Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Indústria do vestuário demitiu 30 mil trabalhadores na Amrec - SC

Desde 2014, a área está apresentando reduções na produção e até o fechamento de algumas empresas.

A indústria do vesturário da Amrec registra retração nos últimos meses. De acordo com o integrante da Colmeia Industrial de Criciúma Renato Rovaris, na região carbonífera, a estimativa é que aproximadamente 30 mil pessoas desse setor tenham sido demitidas.

“A China está ameaçando o mercado. Os clientes estão trocando as empresas brasileiras por compras pela internet. As pequenas e médias empresas são as que estão com situações mais graves. Ontem, mais uma fechou suas portas”, destaca Rovaris.

Segundo o vice-presidente do Sindicato do Vestuário de Criciúma, Roberto Benedet, das 75 empresas afiliadas ao Sindicato, cinco fecharam desde 2014. “As facções estão fechando, já que são as primeiras a serem atingidas. Isso é uma cadeia, com desemprego não tem consumidor e assim não vende”, relata. 

Conforme dados da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), as confecções reduziram em 26,8% no seu faturamento. O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Criciúma e Içara confirmam a redução no setor de vestuário.

De acordo com o analista técnico Laudir Brogni, a demanda caiu após o mês de fevereiro. “Hoje, temos apenas uma vaga em aberto para essa área. Antes, a média era de 10. O grande fluxo de pessoas que entram com pedido de seguro desemprego e são encaminhadas para o Sine foi em março e abril”, enfatiza.

Já na Içara, em 2014, a média era de 20 vagas, agora somente duas estão em aberto. “Houve uma queda desde o início do ano. Três ou quatro confecções da cidade fecharam nos últimos dois meses”, ressalta a coordenadora do Sine de Içara, Daiane da Luz Cabreira.

http://www.portalsatc.com/site/interna.php?i_conteudo=21179&tit...

Exibições: 651

Responder esta

Respostas a este tópico

“A China está ameaçando o mercado. Os clientes estão trocando as empresas brasileiras por compras pela internet.

  Conforme dados da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), as confecções reduziram em 26,8% no seu faturamento. 

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço