Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Empresários Têxteis de Caruaru querem prospectar novos mercados

A busca por novos mercados tem sido a meta dos empresários de Caruaru, principalmente no ramo de roupas e acessórios. A ideia é atender as Regiões Sul e Sudeste, aliás, ditas prioritárias neste objetivo, além de outras partes do Nordeste. "O polo de confecção [de Pernambuco] tem muito que crescer ainda, o que para nós é uma vantagem a mais para trabalhar. No Sul e Sudeste nossa participação ainda é pequena, e prospectar novos mercados é uma solução", comenta Vamberto Barbosa, diretor da Acic e do Sindicato da Indústria de Vestuário de Pernambuco. De acordo com ele, os próximos road shows, espécie de corpo a corpo com os lojistas realizada pelos empresários pernambucanos, deverão atender ao mercado varejista na Bahia, em Aracaju (SE) e em Manaus (AM) ainda neste semestre.


Indústria têxtil

No primeiro semestre, já com a dificuldade financeira que mostraria ser a atual crise, os confeccionistas passaram a apostar na confecção de produtos de material sintético como matéria-prima, já que o algodão encontrava-se a um preço menos competitivo, mas a ideia não deu muito certo. "O mercado de algodão sacrificou muito, pois estava em um momento de aceleração dentro de um mercado desacelerado [economicamente]. Este foi o principal problema do primeiro semestre", conta Barbosa.


"Partimos para a utilização do sintético, mas todo mundo também fez isso, e aí ele aumentou de preço", completa. A expectativa dos confeccionistas quanto a este tipo de problema está depositada no futuro Complexo Portuário de Suape, onde está sendo construída uma refinaria que deve entrar em funcionamento no segundo semestre do ano que vem, o que favorecerá a produção de matéria-prima de fio de poliéster. "Há uma grande probabilidade que a tecelagem desenvolvida junto ao polo de confecção da região favoreça a logística, pois terá o fio e o tecido produzidos em uma mesma região", diz João Bezerra. Hoje esta matéria-prima é 100% importada.

Fonte:|http://www.dci.com.br/Empresario-de-Caruaru-quer-prospectar-novos-m...

Exibições: 183

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço