Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Fabricante de moda para gestantes fatura R$ 40 milhões ao ano

Criada em 1995, a Megadose vai inaugurar sua primeira loja física em setembro de 2015

Por Priscila Zuini com Rennan A. Julio - 27/07/2015
Carol Trentini estampa campanha da Megadose Gestantes (Foto: Divulgação)

Megadose, fabricante de roupas para gestantes, completa 20 anos em 2015. Para comemorar as duas décadas e os mais de 1000 pontos de vendas no Brasil, a empresa vai lançar sua primeira loja física em setembro, na cidade de São Paulo.

A migração para o varejo tem sido frequente dentre as marcas do ramo. João Ricardo Esteves, CEO da Megadose, acredita que o lançamento de uma loja física representa um novo capítulo para a empresa familiar. “Nosso setor de expansão vem pensando nisso há quatro anos. Queremos aproveitar um desejo do mercado.”

Esteves começou cedo na fábrica. Quando garoto, já trabalhava arrematando roupas para a mãe, criadora da marca. “Desde o início, o propósito da empresa era mudar uma cultura. Queríamos que as pessoas valorizassem a beleza da mulher gestante”, afirma.

“A mães não tinham roupa bacana para vestir. As pessoas pensavam que as mulheres estavam doentes. Mas a silhueta da mulher grávida é linda e ela merece uma roupa condizente”, diz Esteves.

Lingeries para gestantes da Megadose (Foto: Divulgação)

Para fazer isso, a marca realizou pesquisas com gestantes e deu espaço para profissionais mais ligados à moda. “Os médicos insistem para que elas tenham uma vida normal e saudável. E a moda faz parte disso.”

De multimarcas para multimarcas

A fim de dialogar com um número maior de mulheres, a Megadose desenvolveu três “marcas” dentro de uma só fábrica: 4 You To Be; Lui Mommy e Megadose. “Trabalhamos com moda sofisticada, despojada e tradicionalista”

O que começou com uma peça feita a mão na cidade de Cianorte, no estado do Paraná, hoje já atende mais de 1000 parceiros. “Mostramos ao mercado uma carência que ninguém tinha dado conta”, diz

O crescimento da marca, segundo o executivo, tem sido expressivo: 30% ao ano, nos últimos dois anos. A Megadose pretende fechar 2015 com R$ 40 milhões de receita.

A jornalista Fernanda Gentil estampa campanha da Megadose enquanto aguarda o nascimento do filho (Foto: Divulgação)


Campanhas em evidência

Quem também caiu nas graças da Megadose foram as gestantes famosas. Como plano de marketing, a top model Carol Trentini estampou, durante a gestação, a campanha primavera-verão da loja.

E, enquanto aguarda o nascimento do filho, a jornalista Fernanda Gentil também costuma aparecer utilizando as roupas da marca.

Segundo Esteves, a estratégia é simples. “Se queremos deixar a moda gestante em evidência, temos que usar as pessoas que são evidência da moda”, diz.

Exibições: 465

Responder esta

Respostas a este tópico

Marca aqui da minha cidade Cianorte PR Capital do Vestuário onde temos milhares de empresas. Pena que esta realidade não reflete a todas......

“Se queremos deixar a moda gestante em evidência, temos que usar as pessoas que são evidência da moda.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço