Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Carta do sindicato textil de campinas e região a industria textil convocando greve e aumentos

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS
DE FIAÇÃO E TECELAGEM EM GERAL
DE CAMPINAS E REGIÃO


Avenida Francisco Glicério, nº1.314, 1º andar, Cj. 11, Centro, Campinas, São Paulo.
CEP-13.012-904 – Fone (0xx19)3231.9044
(sinditextil_comunicado_antecipação) 1
Campinas, 26 de novembro de 2013.


Às
Empresas de Fiação e Tecelagem em Geral e
Escritórios de Contabilidade.


Prezados Senhores:
O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE FIAÇÃO E TECELAGEM EM GERAL DE CAMPINAS E REGIÃO, por sua Presidente, abaixo-assinada, vem, mui respeitosamente, à presença de Vossas Senhorias, para expor e ao final requerer o seguinte:


Que, em virtude da falta de avanço nas negociações coletiva de trabalho para o ano 2013/2014;


Que, devido a intransigência do Sindicato Patronal em negociar melhorias na Convenção Coletiva de Trabalho, os Sindicatos dos Trabalhadores do Estado de São Paulo decretaram ESTADO DE GREVE.


Assim, diante da situação que se encontram as negociações coletivas, somadas às dificuldades que as empresas vem encontrando para calcular, por falta de índice, a folha de pagamento, 13º salário e férias coletivas, estamos recomentando a Vv.Ss. que antecipem o percentual de 7% (sete por cento) aos salários vigentes.


Sem mais, na expectativa e um pronto atendimento, firmamo-nos,


Atenciosamente
Janete Fussi - Presidente

____________________________________________________________________________________

SOMENTE UM PEQUENO COMENTÁRIO AO SINDICATO: TODAS AS EMPRESAS TÊXTEIS OU UMA GRANDE PARTE DELAS IRÃO FECHAR AS PORTAS, NÃO TENHAM DUVIDAS DISSO ! ! ! !

NÃO É SOMENTE PELO DISSIDIO SEMPRE ACIMA DA INFLAÇÃO, NEM SOMENTE PELOS IMPOSTOS ABUSIVOS, NEM SOMENTE PELAS CONDIÇÕES DE VENDAS E CALOTES OU PELO CUSTO BRASIL, MAS SIM PELA SOMA DE TODOS ESTES FATORES JUNTO COM O DESPREZO DESTES ÚLTIMOS GOVERNOS COM AS INDUSTRIAS E EM ESPECIAL COM A INDUSTRIA TÊXTIL. POR FIM INTRANSIGENTES SÃO VOCÊS DO SINDICATO QUE NÃO SE CONTENTAM E NÃO AJUDAM A EMPRESA A SAIR DESTE LASTIMÁVEL SITUAÇÃO, VOCÊS TEM AUMENTOS ANUAIS E REAIS,A INDUSTRIA NÃO O TEM A UNS 10 ANOS OU MAIS, EMPRESAS DE 50 , 100 ANOS DE MERCADO TEM FECHADO SUAS PORTAS E MUITAS MAIS VIRÃO ATRAS.  DEVERIAM SE PREOCUPAR COM A PRODUTIVIDADE QUE O COLABORADOR BRASILEIRO TEM, COMPROVADAMENTE 5X MENOR QUE A DE UM AMERICANO E MUITAS VEZES MENORES QUE DE UM ASIÁTICO OU JAPONÊS. NÃO É UMA CRITICA É UM DESABAFO DE UMA CLASSE QUE SERÁ EXTINTA EM BREVE....    

Exibições: 1312

Responder esta

Respostas a este tópico

Realmente esta muito difícil ,acabei de sair da Santana Têxtil onde era representante , a mesma demitiu vários representantes sem indenização e pagamentos de comissões vencidas e futuras , o setor passa por uma fase onde a muito tempo se previa que aconteceria , altos impostos ,falta de capacitação de seus colaboradores , falta de investimentos e muita incompetência  produtiva levaram a isso ,acredito que poucas empresas sobreviveram no setor !!

Realmente Robson, e 2014 irá ser pior ainda, precisamos de soluções imediatas....

Ter um povo "BURRO" quem ganha com isso ?

quem vcs acham !!!! que ganham com a importação de produtos vindos da china - são somente os chineses ! os importadores! AHHHHHH !!!! tem mais gente que ganha com isso !!! - muito mais interessada nesse negocio !!!!! e tenham certeza são os mesmos que querem o povo "BURRO"

Ter um povo "BURRO" quem ganha com isso ?
quem vcs acham !!!! que ganham com a importação de produtos vindos da china - são somente os chineses ! os importadores! AHHHHHH !!!! tem mais gente que ganha com isso !!! - muito mais interessada nesse negocio !!!!! e tenham certeza são os mesmos que querem o povo "BURRO"

Fabio Germiniani-TRIUMPH TEXTIL disse:

Realmente Robson, e 2014 irá ser pior ainda, precisamos de soluções imediatas....

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço