Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Empresas têxteis e de confecção integram missão à Argentina

A Abit, por meio do Programa Texbrasil, e a Investe São Paulo promovem, entre os dias 2 e 4 de novembro, a missão comercial Brasil-Argentina com o objetivo de estreitar relações com o país que é o principal destino do setor têxtil e de confecção brasileiro. 

Fernando Pimentel, dir. Superintendente da Abit,  na abertura do evento

A delegação foi criada em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e leva ao todo 39 empresas brasileiras para o país, que só em 2015 importou aproximadamente US$ 1 bilhão em produtos têxteis, sendo que 23% desse valor teve como origem o Brasil.

                                                            Encontro com a FITA 

As empresas Adatex, Anfra Tecidos, Alsa Têxtil - Lalitex, Brandili, Buddemeyer, Cajubrasil, Canatiba, Cedro Têxtil, Coteminas, Dudalina, Duoflex, Embrasatec, Fit & Chic Activewear, Gabriela Giardini, Grupo Lunelli, Haco, Hering, Incofios, Innovativ, Juma Enxovais, Kalina Indústria de Fios e Malhas, Kohmar, Ledervin, Tecelagem Macias, Mar Rio, Paramount, Recco, Santaconstancia, Spirodiro, Soutex Têxtil, Sux do Brasil, Tapecol, Tecelagem Atlântica Eireli, Tekla, Temar Têxtil, Tocetex,  Tramare, Vicunha, Werner Tecidos participam de agenda intensiva que conta com seminários sobre o setor, economia e política argentinas, visitas técnicas e um encontro com a FITA (Federación de Industrias Textiles Argentinas) – além de dois dias destinados à rodada de negócios entre brasileiros e argentinos. A ABRAFAS e a FCEM também participaram do evento. 

 

 Visita ao Centro Metropolitano de Diseño

- See more at: http://www.abit.org.br/noticias/empresas-texteis-e-de-confeccao-int...

Exibições: 590

Responder esta

Respostas a este tópico

As maiores empresas têxteis reunida ;pena que não vi o nome da Santista Jeanswear

Confecção, quase nenhuma empresa do setor participou, porque? falta de recurso, falta de estrutura, desânimo, vejo na relação a Dudalina, Hering, Lunelli, grandes empresas confeccionistas do sul e as outras principalmente de São Paulo, uma pena as ausências.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço