Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano IX

Cerca de 200 trabalhadores foram demitidos na manhã de hoje
Funcionários recebem comunicado de demissão(Fotos: Portal Infonet)

Funcionários da Santista Indústria Têxtil, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro, assinaram hoje, 14, rescisão trabalhista. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Têxtil de Sergipe (Sinditêxtil), cerca de 200 trabalhadores devem ser demitidos. E em nota, a fábrica informa que as atividades da unidade de Socorro serão encerradas.

Por ordem alfabética, operadores de máquina foram chamados para assinar o aviso prévio, que implica na demissão. A empresa Santista informa que a decisão foi tomada em razão da forte queda nas vendas do mercado de vestuário profissional, causada pela conjuntura econômica.

J.S.N, 51, que trabalhava há 6 anos na fábrica, questiona: “O que não faz sentido é que, no início do ano, a empresa fez um alto investimento em uma caldeira. Como agora, de repente, fomos demitidos?”. O operador , preocupa-se em como vai reingressar no mercado de trabalho.

Ex-funcionário exibe demissão

A Santista acrescenta que a produção da Unidade de Acabamento de Tecidos em Socorro (SE) será encerrada e esclarece que irá tomar todas as medidas cabíveis para apoiar seus profissionais. Os trabalhos desenvolvidos no local serão transferidos para a fábrica da Santista em Tatuí (SP).

Sindicato

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Têxtil de Sergipe (Sinditêxtil) e mecânico de manutenção da Santista, Dilson Gama, cerca de 200 trabalhadores devem ser demitidos. Ele também alerta os trabalhadores sobre os acordos realizados com a empresa: “É importante que os companheiros só aceitem acordos feitos na Justiça do Trabalho, para garantir que seus direitos sejam resguardados”, alerta.

Por Jéssica França

http://www.infonet.com.br/economia/ler.asp?id=187564

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 17390

Responder esta

Respostas a este tópico

encolher para adequar-se!!!!???????

A unidade é só de acabamento? Haverá transferencia dos equipamentos? Ou seia apenas temporário a paralização?

  A Santista acrescenta que a produção da Unidade de Acabamento de Tecidos em Socorro (SE) será encerrada e esclarece que irá tomar todas as medidas cabíveis para apoiar seus profissionais.

Mais uma indústria que encerra suas atividades, mais uma leva de trabalhadores na rua. Cadê o apoio de políticos que correm atras dos empresários e trabalhadores eleitores por ocasião de campanhas políticas? Lamentável!

È muito estranho as decisões estratégicas tomadas por esta empresa, com unidades em várias cidade de estados diferentes, e a compra de uma caldeira é só um detalhe conforme dito em comentário abaixo. Devemos observar o antes e o pós passagem da Camargo Correia pela Santista, trabalho no ramo de Ìndigo e  a mesma é conceituadíssima no mercado, de excelente qualidade. Conforme amigos que trabalha nesta empresa e ñ me surpreenderia se pouco tempo ecerrasse, como tantas estamos vendo. Como disse o amigo abaixo onde estão os políticos para protegerem nosso empregos, a cadeia têxtil já sangrou muito e está em fase terminal no Brasil, infelizmente para nós profissionais da área.

Infelizmente a situação econômica tem levado muitas empresas a repensar sua linha de produção e consequentemente seu quadro de funcionários, outras, tem que "fechar as portas" para evitar que o dano seja maior no futuro. A alta dos impostos e a disparada do dólar fizeram que os produtos importados ficassem mais baratos dos que os produzidos aqui. Uma empresa visa lucro, para pagar suas contas, funcionários, impostos, etc... não é filantropia, é negócio!

Nosso país está à beira da derrocada e o primeiro pensamento é aumentar tributos quando deveriam cortar gastos públicos e fechar os "ralos" por onde todo esse dinheiro todo vaza. 

Vejo que esse cenário não mudará tão cedo porque nosso país não possui seriedade.

boa boite.. para acalmar a todos.. procurem novas Empresas.. pequenas... porque vai ficar... pior... sejam humildes... em entender.. que nosso sistema esta falido.... todo ele.. e não vai parar de fechar grandes empresas.... esqueçam os políticos.. não escapa um...,. mas, não parem de lutar.. vai ficar pior... ainda mais.. para quem esperar.. por milagres neste sistema falido.. parem de querer direitos.. trabalhista, se o governo falhou, imagine todos que querem depender do governo, neste sistema sem vida... economizem... para de pagar dizimo e dar ofertas... guardem o máximo que der conta, e se preparem para o pior... procure... novas empresas.. e tenham calma... porque a /Bolsa de valores... vão morrer com tanta gente que não quis e não quer trabalhar.. passou a vida inteira... investindo em empresas falidas, agora suportem o que já começou em 2012.0000.. sigam em frente.. sem ficar murmurando e lamentando... porque digo,.. de novo.. VAI FICAR PIOR.... estamos em 2016.0004.. o Tempo não para.... e não será somente um negócio que vai ruir.... mas.. todos... sendo assim, trabalhe com mais sabedoria e com mais liberdade, sem esperar nada de ninguém.. estamos no limite... quero ver quem vai ficar de pé..... 2016.0004

Responder à discussão

RSS

© 2017   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço