Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Analisados como um todo, os setores têxtil e de confecção abrem o ano com saldo positivo de vagas, de acordo com relatório do ministério do Trabalho

Embora a pesquisa mensal de empregos na indústria realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) tenha sinalizado com índices negativos acumulados mês a mês ao longo de 2013, quando comparados a igual período do ano anterior, para os setores têxtil e de vestuário, as estatísticas do ministério do Trabalho demonstram que depois dos dois meses tradicionais de saldo negativo (novembro e dezembro), as empresas da área abriram vaga em janeiro.
Segundo relatório da Pasta, foram criados quase 7 mil postos de trabalho no mês, elevando o contingente de pessoal ocupado para 999.826 empregos, aumento ainda insuficiente para ultrapassar a marca de 1 milhão de vagas, mantida até novembro pelos dois setores juntos. Os 6.177 postos de trabalho gerados em janeiro ficaram abaixo dos 7.152 empregos criados em janeiro de 2013. Mas, representam quase três vezes o nível de contratação registrado em janeiro de 2012.

http://www.gbljeans.com.br/novo/noticias_view.php?cod_noticia=5146

Exibições: 476

Responder esta

Respostas a este tópico

O custo Brasil continua alto e afeta todos os segmentos. E, pelo que constatamos diariamente, o inchaço da maquina publica não para de crescer. Vamos vivendo de esperança.

Exportamos a matéria prima e importamos o valor agregado, coisa de preguiçoso... a indústria está desmotivada e cada vez mais o destempero acaba com o bom e velho preparo. Para que estejamos sempre prontos para competir devemos ter muito treino com equipamentos, recursos humanos, tecnologias, etc... Devemos ser incentivados a produzir, não é fácil, mas um país como este que tem tudo na mão, bastaria querer trabalhar. Governo tem culpa sim, mas cantam e dançam conforme a música dos ban-ban-bans!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço