Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Preciso de Informações sobre Ficha Técnica Urdideira

Estou desenvolvendo um software para industria têxtil e gostaria de saber mas especificamente quais informações são importantes para uma ficha técnica da urdideira? Ou se alguém tiver algum modelo que possa me passar?

Exibições: 2974

Responder esta

Respostas a este tópico

Procure pela Comelato e Roncato de Americana
Mas a Comelato e Roncato pelo o que vi no site produz urdideiras, gostaria de ter informções que pudesse ajudar o programador da urdideira a programa -la, uma ficha tecnica, você sabe outra pessoa que poderia me ajudar??

Bom dia !

Nós da Comelato Roncato, além de produzirmos Urdideiras e Gaiolas, fazemos treinamento em programação de padrões na gaiola, consumo de fios para otimização da carga, programação da urdideira e qualquer assunto relacionado a preparação de urdumes. Já fui técnico de empresas como Somet / Vamatex / Sulzer e possso afirmar por experiência própria que o urdimento é responsável em 90 % pela eficiência das máquinas de tecer e da qualidade dos tecidos produzidos. Desenvolvemos equipamentos com extrema precisão, dotados de sistemas eletrônicos que garantem a qualidade do urdume, e fornecemos aparelhos de aferiação tais como tensiômetro ( controle de tensão dos fios da gaiola ) e durômetro ( controle da dureza do rolo de urdume ). Para tanto precisamos ter fichas técnicas que orientem os urdidores e gestores de preparação, segue anexo o exemplo de uma delas, se não for o que você precisa, entre em contato que terei o maior prazer em ajudá-lo.

Anexos
Obrigado Glaúcio!
Estou desempenhando o mesmo trabalho que você, e no meu software as informações que definimos como sendo parte da ficha técnica são: tipo de fio (título do fio e composição), quantidade de fios no rapport, número de repetição do rapport, quantidade de fios no resto (fios no tecido que não formam um rapport completo), quantidade de fios na ourela, quantidade de fios do fundo, quantidade de fios totais e número do pente, outras informações como quantidade de fios/pua, quantidade de fios na gaiola, largura do rolo, tensão na gaiola, etc., são informações que compõe o padrão técnico do produto na máquina.
Espero que tenha ajudado.
Abraço.

Tiago M. Souza
Eng. Industrial Têxtil

Eu é que agradeço !

Bom final de semana !

João Luís Favari disse:

Obrigado Glaúcio!

Olá Glaucio

 

Surgiram algumas duvidas

 

No exemplo que você me mandou é uma urdideira seccional, teria alguma diferença para uma urdideira continua?


No software que estou desenvolvendo terá uma parte em que cadastro os equipamentos e os parametrizo, como por exemplo um tear, nele se define o tipo de tear(circular/retilinieo) número de alimentadores, agulhas, número de pistas etc. Na urdideira há informações do equipamento que precisam estar na ficha técnica? Quais seriam? 


E depois teria um cadastro no qual faria um relacionamento sobre artigo(urdume) e equipamento no qual teriam informações de como programar a urdideira para aquele artigo, dai gostaria de saber quais informações são importantes? Numero de fios, pente etc??


Para quando gerar uma ordem de produção para esse urdume, imprimiria um ficha tecnica para o urdideiro com os dados acima.


E quando eu fosse apontar essa ordem de produção, ela pode ser apontada por qual unidade?? Metros ? voltas? Quilo?

Gláucio Franco Bacchin disse:

Bom dia !

Nós da Comelato Roncato, além de produzirmos Urdideiras e Gaiolas, fazemos treinamento em programação de padrões na gaiola, consumo de fios para otimização da carga, programação da urdideira e qualquer assunto relacionado a preparação de urdumes. Já fui técnico de empresas como Somet / Vamatex / Sulzer e possso afirmar por experiência própria que o urdimento é responsável em 90 % pela eficiência das máquinas de tecer e da qualidade dos tecidos produzidos. Desenvolvemos equipamentos com extrema precisão, dotados de sistemas eletrônicos que garantem a qualidade do urdume, e fornecemos aparelhos de aferiação tais como tensiômetro ( controle de tensão dos fios da gaiola ) e durômetro ( controle da dureza do rolo de urdume ). Para tanto precisamos ter fichas técnicas que orientem os urdidores e gestores de preparação, segue anexo o exemplo de uma delas, se não for o que você precisa, entre em contato que terei o maior prazer em ajudá-lo.

Olá!

Sim existe diferença de seccional para direta ou continua.

Na seccional , para atingirmos o numero de fios de urdume necessários para compor a largura do tecido precisamos fazer por portadas ou secções , exemplo, um rolo de 5.000 m para camisaria. Se possuo uma gaiola de 600 fusos e preciso de um tecido com 6000 fios no urdume, programaremos a máquina para fazer 10 portadas de 600 fios com 5000 m cada, portanto a um tempo de enrolamento para cada uma das portadas e depois de pronto transferimos este urdume para o rolete final. No caso de um artigo que precise ser engomado, daí então utilizamos urdideira direta ou continua para fazermos 10 rolos parciais de 600 fios cada, e os reunimos na engomadeira, confeccionando o rolo final.

A tensão na gaiola é importantíssima para determinar a qualidade do tecido e o volume urdido.

A metragem e o peso em gr são importantes para produção e custos.

Para calculo de produção seria metros.

Todos os itens da ficha são importantes para a qualiade do tecido, mas para calculos de produção, seriam indispensáveis, o título do urdume, o número de fios do urdume, a densidade e % de contração.

Mais dúvidas me envie !

 

No que tange o rapport, como você pensa em fazer, ou fez, quando existe fios de composição diferentes ou até mesmo cores diferentes ?

 



Tiago Morais Souza disse:

Estou desempenhando o mesmo trabalho que você, e no meu software as informações que definimos como sendo parte da ficha técnica são: tipo de fio (título do fio e composição), quantidade de fios no rapport, número de repetição do rapport, quantidade de fios no resto (fios no tecido que não formam um rapport completo), quantidade de fios na ourela, quantidade de fios do fundo, quantidade de fios totais e número do pente, outras informações como quantidade de fios/pua, quantidade de fios na gaiola, largura do rolo, tensão na gaiola, etc., são informações que compõe o padrão técnico do produto na máquina.
Espero que tenha ajudado.
Abraço.

Tiago M. Souza
Eng. Industrial Têxtil

Desculpa a demora, mas não tinha visto sua resposta antes. Nós criamos uma lógica de importação destas informações técnicas do tecido geradas pelo Dobby, que é um software de criação. No Dobby os diferentes tipos de fios são identificados e exportados separadamente, assim como cada cor de fio. Desta forma no momento da importação existe uma programação feita para calcular a composição (tanto para fios compostos por uma fibra quanto para fios com mais de uma fibra) e a quantidade de cada cor por tipo de fio, partindo da quantidade de cada cor/tipo exportada pelo Dobby.

Espero que esta mensagem chegue a tempo de ajudar.

Tiago M. Souza

Eng. Industrial Têxtil

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço