Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

FEBRATEX 2016 - As tecnologias mais sustentáveis para o segmento denim expostas na feira

Tendências jeanswear pedem: coloridos ácidos, customizações, sustentabilidade e visão de moda multifuncional. As indústrias que desenvolvem as tecnologias aplicáveis ao jeans, por sua vez, respondem à altura: oferecendo tingimentos que desbotam mais rápido, resinas que reduzem a demanda por água nos processos, tecnologias inteligentes que deixam morosas metodologias de enfesto no passado, máquinas de costura que conferem aparência de alta moda no interior das roupas; e principalmente a fusão do maior número possível de funções, no mesmo equipamento ou tecido.

Foi com este discurso de inovação envolvendo produtividade e customização, que a Febratex 2016 - Feira Brasileira para a Indústria Têxtil - que teve início no dia 09 de agosto e encerrrou-se na última sexta-feira, dia 12; reuniu no Parque Vila Germânica de Blumenau, expositores de 60 países e cerca de 2,4 mil marcas. De acordo com os expositores da feira; dificuldades são vistas como desafios, e superadas com inovação.

O entusiasmo da feira pôde ser medido pelo volume intenso de visitantes, conferido de perto pela equipe do GuiaJeanswear, que esteve presente em todo o evento. Aos nossos leitores movidos pelo sangue azul índigo, apresentamos uma síntese dos lançamentos que vão permitir a evolução do design no mercado denim, com maior produtividade, eficiência e gestão de processos e recursos naturais.

SUSTENTABILIDADE NOS PRODUTOS QUIMICOS

Akmey: para o mercado denim, o produto mais interessante lançado pela companhia que em 2015 recebeu o aporte da FIMA - (fundo de inovação em Meio Ambiente) foi o tingimento de fibras de algodão em meio gasoso, que reduz 95% o consumo de água. Além disso a empresa apresentou ao mercado a goma biodegradável que pode ser completamente removida, e o corante reativo que dispensa processos de vaporização ou termofixação da estampa.

Archroma: O principal produto apresentado pela companhia conveniente para o segmento denim foi o Nuva® N Series C6; ingrediente que resulta em tingimentos de maior duração, de fácil manuseio, com efeito repelente ao solo (não contamina) e com propriedades de liberação. Também é livres de ingredientes químicos perigosos como sulfonato de perfluorooctano (PFOS) e ácido perfluorooctanóico (PFOA).

CHT Bezema: para o segmento jeanswear, a Bezema apresentou diversas opções oportunas como a pasta que simula a aparência do índigo, e permite o tingimento a seco. Também o Denim Col; que forma uma reserva de pigmento sobre a sarja branca, reproduzindo manchas mais contrastantes e definidas; a pasta que resulta no aspecto do couro falso sem comprometer a capacidade de transpiração do tecido, e o Bematin Per 40, que agrega efeito repelente ao tecido.

Coratex: A Coratex lançou uma linha de corantes que descarrega de maneira uniforme em todas as cartelas, e associada ao permanganato evita o fundo amarelado. Também a pasta intitulada Sky, que ativa a cor preservando completamente o elastano. Também um novo tingimento chamado dry color, para fibras sintéticas, que diminui a demanda de água de 125 para 6 litros.

SUSTENTABILIDADE PARA ACABAMENTOS NO TECIDO

Jeanologia: Durante todo o evento a Jeanologia demonstrou como efeitos de lixa e spray podem ser reproduzidos com toda precisão através do laser; valendo-se das técnicas Laser PP e Light Scraper.

Hi Tech: Apresentou na feira a linha de produtos químicos de alta performance produzidos em território nacional; os quais respondem com maior eficiência em processos de alta tecnologia, reproduzindo efeitos de relevo, desgastes e brilho mais naturais. Além disso trouxe ao evento as máquinas de acabamento a laser Hi-Tech Quad Laser Full SE Special Edition, e ozônio Hi-Tech Ozone SE Special Edition.


SUSTENTABILIDADE NAS MATÉRIAS-PRIMAS

Canatiba: Apresentou os tecidos Magnun®, denim com largura maior para facilitar o corte; Hi Confort®, que mescla tencel e modal provenientes de madeira renovável; Duo Core®, com maior poder de recuperação e diversas composições; e Maxskin®, com lisura maior e um aspecto mais refinado.

Invista: Acompanhando a demanda do nosso segmento por um elastano de performance cada vez maior, a companhia apresentou o fio LYCRA® T166B, o qual apresenta aparência mais bonita e uniforme, e alto poder de recuperação. No momento da fiação, se comporta quebrando menos e formando um fio recoberto com maior uniformidade.

SUSTENTABILIDADE NAS TECNOLOGIAS PARA DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO

Automatisa: Lançou como principal novidade uma máquina chamada Vista-R, a qual identifica no desenho da renda a posição do corte. O processo dispensa o enfestamento convencional e permite que o corte seja efetuado em rolos na esteira da máquina.

Audaces: Em primeira mão, a companhia apresentou o Audaces Idea 4D; software que permite a impressão dos modelos criados em três dimensões; o Audaces Jet Lux Plus, a versão mais recente do plotter Jet Lux que simplifica ainda mais a retirada do papel; e o Audaces Neocut V6, que torna o processo de corte mais veloz.

Lectra: Para quem trabalha com estampas localizadas, a Lectra lançou uma solução de corte automatizado: o Vector IX Mosaic, tecnologia que facilita o encaixe, permite compensações e ajustes de distorções de caminho no corte; fazendo com que as peças combinem perfeitamente na montagem dos moldes.

SUSTENTABILIDADE NOS AVIAMENTOS

Etical: O mostruário da Etical foi apresentado como uma demonstração da capacidade de criar com definição explorando materiais e texturas; como uma visão particular de sustentabilidade. Nele constaram opções decorativas, agregando elementos como pele, destacando principalmente tendências fitness e estampas de florestas em linguagem streetwear.

Haco: Em um stand decorado por um lindo trabalho de refugo, construído pelo centro de estudos de Santa Catarina Instituto Orbitato; a Haco apresentou o seu Book Primavera/Verão 2018 englobando sua proposta diferenciada de oferta do kit completo abrangendo de identificação da marca, desde a etiqueta até a sacola.

http://www.guiajeanswear.com.br/noticias/6601/as-tecnologias-mais-s...

Exibições: 553

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço