porque a repercussao pode leva-la a falencia.



Anita Lima disse:

Isso eu considero de puro maxismo, e creio ser mais uma das coisas que o markting tem para fazer publicidade, ficar com a marca no auge, ganhar fama

 

Muito bem Senhor Julio, parabens por suas criaçoes ja foi tempo de sofrimento com tantos afazeres porque nao as maquinas agora ou mais para as mesmas. 

Juliano Carlos Renaux disse:

Hehehe....isso foi certamente obra de um sem noção raivinha contra o ser mais belo do mundo - A MULHER!! Enquanto eu aqui quebro a cabeça com engenharias para livrar a mulher da escravidão do ferro de passar roupa para que minimize a ida à tábua de passar roupa ( algodão) e estou perto disso, este que se acha espertalhão invoca a mulher na passadoria? Arghhh......Ponha-se o cara nos grilhões!

Sem comentários...

Me desculpe mas é baixaria mesmo, nem vou comentar,...

Não sou machista mas tb não sou feminista, acredito que a igualdade é o que deve reger os relacionamentos no que se refere a gênero.

Gostei muito da resposta da Renata Woodtli e acredito que nenhuma mulher deveria se exasperar com esse tipo de piadinha (apesar de sem graça!!), pois acredito que também os homens não iriam se revoltar com o "...or give it to your husband. It's his job" (eu dei risada).

Se quem Criou isso teve motivos machistas, só merece ser ignorado!!

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço