Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Malwee demitiu no início desta semana aproximadamente 250 trabalhadores

Obrigação do Sindicato é defender o emprego

Diante do grande número de demissões ocorridas no Grupo Malwee, uma das maiores empresas do Vestuário de Jaraguá do Sul e Região, a diretoria do STIVestuário vem a público manifestar profunda preocupação e prestar os esclarecimentos, abaixo, ressaltando que o Sindicato tem como principal objetivo defender o emprego dos trabalhadores e trabalhadoras da categoria:

As demissões estão acontecendo desde o ano de 2015, não somente em nossa categoria, e se acentuaram nos últimos dias. No início desta semana a empresa Malwee demitiu aproximadamente 250 trabalhadores e trabalhadoras.

Como se isso não bastasse, a direção da Malwee está propondo a redução de jornada e de salário, sendo que já vem trabalhando no sistema de banco de horas. No decorrer desta semana a empresa estará apresentando a proposta para os trabalhadores e trabalhadoras e na próxima semana o Sindicato estará acompanhando a votação secreta.

Outras empresas do setor também estão procurando o STIVestuário com proposta semelhante para redução de jornada e de salário. A situação é bastante difícil, tanto para os trabalhadores e trabalhadoras como para o nosso Sindicato, que se vê forçado a colocar em votação acordos desse tipo para preservar o direito ao emprego.

Estamos vivendo um momento de retrocesso econômico e político no País e quem está pagando a conta é o trabalhador. Desemprego, carestia, ameaça aos direitos trabalhistas duramente conquistados ao longo das últimas décadas. O clima é de insegurança para os trabalhadores e trabalhadoras, de todas as categorias. Mas não é hora de baixar a cabeça e, sim, de cerrarmos fileiras e resistirmos com bravura.

Gildo Antônio Alves - Presidente do STIVestuário

FONTE: http://www.jdv.com.br/noticia/4473/obrigacao-do-sindicato-e-defende...

Exibições: 2357

Responder esta

Respostas a este tópico

No dia que esse pais entender que, para defender empregos, tem que defender o empregador; o Brasil deslancha.

Concordo com você Jorge Medeiros. 

Jorge Medeiros disse:

No dia que esse pais entender que, para defender empregos, tem que defender o empregador; o Brasil deslancha.

RJ a vista
RJ a vista

Concordo plenamente Jorge, e mais, sindicatos devem acabar....só atrapalham.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço