Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

A cultura do tingimento e da tecelagem artesanais para alta-costura

A estilista Flavia Aranha leva, com suas criações, a cultura do tingimento e da tecelagem artesanais para alta-costura.

O vermelho intenso do pau-brasil se espalhando pelos 120 litros de água do panelão que Flavia Aranha usa para tingir as roupas é uma cena que parecia impossível para a estilista que, desde 2009, usa catuaba, casca de cebola, urucum, café e outros pigmentos naturais para colorir as peças de sua marca. “Sempre quis usar o pau-brasil, mas, sabendo da exploração que resultou na quase extinção da árvore, não conseguia incluí-la no meu processo”, conta a estilista, dona de uma loja com seu nome na Vila Madalena, em São Paulo. Essa angústia teve fim no Espírito Santo, onde fabricantes artesanais de arcos de violinos tratavam como lixo a serragem de pau-brasil que sobrava da produção do instrumento. Há um ano não tratam mais: “Aquilo é ouro para mim”.

Flavia durante o processo de tingimento natural de suas peças

Exibições: 343

Responder esta

© 2017   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço