Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Dois bolivianos foram resgatados depois que um homem os colocou à venda em uma feira na região central de São Paulo, na última segunda-feira (10), de acordo com a Polícia Militar.

A confusão começou quando os homens recusaram uma oferta de trabalho em uma confecção de propriedade de outro boliviano, no Brás, região central da capital.

De acordo com informações da rádio CBN, uma das vítimas teria dito, em entrevista, que a dupla veio ao Brasil com a promessa de receber US$ 500 (cerca de R$ 1.190) por mês, mas, chegando aqui, descobriu que o salário oferecido era muito menor.

Diante da recusa, o dono da confecação, identificado apenas pelo nome de Serapio, disse que não poderia ficar no prejuízo e, então, colocou os homens à venda. "Quem quisesse nos levar tinha que pagar R$ 1.000", disse uma das vítimas em entrevista à CBN.

Ainda segundo a PM, uma senhora, também boliviana, chamou a polícia para o local. Uma das vítimas, no entanto, disse que foi tratada como "delinquente" pelos PMs. "A polícia revistou a gente como se a gente fosse delinquente. Fomos colocados na parede", disse à CBN.

Em nota, a PM informa que atuou para separar as partes. "Em virtude da grande turba que se iniciava naquele local, onde outros bolivianos se revoltavam com o ocorrido, os policiais militares separaram todas as partes e também uma testemunha voluntária, que se prontificou a traduzir as conversas entre policiais e partes, e assim, a equipe  conduziu todos ao 8º DP (Brás/Belém)", diz a nota.

As vítimas, no entanto, não quiseram registrar boletim de ocorrência, de acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública). O órgão informa ainda que, até o momento, o delegado Antonio Tadeu Rossi Cunha, titular do 8º DP, "não foi notificado sobre qualquer representação exigindo a investigação do caso".

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/02/14/do...

Exibições: 756

Responder esta

Respostas a este tópico

  Será que essa moda irar da certo no Brasil?

Tocos que estão cientes dessa afronta a dignidade humana tem o dever de denunciar Ministério Público este e outros fatos semelhantes.
Se não forem molossos são criminosos tanto quanto o autor do crime.
Todos que estão cientes dessa afronta a dignidade humana tem o dever de denunciar o fato ao Ministério Público.
Se não fizerem serão omisso e classificados também como coniventes!

Falando sério, o Brasil tá ficando um lugar muito perigoso para se viver, é muito improviso e muita gente despreparada, principalmente na segurança pública e o resto nem se fala..

Infelizmente a culpa e' toda nossa porque não sabemos escolher corretamente nossos governantes.
A consequência da sequência dos nossos erros está aí no que vemos e lemos todos os dias.
Os mais lúcidos e conscientes tem obrigação de alertar as pessoas para os prejuízos do votar errado...votar mesquinho....votar egoísta....votar pensando e esperando a boquinha.....

Bolivianos e mais bolivianos, infelizmente temos que recorrer aos seus serviços pelo fato de nós mesmo desacreditar de nosso povo. Do mesmo modo ficamos calado e compramos diariamente produtos chineses...

Votar certo é dever de todo cidadão, conviver com os corruptos, é que é errado. Assim, temos que adotar certas regras na vida e em 10.10.2014, nas proximas eleições, fazer a nossa parte.

Mas voltando um pouco, queremos cultura para que um povo culto possa dirigir nosso pais com mais presteza de criterios sociais, bem, devemos começar com os estudantes da USP, ou deixa-los presos na reitoria, como se lá fosse a cadeia e pau neles.

Os corruptos são escolhidos no voto.
A prática da cidadania e civismo inicia em casa....formação de berço...que vai sendo forjada nos bancos escolares e universidade....
A rés-pública tem que ser respeitada porque e' um bem comum....a rés-privada também por ser um direito a propriedade.
Ninguém tem o direito ou aval para se apossar daquilo que não lhe pertence.Quando alguém faz e' porque já trás do lar esse hábito....esse praxe de se apossar de algo que não é' seu...
De forma civilizada e sustentável não existe outra maneira de mudar uma Nação diferente do bem votar.
O resto e'papo sem contudo de formação.E' a incapacidade de vencer o impulso e a vaidade de escrever ou dizer algo..

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço