Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII




imagem


O que é design? Muitas literaturas traduzem essa palavra como a forma a favor da função. Na verdade, o design não é só um novo produto, mas também a preocupação para que serve a roupa. Por exemplo, “pensar moda” como designer é imaginar formas de compor o vestir com peças adequadas ao contexto social, econômico e psicológico dos indivíduos, criando subsídios para a construção de um olhar ergonômico.

Esse olhar é construído quando associamos o corpo – suporte do produto de moda - a uma modelagem industrial eficiente. Além disso, é desenvolvido por meio do controle do comportamento, que envolve principalmente a roupa, e é fruto de uma composição social, resultante de um processo histórico.

Essa construção possui especificidades culturais e sociais, das quais toda pessoa é portadora e cada sociedade determina certo número de atributos, que configuram como cada um deve ser sob a ótica intelectual, moral ou física.

Imagem: Site Favip


A forma corporal do brasileiro, por exemplo, muitas vezes é associada imediatamente à imagem hedonista e sensual, ligada ao carnaval, futebol, praias e a cultura de culto ao corpo. A imagem sensualizada da forma do brasileiro, passa a ideia de que o corpo é mais importante do que a roupa, de que ele é a verdadeira roupa - que deve ser exibido, moldado, manipulado, trabalhado, costurado, enfeitado, escolhido, construído. O corpo é que entra e sai da moda, reduzindo a roupa a apenas um acessório, que deve ser adaptado a essa valorização e exposição.

A vestimenta é adequada a esse corpo através de uma modelagem eficiente, explorada pelo setor produtivo, que observa a valorização corporal do brasileiro, e explora a sensualidade nos produtos de moda por meio de uma modelagem específica, principalmente no segmento de exportação.

E é através da modelagem - engrenagem extremamente importante e necessária no processo da produção das roupas - que pode-se dar ao mercado de moda (cada vez mais exigente e complexo), estratégias para diferenciar o produto de moda.


Por Bruna Dezan

Designer de moda


 

Exibições: 471

Responder esta

Respostas a este tópico

A modelagem é super importante, pena que muitas confecções não pensam assim. Vemos M com cara de G . Roupas largonas sem nada de conceito, e por ai vai...

Um grande desafio para um design de moda é, também, pensar e executar uma vestimenta que atenda a um corpo fora dos "padrões", mas tão corpo, tão cheio de função, tão sensual e tão cheio de fala quanto os ditos" corpos normais". A moda inclusiva faz esse diálogo e lança esse desafio.

Os modelistas brasileiros enfrentam o desafio das diferenças de biótipo, portanto as tabelas de medidas não são padronizadas, devido as misturas de etnias no nosso país, diferentes dos outros países que a tabela de medidas são padronizadas e os biótipos bastante similares. É de fato, bastante complicado encontrar roupas que atendam as medidas específicas das pessoas, e quando encontramos, somos bastante fiéis as marcas.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço