Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

EcoSimple apresenta tecidos 100% renováveis para setor calçadista


Tecidos sustentáveis para calçados que, a cada metro produzido, eliminam 480 gramas de resíduo têxtil e oito garrafas pet do meio ambiente. Este é o diferencial que a EcoSimple, de Americana (SP) irá apresentar na Courovisão 2011, na próxima semana (27 a 29 de setembro), em Novo Hamburgo (RS). “Iremos focar em um mercado no qual estamos atuando há cerca de um ano e que hoje já responde por 50% de nossos negócios”, destaca a engenheira têxtil Marisa Ferraguti, uma das diretoras da EcoSimple. Até o final do ano, a empresa pretende atingir 120% de crescimento em sua produção.

Marcando o primeiro ano de atuação no setor de calçados - a EcoSimple apresentou sua linha ao segmento na Courovisão 2010 – a presença na feira será também palco para o lançamento de novos produtos. “Estamos lançando dois novos artigos específicos para o setor, aliando a beleza das cores, que é uma forte característica de nossos produtos, com construções diferenciadas”, relata a Diretora.
 
Os tecidos da EcoSimple são 100% sustentáveis, motivo de importantes premiações, entre elas a recente vitória na categoria Materiais Inovadores (votação popular) no GreenBest, primeiro prêmio de consumo e iniciativas sustentáveis com abrangência nacional; e premiação também na categoria têxtil do Prêmio Idea Brasil 2011, versão brasileira do americano IDEA Awards, promovido há mais de 30 anos pelo IDSA – Industrial Designers Society of America.
 

Os tecidos EcoSimple são produzidos a partir de sobras de tecidos e garrafas PET. As sobras de tecido são coletadas junto a indústrias têxteis e encaminhadas a pequenas cooperativas, onde o material é separado por cor. Depois são realizadas as etapas de moagem, desmanche, limpeza, transformação em polímero, fiação e tecimento, já com os resíduos de pet. “Como o material é separado por cor desde o início do processo, não é necessária a adição de qualquer espécie de tinta ou corante. As tonalidades desejadas são obtidas através das cores originais dos tecidos, aproveitando a coloração natural das fibras e suas diversas nuances. Desse processo livre de agressões nasce o novo tecido”, diz Marisa

Fonte:|http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=articl...

Exibições: 228

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço