Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

A maioria das atividades aumentou o ritmo de trabalho, incluindo as indústrias de produtos têxteis e vestuário, cujo desempenho ficou acima da média.

O aumento da atividade industrial entre as confecções de roupas em dezembro repercutiu favoravelmente sobre os fabricantes de produtos têxteis em janeiro, que ampliaram a produção em 7,1% em relação ao mês anterior que apontou queda de 9,1%. Têxteis formam o terceiro setor que mais cresceu no mês, atrás da produção de móveis (7,8%) e de derivados de fumo (24,5%), informa a pesquisa mensal divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que acompanha o ritmo da produção física brasileira.



Depois da expansão de 3,1% registrada em dezembro, as confecções também produziram mais em janeiro, com crescimento de 1,5% em relação ao mês anterior, menor que os das têxteis, mas, acima da média da indústria, que apontou para aumento de 0,4%, interrompendo sete meses consecutivos de queda, destaca o relatório do IBGE.

Quando comparado a janeiro de 2015, o ritmo produtivo caiu em todas as atividades, com exceção de produtos derivados de fumo, com aumento de 21,5%; de celulose e papel, que cresceu 1% no período; e derivados do petróleo e biocombustíveis, cuja produção ficou estável. Mesmo com a aceleração da produção em janeiro, a indústria têxtil opera em ritmo 20,2% menor daquele que mantinha em janeiro de 2015, mostra a pesquisa do IBGE. Também vestuário mantém desempenho abaixo do exibido há um ano, com queda de 12,5%

http://www.gbljeans.com.br/noticias_view.php?cod_noticia=6705

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 345

Responder esta

Respostas a este tópico

Romildo, voce tem estes dados originalmente produzidos? O Bom Retiro e o Braz, não dizem a mesma coisa que voce, meus clientes tambem não, os logistas tb não? Então fizeram estatisticas ONDE?? De todos que conversei hoje, ninguem foi entrevistado por ninguem?

Por falar em estatisticas, a ABIT e o Sinditextil já se pronunciaram ao Impeachement ? Estão declinando do que? Estão novamente em cima do muro?? Já que não conseguem nada para nossas empresas, pelo menos digam o vão fazer neste caso, ou vão deixar nossas firmas continuarem padecendo?

Só vi até o momento a FIESP se pronunciar e olhe que o presidente é do PMDB? 

Nossos amigos deste site de informação e de muito boas informações, eu, os convoco para sairem as ruas sim, vamos batalhar para as coisas melhorarem, caso contrari, não viraremos 2016 em pé.

Informa a pesquisa mensal divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que acompanha o ritmo da produção física brasileira.

alfredo cardoso Neto disse:

Romildo, voce tem estes dados originalmente produzidos? O Bom Retiro e o Braz, não dizem a mesma coisa que voce, meus clientes tambem não, os logistas tb não? Então fizeram estatisticas ONDE?? De todos que conversei hoje, ninguem foi entrevistado por ninguem?

Por falar em estatisticas, a ABIT e o Sinditextil já se pronunciaram ao Impeachement ? Estão declinando do que? Estão novamente em cima do muro?? Já que não conseguem nada para nossas empresas, pelo menos digam o vão fazer neste caso, ou vão deixar nossas firmas continuarem padecendo?

Só vi até o momento a FIESP se pronunciar e olhe que o presidente é do PMDB? 

Nossos amigos deste site de informação e de muito boas informações, eu, os convoco para sairem as ruas sim, vamos batalhar para as coisas melhorarem, caso contrari, não viraremos 2016 em pé.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço