Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Levi’s aposta em maconha para produzir sua nova linha de roupas sustentáveis

cânhamo, além de ser o nome popular da Cannabis ruderalis, é também o nome da fibra que se obtém a partir dessa derivação da maconha. Suas possibilidades de uso são quase irrestritas – para comida, material de construção, papel, jóias, cordas, limpeza do solo, combustível e tecido, tudo pode ser feito de cânhamo. Desde os anos 1990 que produtos já são vendidos a partir da fibra – como o famoso Adidas Hemp, tênis da marca que era feito utilizando o cânhamo. Com a legalização do uso em nível nacional nos EUA no final do ano passado, uma gigante da indústria de roupas e ícone do jeans decidiu utilizar essa fibra da maconha para criar sua primeira linha sustentável: a Levi’s.

O uso do cânhamo reduz o consumo de água, em relação por exemplo ao algodão, em dois terços, assim como utiliza muito menos químicos. Assim, suas primeiras peças sustentáveis – uma jaqueta e um par de calças jeans – foram feitas utilizando 69% algodão e 31% cânhamo. Com isso as peças mantêm a maciez em sua textura, mas apresentam resistência e durabilidade, em processo de fabricação que reduz a agressão ao meio-ambiente. A mistura, no caso, é importante, pois permite que as peças sustentáveis não percam a qualidade que determina o sucesso de uma marca como a Levi’s, atraindo assim o público, e permitindo uma mudança real na indústria.

Exemplos de fibras de cânhamo

Estima-se que o mercado de cânhamo irá valer mais de 13 bilhões de dólares em 2026. Trata-se de mais uma dos tantos usos que a maconha oferece – e que, com a legalização, mais e melhores pesquisas e experimentos poderão ser feitos a fim de otimizar e transformar mercados diversos. O cânhamo é uma das mais antigas plantas cultivadas no mundo e, até sua proibição em 1937, movimentava imensos comércios no mundo inteiro.

Exibições: 458

Responder esta

Respostas a este tópico

Será que está faltando algodão ou fibras sintéticas no Brasil? Esse tecido que a Leves quer criar, na verdade, será queimado e sua fumaça inalada pelos maconheiros. Quanta coisa mais importante para fazer, e vem agora essa droga de .............Tenha a Santa paciência.

Já tem estudos que alem de ser mais ecológica usando quase zero de agrotóxico e ela usa menos água e ela não degrada o solo .. e o que se usa para uso fumar e somente a flor (bucha) somente dos pés que são femeá. Acho uma forma de temos, mais opções de fibra, como já tentamos com o Tencêl (liocél)  tinha um conforto fantástico, mas pouca resistência e muito poluente para se produzir  

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço