Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Confira as principais tendências da temporada de primavera/verão 2020

Após as semanas de moda de Nova York, Londres, Paris e Milão, a coluna preparou um dossiê com as características mais vistas nas passarelas.

Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty ImagesSTEPHANE CARDINALE - CORBIS/CORBIS VIA GETTY IMAGES

utra temporada internacional chegou ao fim na semana passada, trazendo nova safra de tendências para a primavera/verão 2020. Enquanto algumas características vistas nas últimas estações comprovaram sua força, permanecendo em alta, outras surgiram para oxigenar a grande influência que os anos 1980 e 1990 tiveram recentemente.

Vem comigo saber as maiores novidades vistas em Nova York, Londres, Paris e Milão!

A temporada de primavera/verão 2020 compreendeu quatro metrópoles, 24 dias, 270 desfiles e mais de 15 mil looks – logo, é natural que dezenas de tendências tenham surgido no decorrer das semanas de moda de Nova York, Londres, Paris e Milão.

Algumas características recorrentes nas estações mais quentes do ano, como babados, transparências, cores quentes e estampas tropicais, já eram esperadas nas apresentações, mas a aparição de couros, brilhos e ombros marcados, típicos do inverno, surpreendeu.

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
As cores quentes e babados já eram esperados

JOHN PHILLIPS/GETTY IMAGES FOR GUCCIJohn Phillips/Getty Images for Gucci
Bem como as transparências

VITTORIO ZUNINO CELOTTO/GETTY IMAGESVittorio Zunino Celotto/Getty Images
Estampas tropicais sempre são hits no verão

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
O couro, comumente usado no inverno, deu as caras também nas coleções de primavera

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Balenciaga apostou em ombros estruturados

Ecoando das ruas para as semanas de moda, rendas, bralettes, clochards e mangas bufantes mostraram que estão com tudo também nas passarelas, bem como metalizados e biker shorts. Mas e as novidades? Te conto agora!

Vintage

Depois dos anos 1980 e 1990 tomarem as semanas de moda, chegou a vez de os anos 1970 dominarem o universo fashion. O mood boho chique, estampas psicodélicas, golas amplas e calças boca de sino foram vistos nos shows de marcas como Victoria Beckham, Tommy Hilfiger e Louis Vuitton, que também apostou na Belle Époque.

O período que compreende o final do século XIX, inclusive, deu o ar de sua graça nas coleções de Alexander McQueen, Erdem, Burberry, Marc Jacobs, Christian Dior, Chloe, Comme des Garcons e Christopher Kane.

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Inspirações setentistas na Celine

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Outro look da grife francesa, agora seguindo referências hippies

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Estampas psicodélicas, na Louis Vuitton

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
O boho chique da Saint Laurent

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Acabamento em tiras de couro, na Alberta Ferretti

ESTROP/WIREIMAGEEstrop/WireImage
Colarinhos e lapelas grossas na primavera/verão 2020 de Victoria Beckham

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Estilo setentista surgiu, também, no desfile da Tommy Hilfiger

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Os colarinhos amplos de Bradon Maxwell também fazem jus à tendência vintage

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Agora, no show de Marc Jacobs, em Nova York

PETER WHITE/GETTY IMAGESPeter White/Getty Images
Alexander McQueen apostou na Belle Époque

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Bem como a Louis Vuitton

VICTOR BOYKO/GETTY IMAGESVictor Boyko/Getty Images
Período que compreendeu o final do século XIX foi a inspiração de Nicolas Ghesquière

MIKE MARSLAND/WIREIMAGEMike Marsland/WireImage
Na Erdem, as composições de época também brilharam

STUART WILSON/BFC/GETTY IMAGES FOR BFCStuart Wilson/BFC/Getty Images for BFC
Mais um look Erdem

 JEFF SPICER/BFC/GETTY IMAGES FOR BFC Jeff Spicer/BFC/Getty Images for BFC
Na Burberry

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Marc Jacobs deu seu toque com flores coloridas

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Na Comme des Garcons

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Esferas agregaram modernidade à criação de Christopher Kane

PASCAL LE SEGRETAIN/GETTY IMAGES FOR DIORPascal Le Segretain/Getty Images for Dior
A Belle Époque pela interpretação da Christian Dior

DOMINIQUE CHARRIAU/WIREIMAGEDominique Charriau/WireImage
Na Chloe, o conceito foi combinado com bralette e calça de alfaiataria

Artesanais

Durante sua passagem por Brasília, Vivian Sotocorno, editora de moda e joias da Vogue Brasil, afirmou que a indústria têxtil busca resgatar o slow fashion. Com isso, o artesanato, algo que precisa ser feito com calma e tempo, tem ganhado bastante espaço.

Tal movimentação já podia ser observada no uso da tapeçaria nas roupas, mas a temporada de primavera/verão 2020 revelou que outras técnicas manuais, como crochê, macramê e trançados de palha, também terão vez na próxima temporada.

GETTY IMAGESGetty Images
A primavera/verão 2020 da Oscar de La Renta ilustrou bem a importância das artesanias nesta temporada

GETTY IMAGESGetty Images
Grife usou palha em várias roupas

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Stella McCartney apostou no crochê…

PETER WHITE/GETTY IMAGESPeter White/Getty Images
… e nos trançados de palha

ESTROP/GETTY IMAGESEstrop/Getty Images
Alexander McQueen e sua bolsa de crochê

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Um dos looks de palha da Dolce & Gabbana

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
A estilista Simone Rocha usou adornos de palha para finalizar o styling de seu desfile

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Mais folhas secas na Simone Rocha

STEPHANE CARDINALE - CORBIS/CORBIS VIA GETTY IMAGESStephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images
Christian Dior optou pela tapeçaria

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Alberta Ferretti usou o artesanato para unir as partes deste vestido

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Blusa em macramê de linha, também da Alberta Ferretti

VICTOR VIRGILE/GAMMA-RAPHO VIA GETTY IMAGESVictor VIRGILE/Gamma-Rapho via Getty Images
Outra peça de macramê, agora na Off-White

PETER WHITE/GETTY IMAGESPeter White/Getty Images
Detalhes da blusa Givenchy, finalizada com aplicações

GETTY IMAGESGetty Images
Kate Spade mesclou tricô e crochê

ILCA MARIA ESTEVÃO

https://www.metropoles.com/colunas-blogs/ilca-maria-estevao/confira...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 402

Responder esta

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço