Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Coletes com Tecnologia de Ponta Serão Comprados Para Policiais do Rio

policia

Previsão é que o equipamento, que será licitado em junho, seja fabricado com tecnologia de ponta Fotos de Rogério

A Secretaria de Segurança estuda a adoção de novos coletes para 52 mil policiais civis e militares do estado do Rio até 2014. O uso do novo equipamento será destinado a ações de policiamento ostensivo. A intenção é que a licitação ocorra ainda no mês de junho. A previsão é que os 31 mil profissionais selecionados para trabalhar nos grandes eventos do Rio sejam os primeiros a receber a vestimenta.

Os equipamentos devem ser fabricados na categoria nível 3A, que garante proteção contra armamentos, como o revólver Magnun 44 e a submetralhadora israelense Uzi. Segundo o chefe do Escritório de Gerenciamento de Projetos do Bope, major Maurílio Nunes, 34 anos, integrante de uma das comissões em andamento sobre as melhores alternativas para dar mais segurança e conforto à corporação, a ideia é que os novos coletes sejam fabricados com tecnologia de ponta que contém fibras de polietileno.

O material é mais eficiente contra disparos, além de ser 25% mais leve do que o usado atualmente. “O polietileno melhora a proteção do policial porque distribui melhor a energia deum grande impacto. Portanto, o dano causado é menor”, afirmou o major.

Os equipamentos de segurança também devem ser fabricados nos tamanhos P, M, G, e GG. A intenção é individualizar o seu uso e, assim, aumentar a vida útil do material. “A vida útil de um colete usado por vários policiais é menor. E há também o aspecto da higiene, como a questão do suor”, disse Nunes.

As mulheres da corporação também têm sido contempladas no estudo, já que os novos coletes deverão priorizar as especificidades do corpo feminino. Além da individualização dos equipamentos, que também serão fabricados nos tamanhos P, M, G e GG, o equipamento terá proteção especial na região dos seios.

– As medidas femininas são muito diferentes. Nosso intuito é usarmos coletes adaptados, com proteção frontal na altura dos seios. Também é bom lembrar que nossos tamanhos P, M, G, e GG são bem diferentes dos masculinos, daí a necessidade do estudo. Teremos mais agilidade, conforto e segurança para realizar nossas ações como membros efetivos da corporação – afirmou a chefe da seção de material bélico da PM, major Carla Souza, 33 anos.

Fonte:|http://correiodobrasil.com.br/coletes-com-tecnologia-de-ponta-serao...

Exibições: 260

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço