Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Maiores empresas de têxteis para o lar do Brasil recebem compradores em SC

As empresas Altenburg, Atlântica, Bella Janela, Bouton, Buettner, Buddemeyer, Hedrons, Karsten, Lepper e Teka fazem parte do projeto da 1ª TMT - Turnê do Mercado Têxtil. O evento idealizado pelo Sintex - Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário, ocorre de 2 a 6 de fevereiro, e promoverá encontros entre as indústrias e compradores de mais de 100 estabelecimentos e redes comerciais do Brasil. "Queremos estimular a geração de negócios, com visitas 'in company', aproximando os canais de distribuição aos produtores da indústria têxtil", destaca o presidente do Sintex, Ulrich Kuhn.

Diferentemente das feiras promovidas no setor, o formato proposto pela TMT é inédito no mercado nacional. Em apenas cinco dias serão realizados cerca de 100 encontros no show room de cada empresa, nas cidades catarinenses de Blumenau, Brusque, Joinville e São Bento do Sul. "É um evento muito focado no relacionamento e nas vendas", destaca o diretor-executivo do Sintex, Renato Valim.

O formato escolhido foi definido após uma série de reuniões entre o Sindicato e as indústrias que apostaram na ideia, as dez integrantes da primeira edição da TMT. "Já recebemos contato de outras empresas interessadas em participar do evento, mas nesta primeira edição restringimos a participação àquelas que nos auxiliaram a desenvolver o modelo da turnê", comenta Valim. O período para a realização do evento também foi escolhido sob medida para os lançamentos dos produtos têxteis para o lar.

Resultados

Por ser ainda um projeto piloto, o Sintex não tem perspectiva acerca do volume de negócios que deve ser gerado na TMT, mas está otimista. "A reunião entre indústrias e compradores promete proporcionar bons resultados para todos os lados", prevê Kuhn.

Vocação têxtil

O Brasil está entre os 10 principais mercados têxteis do mundo com 120 mil empresas instaladas e um faturamento anual de US$ 57 bilhões, segundo dados da Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção. A Região Sul concentra mais da metade do número de empresas nacionais e do faturamento têxtil anual. Neste cenário, Santa Catarina destaca-se como o principal polo nacional de cama, mesa, banho e têxteis para o lar, sendo responsável pela produção das marcas mais notórias deste segmento.


Fonte: fernanda@presse.inf.br

http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?id=37453&op=...

Exibições: 397

Responder esta

Respostas a este tópico

Muito interessante, mas quem vai participar? Sou responsável por compras de produtos de lar de uma empresa que tem 20 pontos de vendas e estou tomando conhecimento deste evento por aqui, logo, não fui convidado.

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço