Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Futuro dos Desfiles - Pyer Moss resgatará a experiência do Drive-In durante a próxima NYFW

captura-de-tela-2020-05-19-as-09-53-52

Enquanto todo mercado especula sobre como será o futuro das semanas de moda e dos desfiles já sabemos que o formato típico tem riscos de não  voltar a acontecer tão cedo.

Mas criadores inquietos, como Kerby Jean-Raymond, da Pyer Moss que tem feito dos desfiles mais relevantes do calendário americano já planejam como pretendem continuar mostrando suas ideias e contando suas histórias. Ele anunciou na segunda-feira que, em vez de seu desfile habitual, fará um evento de moda em um drive-in durante a New York Fashion Week, em setembro, para estrear seu longa-metragem Americano (que você vê o trailer abaixo). Cada um no seu carro, protegido e mantendo o distanciamento social.

A estréia do filme durante a semana de moda será seguida por uma série de exibições drive-in em todo o país. Porém Jean-Raymond não apresentará uma nova coleção completa durante o evento, mas sim planeja lançar uma pequena seleção de peças. E isso tem explicação.”Sempre foi nossa missão mostrar a quantidade de pensamento e trabalho necessários para montar uma coleção – estamos diminuindo a velocidade da produção e melhorando a qualidade do que produzimos ao longo dos anos”, Jean- Raymond disse à Vogue. “Este filme tem como objetivo mostrar o amor e o cuidado que toda a empresa coloca em cada momento que criamos e mostramos que apreciamos a moda como uma forma de arte e ferramenta de comunicação que usamos para encorajar uma comunidade à nossa volta”.

 

“OS DESFILES DE MODA NÃO MORREM. HAVERÁ RESTRIÇÕES POR ALGUM TEMPO. NINGUÉM DIZ QUE NUNCA MAIS HAVERÁ JOGOS DE FUTEBOL OU TEATRO.” LUCIEN PAGÈS

 

A crise do COVID-19 forçou as semanas de moda deste verão em Milão, Londres e Paris que aconteceriam em junho a serem repensadas e totalmente digitais. Londres saiu na frente e já divulgou que a plataforma de exibição das coleções será aberta ao público e terá também webinars com os estilistas e showrooms virtuais destinados aos compradores. As marcas poderão escolher apresentar coleções tanto de inverno como de verão, masculinas e femininas. Milão e Paris que tinham suas datas confirmadas para junho, também anunciaram que farão o mesmo movimento em direção à digitalização das apresentações mas no mês de julho.

Enquanto algumas revistas européias já começam a planejar uma volta à produção de shootings de moda sob novas regras sanitárias e de segurança, ainda não está claro quanto tempo vai levar para que os eventos ,que dependem da aglomeração de pessoas sejam retomados.

“Assumimos que a partir de agora e para sempre uma parte da platéia não estará fisicamente lá, devido a razões sanitárias, econômicas e ecológicas”, afirmou Alexander de Betak, produtor de grandiosos desfiles em Paris e NY. Já para o PR parisiense Lucien Pagés os desfilem não devem deixar de acontecer. “Os desfiles de moda não morrem. Haverá restrições por algum tempo. Ninguém diz que nunca mais haverá jogos de futebol ou teatro.”

 

POR AUGUSTO MARIOTTI

https://ffw.uol.com.br/noticias/moda/pyer-moss-resgatara-a-experien...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 169

Responder esta

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço