Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Roupa fresca não significa necessariamente roupa curta ou decotada demais.

Uma certa elegância discreta cai bem, mesmo durante a estação mais quente do ano. Foi essa a lição mais importante ensinada durante o Fashion Rio, que terminou no sábado à noite, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro. Na coleção da British Colony, por exemplo, homens e mulheres podem enfrentar o calor de calça e mangas longas, por que não? O truque está na escolha do tecido e das cores: muita seda, branco e nuances de azul. Na coleção de Walter Rodrigues, a sofisticação está no conjunto de blazer com saia longa, nas túnicas, nos macacões e nos terninhos revisitados (com bermuda no lugar da calça). O tom eleito é o areia, sempre chique, sempre na moda. Mesmo caminho trilhou Andrea Marques, que sempre consegue fugir do lugar comum com uma roupa fresca, mas que não cede ao exibicionismo. Na coleção, ganham destaque as saias amplas, os macacões e as calças curtas - com inspiração oriental. Já a Maria Bonita Extra coloriu a passarela com vestidos de comprimento médio e macacões em cores fortes e tecido fininho, delicioso. Moda de verão sim, mas sem clichês. (Vanessa Barone

Fonte:|valoronline.com.br|

Exibições: 141

Responder esta

© 2023   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço