Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Malwee faz reestruturação e demite 250 funcionários

A Malwee, de Jaraguá do Sul, demitiu aproximadamente 250 trabalhadores. O número significa um pouco menos de 3% do total de 12 mil funcionários do grupo. A informação foi passada pela empresa ao Sindicato dos Trabalhadores Têxteis na sexta-feira, dia 24. Na conversa, duas razões foram apresentadas: queda de vendas em razão de mercado com dificuldades e reestruturação interna. As rescisões já começaram e, desde segunda-feira, o processo de homologação das dispensas se intensificam. Isto vai continuar na próxima semana.

Em nota, a Malwee confirma e explica que “em consequência do cenário de mercado e adaptações no processo operacional, está revisando a sua estrutura de custos e despesas, o que inclui, em uma menor parte, o desligamento de algumas pessoas, assim como também está acontecendo em toda indústria nacional”.

E segue o texto enviado pela assessoria de imprensa:

- Desligamentos não fazem parte da história da empresa, mas ações e ajustes para melhor atender aos clientes são constantes. As ações em andamento buscam preservar o bom atendimento aos clientes, bem como aos parceiros e milhares de famílias que fazem parte do Grupo Malwee.

FONTE: http://wp.clicrbs.com.br/loetz/2015/04/30/malwee-faz-reestruturacao...

Exibições: 1703

Responder esta

Respostas a este tópico

Isto é o Brasil que os PTralhas criaram e que agora somos obrigados a conviver. Até qdo?????

As nossas industrias estão se exaurindo e os nossos empregos também. Um país que a Presidenta tem

medo de fazer pronunciamento a nação por meio de radio e tv por receio de panelaço quer chegar a onde????

E viva o Brasil que continua deitado eternamente em berço esplêndido.......

Até quando as industrias aguentam esta carga tributária escorchante? e o pior, a troco de nada, por que o que temos de retorno? Somente aperto de todos os lados, é licença de 15 dias para 30, aumento na redução dos encargos sobre a folha de pagamento, agora querem que não desconte mais a parte do vale transporte, não desconte as faltas quando houver greve nos transportes publicos, (sobre alegação que o funcionario não tem culpa da greve) e as empresas tem? somente as de onibus. Ou seja, toda obrigação do estado é repassada para as industrias, vamos produzir em outro país, este aqui esta no fim.
Até quando as industrias aguentam esta carga tributária escorchante? e o pior, a troco de nada, por que o que temos de retorno? Somente aperto de todos os lados, é licença de 15 dias para 30, aumento na redução dos encargos sobre a folha de pagamento, agora querem que não desconte mais a parte do vale transporte, não desconte as faltas quando houver greve nos transportes publicos, (sobre alegação que o funcionario não tem culpa da greve) e as empresas tem? somente as de onibus. Ou seja, toda obrigação do estado é repassada para as industrias, vamos produzir em outro país, este aqui esta no fim.

Em vista de tudo o que está acontecendo em nosso Pais, sou partidário que o voto obrigatório não deveria ser secreto, pois não é justo para os Brasileiros que querem ver o Brasil progredir, serem prejudicados por aqueles que só querem tirar proveito.

Vamos lutar para cortar a bolsa isso, bolsa aquilo, auxilio reclusão e tantas outras, para ver qual será a reação desta grande maioria como dizem, quando não tiverem mais esmolas (obviamente que sai dos nossos bolsos) para viver.

Como é que nós, que temos um pouco mais de conhecimento, podemos orientar outro Brasileiros que não leem jornais, revistas e internet, se não sabemos quem vota em quem, e do jeito que estão andando as coisas, não vamos encontrar ninguém que confirme que votou no atual governo.

O TSE poderia apresentar esta lista, isso seria uma ação democrática.

Como sabemos todos os governantes preferem ter um povo desenformado, assim podem fazer o que bem entender, por este motivo nenhum governo até hoje, deu prioridade na educação.      

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço