Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Mais uma Empresa pode fechar as porta em nossa região, por mal administração...

Exibições: 1646

Responder esta

Respostas a este tópico

É o ciclo normal das que acham que são eternas renovar e inovar com investimentos em treinamento isto no final da década de 90 a lanterna estava acesa más a ganância dos empresários ultrapassam qualquer planejamento
Sabias palavras MArcos Augusto!

Caros, boa noite !

Já é uma cultura neste país, todos olharem os empresários como se fossem os vilões !

A justiça trabalhista só enxerga as dificuldades do funcionário, para esta justiça o empresário é um marginal, que só pensa em tirar proveito dos coitadinhos dos funcionários.....

Duas coisas, o empresário não é o vilão, pagamos impostos, aliás o Governo é nosso sócio sem trabalhar um dia sequer !! Investimos, arriscamos, assumimos prejuizos, sem apoio de ninguem, as leis e o governo não nos dão condições de manter nosso produto dignamente no mercado, antes, abre as portas para a China e a industria que se vire !! Segundo: os funcionários não são os coitadinhos não !! muitas vezes é por causa deles que as coisas vão de mau a pior, não generalizo mas, trabalhador brasileiro é preguiçoso, não é cumpridor de suas responsabilidades na totalidade, entra em uma zona de conforto e ferre-se o patrão. E se estiver achando ruim....manda embora ! parece facil mas não é. Eles acostumaram com salario desemprego e trabalham 6 meses ao ano e muitas vezes são faltosos com o que precisa ser feito, ganham pra fazer e não fazem !

Depois.....vão mover uma ação trabalhista e te levam até as calças....ninguem pensa que vc empresário tem dificuldades, as vezes, as mesmas do funcionário. Ninguem pára pra te ouvir, não há ajuda....as leis são injustas.

existem bons e maus empresarios e bons e maus empregados, mas para as leis todos os empresarios são maus e todos os funcionarios são bons, isso é muito, muito injusto.

Facil, colocar uma materia onde os empresarios são os malvados e na foto os coitadinhos dos funcionarios, precisamos ir a fundo e ver o que realmente acontece.....nem sempre é o que se vê.

Não tenho esperanças deste país melhorar, a corrupção é uma doença contagiosa e as leis são partidarias....

Infelizmente não dá pra ser empresário neste País !!

Esta empresa tem muitos anos no mercado, as vezes,as pessoas que opinam nem tinham nascido.

Quantos empregos ela gerou ? quanto imposto ela pagou ? Quanto colaborou com o pais gerando renda ?

E agora vira bandido ? Isso não é correto !! As leis precisam ser mais justas e as pessoas devem pensar antes de julgar !!

A Industria Têxtil Brasileira tem que se unir e correr atrás de incetivos fiscais. O que precisar de mim, eu contribuo!!!

Concordo com Vc Cristina Araujo, 

Acho que antes de julgarmos qq um dos lados precisamos ver o que realmente acontece, temos vários exemplos de empresas que fecharam por má gestão, mas tb muitas de sucesso, uma empresa desta com 40 anos de vida o mínimo que merece é um pouco de respeito, antes de começarmos a difamar.

Quanto aos funcionários, segue o mesmo exemplo, temos muitos bons funcionários como tb os que não prestam e separar esses é muito difícil, ninguém tem bola de cristal o que cria um círculo vicioso de sempre estar demitindo e contratando, tentando acertar.

Boa administração quem tem é o Friboi.

E acrescento: O Hospital Albert Einstein tem como cofundador,o fundador dessa empresa que fabricava bons tapetes( o melhor nacional)

Concordo. Muito bem!!

Cristina Araujo disse:

Caros, boa noite !

Já é uma cultura neste país, todos olharem os empresários como se fossem os vilões !

A justiça trabalhista só enxerga as dificuldades do funcionário, para esta justiça o empresário é um marginal, que só pensa em tirar proveito dos coitadinhos dos funcionários.....

Duas coisas, o empresário não é o vilão, pagamos impostos, aliás o Governo é nosso sócio sem trabalhar um dia sequer !! Investimos, arriscamos, assumimos prejuizos, sem apoio de ninguem, as leis e o governo não nos dão condições de manter nosso produto dignamente no mercado, antes, abre as portas para a China e a industria que se vire !! Segundo: os funcionários não são os coitadinhos não !! muitas vezes é por causa deles que as coisas vão de mau a pior, não generalizo mas, trabalhador brasileiro é preguiçoso, não é cumpridor de suas responsabilidades na totalidade, entra em uma zona de conforto e ferre-se o patrão. E se estiver achando ruim....manda embora ! parece facil mas não é. Eles acostumaram com salario desemprego e trabalham 6 meses ao ano e muitas vezes são faltosos com o que precisa ser feito, ganham pra fazer e não fazem !

Depois.....vão mover uma ação trabalhista e te levam até as calças....ninguem pensa que vc empresário tem dificuldades, as vezes, as mesmas do funcionário. Ninguem pára pra te ouvir, não há ajuda....as leis são injustas.

existem bons e maus empresarios e bons e maus empregados, mas para as leis todos os empresarios são maus e todos os funcionarios são bons, isso é muito, muito injusto.

Facil, colocar uma materia onde os empresarios são os malvados e na foto os coitadinhos dos funcionarios, precisamos ir a fundo e ver o que realmente acontece.....nem sempre é o que se vê.

Não tenho esperanças deste país melhorar, a corrupção é uma doença contagiosa e as leis são partidarias....

Infelizmente não dá pra ser empresário neste País !!

Está ADM fechou algumas Empresa nos ultimos 5 anos, não que eles tenho pego elas em excelente condições financeiras.

- Tapetes Lurdes, assumiram e depois fecharam.

- Innovare Tapetes, abriram com excelente crescimento em dois anos faliram

- Confecção Ripchick, assumiram em menos de 1 anos faliram.

- Tapetes Tabacow, assumiram está basicamente fechada, só falta legalizar o fechamento.

- karmann guia - fabricante peças de carros que também está em situação ruim, que pode ter suas portas fechadas em breve, pelo historico do grupo...

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço