Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Coteminas Anuncia Construção de Shopping Center em Montes Claros

Por: : Luís Alberto Caldeira

Montes Claros deverá ganhar, até o final de 2013, mais um shopping center. O anúncio foi feito por empreendedores da Coteminas S.A. e do Grupo B2B, responsáveis pela obra, em reunião realizada no Gabinete, na tarde desta quinta-feira (10/05).

O shopping já tem nome provisório: "Norte Power Shopping", em referência à localização onde será instalado, na antiga fábrica da Coteminas, localizado na Avenida Governador Magalhães Pinto, região Norte da cidade, próximo ao Aeroporto Mário Ribeiro da Silveira. De acordo com Pedro Garcia Bastos Neto, vice-presidente da Coteminas S.A., o investimento será de R$ 260 milhões. Para tanto, viu na cidade e naquela região fortes vetores de crescimento econômico. "O desenvolvimento de Montes Claros, os novos empreendimentos que a Prefeitura e o Governo do Estado trouxeram para a cidade, como a New Hollland Case e a Alpargatas, e todo o crescimento habitacional da região, foram fatores importantes para a decisão de construir esse shopping aqui", destacou.

O anteprojeto da obra prevê 60 mil metros quadrados de área construída num terreno de 170 mil m². O atual galpão da fábrica será reformado e ampliado para abrigar cerca de 150 lojas, praça de alimentação, hipermercado, cinema, hotel, centro de convenções, além de um centro cultural, que receberá o nome de José de Alencar, em memória ao ex-vice-presidente da República e fundador da empresa, falecido aos 79 anos, em março de 2011.

MAIS EMPREGOS -Além de mais opções de comércio e lazer, Montes Claros também ganhará com o novo empreendimento na geração de 2 mil empregos durante a construção do shopping e em torno de mais 3 mil vagas para sua operação. "Nosso faturamento total deverá ser de R$ 260 milhões por ano, dos quais 75 milhões de reais se reverterão em impostos, boa parte destes que ficarão retidos em Montes Claros", acrescentou o vice-presidente da Coteminas, que também anunciou a vinda de mais 86 caminhões para compor a frota da empresa na cidade. "Como o emplacamento será feito aqui, 50% dos recursos do IPVA correspondente ficarão também em Montes Claros", continuou.

Pedro Bastos agradeceu pela recepção da Prefeitura de Montes Claros em torno do empreendimento, informando que, num prazo de 60 a 90 dias, retornará para apresentação do projeto final. "Uma das características do povo norte-mineiro é sua hospitalidade e esse aplauso a todas às boas iniciativas que venham em favor da comunidade e da região. A Prefeitura quer fazer todo o possível para acelerar esta construção, que será de primeiro mundo, e que reverterá em benefícios ao povo do Norte de Minas", disse. "O que nós solicitamos foi uma celeridade na aprovação dos projetos porque tão logo isto aconteça, as obras serão iniciadas. Nosso objetivo é que até o fim do segundo semestre do ano que vem, seguramente no Natal de 2013, todos já estejam utilizando o novo shopping", finalizou.

RITUR -O prefeito de Montes Claros enalteceu o investimento na cidade de Montes Claros e lembrou aos empreendedores da necessidade de que, durante a execução da obra, elabore o Relatório de Impacto sobre o Trânsito Urbano (RITUR), uma exigência municipal de que todo empreendimento gerador de tráfego promova adaptações no trânsito local para beneficiar pedestres, motoristas e fornecedores com descarga de mercadorias, facilitando assim o acesso e fluxo de veículos. O chefe do Executivo também garantiu que os empresários poderão contar com o município para aprovação do projeto. "A Coteminas é parceira do progresso de Montes Claros", afirmou.

Fonte:|http://pref-montes-claros.jusbrasil.com.br/politica/8708568/desenvo...

Exibições: 945

Responder esta

Respostas a este tópico

Que Otimo: Tao bom Para Montes Claros, tao bom para Natal. Tao bom para lojistas, tao bom para caminhoneiros, e para o Rotary Club e que bom para o Brasil, bom para o Pendao Auri Verde e em aroubos Verde-Amarelos grito: Teras o meu voto para o Senado! ( Morto). SdM

"O atual galpão da fábrica será reformado e ampliado para abrigar cerca de 150 lojas, praça de alimentação, hipermercado, cinema, hotel, centro de convenções, além de um centro cultural, que receberá o nome de José de Alencar, em memória ao ex-vice-presidente da República e fundador da empresa, falecido aos 79 anos, em março de 2011."

Mr. Sam, será que o setor de open end ficará na praça de alimentação ou próximo dos cinemas?

Mesmo com prejuizo de 300 milhões, em ainda mais 260 milhôes para um Shopping. Quero ser sócio do governo também! Alguém tem uma dica? Tiririca, Demostenes, Cachoeira, alguém...?

O que terá feito o grupo mudar tão drasticamente o foco dos seus negócios? dúvida que não quer calar. Será que tem alguma motivação coerente, ou prometendo implantar grandes empreendimentos não está sendo uma forma mais suave de ir fechando as indústrias de maneira "indolor" igual a morcego que morde e assopra? Não é no mínimo estranho esta mudança tão radical? acredito que da forma como está caminhando o próximo "grande" projeto imobiliário ou um novo grande shoping será em Campina Grande, os colaboradores que se preparem para possivelmente passearem aos domingos nas lojas e praças de alimentação.

Caríssimo Roberto Daniel: Vamos, a ‘Mineires’, começar dando nomes aos bois, vacas e bezerros. Quantos aos Open Ends e demais maquinas posso lhe responder: Foram Vendidas a um parceiro antigo do CEO da Coteminas, a Gibbs Internacional, da Carolina do Sul. O mesmo cidadão que comprou a Propriedade Intelectual da Springs e que no momento tenta por via policas se aproximar do Brasil, entrando no Ramo de Energia.

Na net (so procurar) também constam transações entre de maquinas têxteis e "peças de maquinas circulares" trianguladas pela Coteminas para a Carolina do Sul, para essa mesma Gibbs, VIA BAHAMAS FREE PORT. Não sei se foi o dinheiro dessa transação também foi pago ao mesmo Banco das Bahamas (também na net) onde a uns anos atrás, USD 2,000,000 foi mandado para um destino "dito" ser do PT. Quanto a esse fato, também esta na net e já foi investigado pela Policia Federal, que na época andava afogada num DELUBIO de pressões políticas.

Nessa vertente, hoje a política anda novamente afogando a PF  por meio de  “Batismos BATISTA”, que são por imersão, bem como rios de lama podre, que cobrem a PF em QUEDAS D'AGUA e CACHOEIRAS, águas essas que desembocam num “DELTA” de vergonha a pátria.

Sugestão, caro Roberto Daniel, seriam urnas e apoio popular as investigações da PF e pedir mais. Seria estar de olho nas manobras políticas, engavetamento de processos e na REACAO DO STF!

Por exemplo, AQUI, nesse Blog, há poucas semanas atrás, previ que o THOR BATISTA, inevitavelmente iria “cagar”, over and over, ate finalmente ser intimado pela justiça. Não deu outra: Depois do da Ferrari indocumentada, parece que estão tentando enquadrá-lo por homicídio culposo. E mais merda ainda vira, ate que FINALMENTE a demanda do povo seja ouvida.

Quanto ao caso dessa "prestigiosa" firma textil, devera demorar muito mais para os senhores abrirem seus olhos. Afinal lidaremos com um futuro intocável Senador pelo RGN, Por Minas não será eleito. Nem bêbados os mineiros votarão em alguém, baseados em lendas e sagas paternais... SdM

 
Luis Gustavo Giordano disse:

"O atual galpão da fábrica será reformado e ampliado para abrigar cerca de 150 lojas, praça de alimentação, hipermercado, cinema, hotel, centro de convenções, além de um centro cultural, que receberá o nome de José de Alencar, em memória ao ex-vice-presidente da República e fundador da empresa, falecido aos 79 anos, em março de 2011."

Mr. Sam, será que o setor de open end ficará na praça de alimentação ou próximo dos cinemas?

Mesmo com prejuizo de 300 milhões, em ainda mais 260 milhôes para um Shopping. Quero ser sócio do governo também! Alguém tem uma dica? Tiririca, Demostenes, Cachoeira, alguém...?

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço