Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Gordinha faz ensaio picante para protestar contra grife de roupas

A American Apparel entrou para o mercado plus size no final do mês de agosto e lançou uma campanha em busca de novos rostos para o segmento. Algo a ser comemorado e encarado como positivo por milhares de gordinhas, certo? Errado! Nancy Upton, uma texana estilo GG, não gostou da iniciativa da marca e interpretou o projeto como deboche às gordinhas.

Como forma de protesto, Upton resolveu participar do concurso, mas não pensem que foi da maneira convencional. Ela chamou um amigo fotógrafo e posou para suas lentes das maneiras mais inusitadas que encontrou: mergulhando numa piscina enquanto devorava um frango, se lambuzando com sorvete, escondendo as partes íntimas com uma torta de amoras e mais outras várias poses de deboche. Inclusive, o ensaio da texana lembra bastante o da ex-modelo plus size, Crystal Renn, fez com Terry Richardson, não achan?

“Quando li um artigo falando sobre o concurso, logo pensei, com base no tom em que estava escrito: ‘Uau, eles realmente têm zero respeito pelas mulheres plus size. Eles vão alinhá-las como gado e fazer gozações até a exaustão’”, disse ela.

O mais bizarro de tudo é que a gordinha está ganhando o concurso da American Apparel que é baseada na votação dos internautas! Resumindo: Nancy Upton conseguiu chamar atenção de todo mundo e ainda tirar um sarro da cara da marca pois com certeza vai ganhar.

Golpe de mestre, Nancy! Clique aqui para votar nela.

Album de fotos -http://virgula.uol.com.br/ver/album/lifestyle/2011/09/09/16756-gord...

Exibições: 927

Responder esta

Respostas a este tópico

Realmente precisamos renovar os padroes; encarar a realidade sobre obesidade.

Sim, isso mesmo; encarar a realidade sobre a obesidade. É isso que deve ser feito. Novos padrões, novas cirurgias de estomago, lipos, um arsenal de medicamentos para combater o colesterol, a diabetes, o sobrepeso.

Roupas que tiram das obesas seu perfil extravagante mesmo que seja as custas de espremer todos os órgãos internos e reduzir a capacidade respiratória.

Sim, vamos repensar a obesidade como a doença do século.

Seu ortopedista diz o que?.

Seus joelhos não aguentam mais o esforço?

Ora, o ditado é perfeito: "O peixe morre pela boca"; só o peixe?.

Os valores mudam com o passar dos anos. Há a época da cultura ao corpo, época de ganhar dinheiro e deixar o corpo de lado; época de usufruir dos ganhos e tomar sobrepeso e a época de curtir os netos.

Na última delas, sobram os netos, a gula, as visitas ao médico e a TV BOBO. Poucas opções que as pessoas se dão como chance de uma vida saudável e útil.

A obesidade é sua opção? Sinto muito, caminho errado.

Viver até os 80 ou 90 anos é um benefício que podemos desfrutar atualmente, mas deve vir atrelado a QUALIDADE de vida.

E QUALIDADE de vida começa por nossos pensamentos e atos.

O 'aceiter' uma condição precária como a obesidade é se entragar à morte por inanição.

Sinto muito se não fui do agrado de uma grande parcela dos viventes; a opção da discussão traz novos caminhos.



Mercia Ap de Camargo Grossi disse:

Realmente precisamos renovar os padroes; encarar a realidade sobre obesidade.

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço