Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

A atriz não é a maior fã da alta-costura, mas sabe utilizá-la em benefício próprio.


Foto: Reprodução/IMDb

Podemos começar já dizendo que o estilo da Meryl Streep é, com certeza, um dos mais icônicos de Hollywood, exatamente pelo motivo oposto ao que estamos acostumados a ver entre as grandes atrizes do cinema mundial: é simples, clássico e low-profile.

E a verdade é que, apesar de já ter servido de vitrine para inúmeros estilistas e grifes durante premiações, ela nem se importa tanto assim, chegando até mesmo a dizer que “não dá a mínima” para o que veste.

O fato é que, ainda que no mundo do entretenimento a vida dos artistas também acabe virando pauta, uma das coisas boas sobre ter um estilo mais discreto é que os figurinos das personagens têm espaço para transcender as telas e quase que assumir a personalidade da atriz durante a época de lançamento. Além disso, em um universo onde tudo é excesso em boa parte do tempo, escolher peças simples pode ser capaz de chamar ainda mais atenção ou ajudar a dar mais visibilidade para as próprios personagens.

Mesmo assim, ressaltando que Meryl Streep é considerada uma das melhores atrizes de todos os tempos, é fácil de assumir que, talvez, realmente pouco importe o que ela esteja vestindo – o que, mesmo assim, não nos impede de analisar. Sendo capaz de interpretar qualquer tipo de papel e de pronunciar qualquer sotaque, não é de surpreender que tamanha versatilidade não invada, também, o campo da moda.

O Diabo Veste Prada


Foto: Reprodução/IMDb

Ainda que a própria Meryl não concorde, como diria Miranda Priestly: “Clothe matter, people!”. E nesse caso, nós precisamos consentir com a editora interpretada pela atriz em “O Diabo Veste Prada”. O estilo impecável da personagem na adaptação do best-seller de Lauren Weisberger, por exemplo, com certeza ajudou a impulsionar as dezenas de indicações a prêmios recebidas pelo longa – isso sem contar a arrecadação exorbitante de bilheteria que chegou aos U$ 326,5 milhões.

O que isso quer dizer? É simples. As vestimentas dizem muito sobre o que somos (pelo menos quando se tratam das felizes ou infelizes impressões à primeira vista), o que queremos e até sobre como encaramos as situações de nossas vidas.

Por isso, é provável que seja melhor ter consciência disso e fazer com que as roupas se tornem aliadas no dia a dia. O que não quer dizer de maneira alguma que escolher não se importar com isso também não possa ser positivo na hora da construção da imagem de um indivíduo.

O estilo da Meryl Streep


Fotos: Reprodução/IMDb

O estilo da Meryl Streep se destaca exatamente pela simplicidade e elegância. Enquanto a maioria das atrizes opta por decotes profundos, cores vibrantes e paetês por toda parte, ela se mostra distante disso: prefere os tons sóbrios, os cortes mais fechados e as combinações comedidas no preto e no branco.


Fotos: Reprodução/IMDb

Também entram para o seu visual saias longas – com cinto marcando a cintura, tecidos acetinados, óculos de sol e peças statement, que ajudam a destacar um look que tinha tudo para ser bastante básico. O efeito final de sofisticação na medida certa e evitando chamar muita atenção, é ampliado com o uso de pouca maquiagem.

Esse recorte é, provavelmente, a definição mais clara de como serve a moda para ela. O restante faz parte de saber utilizar os conceitos de acordo com o que quer conquistar como já citamos aqui. Aliás, um clássico exemplo disso é quando vestiu um Valentino em uma premiação para convencer o próprio estilista a fazer uma aparição especial em “O Diabo Veste Prada”. Ou seja, ela sabe exatamente o que está fazendo quando escolher uma peça para usar.

Seu senso de estilo independe de tendências mas ajuda a criá-las e colocar clássicos novamente em pauta. Quase 20 anos depois de Yves Saint Laurent fazer com que a jaqueta safári se transformasse em um dos artigos mais quentes da temporada da época, Meryl fez uma aparição vestindo peças que reviviam a trend inspirada nos desertos e fez com que parecesse 100% atual – e claramente fez com que fosse definitivamente resgatada por um período.


Fotos: Reprodução/IMDb

Em resumo, Meryl Streep não vai à premiações para sair bonita nas fotos utilizando vestidos deslumbrantes das grifes mais luxuosas do mundo – que não mediriam esforços para poder vesti-la – mas sim para ganhar prêmios. Nada chama mais atenção durante suas aparições públicas do que o resultado de seu trabalho árduo em frente às câmeras.

E as chances de que venham mais prêmios para sua longa lista é grande. Meryl foi escalada para o elenco da comédia da Netflix “Don’t Look Up” ao lado de outros grandes nomes como Jennifer Lawrence, Leonardo DiCaprio, Jonah Hill e Himesh Patel. O longa também contará com participações especiais de Timothée Chalamet, Ariana Grande, Kid Cudi, Matthew Perry e Tomer Sisley e ainda não tem previsão de estreia.

GIULIANNA LOMBARDI

https://harpersbazaar.uol.com.br/moda/meryl-streep-usa-a-moda-como-...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 227

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço