Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano X

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano X


imagem

Por Francys Saleh
Designer e Docente no curso de design de moda na Universidade Católica de Pelotas (UCPEL)

Acervo pessoal


Moda e sustentabilidade é um tema recorrente nos dias atuais. Para tanto é fundamental que o designer se coloque diante das tecnologias de forma receptiva. Os profissionais devem estar abertos às inovações, atualizando velhas metodologias, otimizando e abstraindo novas ideias e funcionalidades. Esse é o desafio que proporciona progressos inesperados no campo da moda.

No desenvolvimento do produto, ao final do processo, na parte do acabamento ou beneficiamento existem algumas técnicas consideradas tecnologias inovadoras que promovem a substituição de práticas convencionais pelas de menor impacto ambiental. A primeira é o desgaste a laser que é capaz de reproduzir os padrões de desgaste e os processos a seco do jeans, evitando dessa forma os processos manuais de lixamento e o sandblasting, que são processos prejudiciais à saúde do trabalhador.

Existem no mercado ecolavadoras de última geração que funcionam apenas com oxigênio ativo e ozônio, o que permite dar ao jeans um aspecto envelhecido sem a utilização de água e de produtos químicos. Obviamente, este método é mais caro do que lavar com alvejante tradicional, todavia, o fato de não poluir a água residual, que terá que ser limpa posteriormente, compensa os custos de investimentos de maquinários, além de reduzir os gastos com energia decorrentes das lavagens convencionais.

Outra tecnologia existente é o amaciamento com nanobolhas onde reduz o tempo do processo tradicional e requer três etapas: lavagem, centrifugação e secagem em máquinas secadoras. O amaciante com as nanobolhas evita um dos banhos, graças ao seu sistema micronizado, que distribui a mistura de nanobolhas dentro do tambor. Tendo em vista que o uso de água durante esse processo é menor, a centrifugação deixa de ser necessária, reduzindo o tempo de secagem na secadora e fazendo com que consuma menos água e energia.

Referência:
SALCEDO, Elena. Moda ética para um futuro sustentável.

Por Francys Saleh
Designer e Docente no curso de design de moda na Universidade Católica de Pelotas (UCPEL)

Exibições: 171

Responder esta

© 2017   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço