Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

O novo sentido de empoderamento conferido ao jeans pelas ruas de Londres

Por mais volumes, mais camadas e sobreposições. Se as ruas de Londres pudessem levantar alguma bandeira relativa ao estilo; provavelmente esta seria a de maior destaque no que se refere ao look com jeans. Em seguida, teríamos toda sorte de apologia ao direito de usar meias irreverentes com sapatos sisudos, e seguir para os compromissos associando a camisola da noite com o look urbano e corriqueiro.



Das mangas bufantes às saias estruturadas usadas com peças esportivas - em comum a maioria das produções do streetwear apresentaram a busca pelo ineditismo, e pelo visual que não passa desapercebido. E as lógicas requisitadas para atingir tal objetivo, variaram desde alterações pomposas dos contornos; até surpreendentes intromissões de itens antes proibidos de transitar pelas ruas.

O saudosismo oitentista foi confirmado pelas combinações do mom jeans e das calças retas com acabamento stonewash; juntamente com com mangas volumosas, ombros vazados e maxi-babados com leitura de catwalk - uma verdadeira febre nas produções da moda de rua. Da década perdida tivemos também o resgate dos suspensórios, do jeans black e do comprimento cropped dos tops induzidos aos moletons.



Já que estamos falando de Londres, foram diversas as coordenações envolvendo o visual rocker com camisetas de banda, cinturões de couro e jeans black. No quesito tendências de styling, por sua vez, o jeans foi pretexto recorrente para invenção de novas camadas; como a skinnie usada por baixo de vestidos longos, ou a reta completando a leitura do entrepernas com a pantacourt. Londres também salientou a adesão imediata das saias denim com leituras luxuosas e experimentais, principalmente nas coordenações com discurso atlético.

Outro estilo importante que vem se destacando nos principais observatórios de moda de rua, confirmado pelo streetwear de Londres, aborda a moda unissex. Na sua versão mais fashionista, ela torna a pantalona mais sequinha e masculina, e requisita mais rigidez da modelagem reta; para depois quebrá-la com cetim, rendas e clichês da moda feminina. Nestas produções, o agasalho ideal quase sempre foi o peso do couro no estilo biker.



Da tendência de fusão entre os gêneros, tivemos também numerosas inspirações criadas a partir da imagem da pacata camisa de colarinho listrada: longos e leves sobretudos, blusas com gola xale e apresentações desalinhadas do item foram o par perfeito para toda sorte de fits do jeans: do boyfriend ao fashionismo da cropped flare. E assim, do ambiente londrino tivemos novas mensagens de empoderamento para influenciar as coleções de Inverno 2017. Desta vez, não o empoderamento feminino; mas o da moda em si: reivindicando o direito de se permitir ser luxo, exagero, passarela, moda comum e igualdade de gêneros. E, acima de tudo, retomando sua inestimável missão de diferenciar.

http://www.guiajeanswear.com.br/noticias/6705/moda-de-rua.aspx

Exibições: 336

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço