Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Para empresários, abertura do mercado aos produtos importados e problemas cambiais desestabilizaram o setor

Por quase 30 anos, o empresário Rubens da Silva trabalhou no setor têxtil. Em 2009, decidiu fechar a sua fábrica em Americana, no interior de São Paulo, porque não conseguiu sustentar o negócio. Desde então, mudou de ramo. Hoje, aos 67 anos, é dono de uma consultoria em loteamento e construção civil.

Rubens começou atuando como representante do setor têxtil, depois montou uma pequena tecelagem, que evoluiu para uma empresa de porte médio. Em 1996, modernizou a fábrica com um maquinário de última geração importado da Europa. "Montei um fábrica com tanta qualidade que escolas técnicas usavam o espaço como modelo para os alunos visitarem", lembra. No auge do negócio, chegou a empregar 200 funcionários.

No fim dos anos 90 começaram os problemas. A dívida feita em dólar aumentou de tamanho por causa da forte desvalorização do real em 1999, a importação chinesa começou a entrar com mais força no mercado brasileiro nos anos seguintes, e o principal cliente da época encerrou as atividades. "Foram três raios caindo no mesmo lugar", diz. "Foi uma luta de louco para tentar salvar o negócio, até que há cinco anos eu disse: 'Chega!'", lembra o empresário.

Concorrência externa. Na mesma época, em 2009, a empresária Marielza Milani, decidiu encerrar as atividades de sua fábrica na cidade de São Paulo. Segundo ela, o aumento da importação foi o principal responsável pelo fim do negócio. A fábrica de Marielza era especializada em tecidos para decoração, mas a entrada de produtos chineses mais baratos, apesar da menor qualidade, tornou o negócio insustentável. "O tecido importado não vinha com todos os detalhes, mas o preço era muito menor. Decidi fechar a fábrica para não ficar devendo para ninguém."

No melhor momento, a empresa chegou a ter 300 funcionários. A fábrica foi fundada em 1996. Marielza começou a trabalhar lá em 1986 como diretora. Comprou a empresa em 1992. "Eles queriam fechar já naquela época. Conversei com o antigo dono e comprei. Veja que deu para pagar a fábrica, mas depois ela começou a ir mal, e aí dívida ficaria um absurdo, então preferi fechar", afirma Marielza, hoje aposentada. / L.G.G.

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,sem-conseguir-competir-...

Exibições: 695

Responder esta

Respostas a este tópico

filhos da mãe de políticos!!! Pra não usar outros termos....

pode ir atras que todos sao eleitores do PSDB, o bom desta materia e que marca bem o periodo em que FHC abriu as pernas pra china e ai ninguem conseguiu mais fechar so que agora so culpam o lula e a dilma, que bom que esta reportagem veio com estas datas e tem maisvou fazer uma previsao quem quiser sobreviver no setor textil, cuide de inovar e ir buscar fibras naturais,o mundo todo esta correndo atras delas, o linho virou ouro a seda e diamante ate o rami hoje e supervalorizado e nem vou falar de algodao colorido natural, porem meu caro romildo, nossos empresarios ficaram viciados em comprar fio de pliester da china 1 e vender por 10 agora ninguem quer mais esta porcaria e eles nao tem plano B e nem querem descer de seus castelos e correr atras de  organizar as comunidades agricolas para plantar todas estas fibras que mencionei, um metro de seda custa uma pequena fortuna, mas ninguem quer organizar as comunidades no vale da seda, a embrapa tem pesquisa sobre o rami mas ninguem quer saber disto, enquanto nos aqui estamos tendo uma reuniao com o MDA no qual estamos juntando agricultores, industria e os orgaos do governo federal, pois os do nosso estad (governador e prefeito de joao pessoa) nao  querem nem saber disto, mas nos estamos nos juntando a quem quer trabalhar conosco e claro estamos aberto as industrias que quiserem fazer a via crucis como plantar com contrato gar adiantado e depois ter materia rpima exclusiva, porem toda empresa quer algodao colorido, no entanto quando nos falamos que tem que ter contrato e pagar sinal ao homem do campo so ficam os compradores internacionais, os daqui correm todos, portanto romildo estao falindo porque sao acomodados, porque so querem saber do prato feito, ninguem quer ir pra cozinha cozinhar o feijao, so sabem colocar a culpa no governo, que tem sua parcela de culpa sim, mas o empresariado fica ai deitado eternamente em berco explendido e vou lhe dizer, nao vai ficar pedra sobre pedra, quem ainda nao quebrou vai chegar la, pode apostar.

onde vc mora Francisca?

NA PARAIBA

Francisca, EU ESTava QUASE FICANDO QUIETO, MAS ME IRRITA ESTA HISTORIA QUE VOCE TRAS A TODO INSTANTE, SOBRE POLITICA. SOBRE SEU SOBERANO LULA, O PAI DE VOCES, NÃO MEU.

O Dr. Fernando Henrique Cardoso, (oseu FHC) foi quem lhe deu a oportunidade de voce se expressar, neste contesto. Se dependesse do PT, você estaria ainda dando o dizimo do socialista  ao governo e muda como todo cubano., como fazem os médicos que aqui estão, ou seja 90% pra Cuba, 10% pro medico. E pior, com anuência do governo brasileiro PTista, que não ME CONSULTOU SE EU ESTARIA DISPOSTO A AJUDAR O GOVERNO CUBANO. Se ele te consultou e você aceitou, em detrimento aos seus funcionários, ai lhe dou a mão a palmatoria. ME POUPE DE TANTA MEDIOCRIDADE CULTURAL E HISTORICA, POR FAVOR.

mediocridade, voce conhece bem esta palavra, estes numeros que voce vomitou ai esta nna veja, quando voce comecar a ler alguma coisa seria ai sim podemos discutir, quanto ao FHC que nunca foi dr. se dependesse dele eu estaria passando fome como quase todo nordestino, quando ao dizimo que voce fala e para politicos eleitos, como todo e qualquer partido, voce provavelmente nunca se filiou a nenhum, senao nao dizia tanta besteira, porque pra mim quem vem falar de politica sem ser de nenhum partido nao passa de uma pessoa que fica em cima do muro e cai pro lado que traz beneficios, quem decidiu sobre   a questao do governo cubano foi a camara e o senado que nos elegemos se o resultado nao foi de seu agrado paciencia, isto se chama democracia eu tive que aguentar seu canalha FGC vendendo todo o patrimonio do brasil (alias vendendo nao , dividindo com os amigos), triplicando a divida externa, passando 8 anos sem dar aumento a um professor universitario e por ai vai, entao senhor aqui e um portal democratico se o senhor nao quer ler sobre quem nao compartilha de sua "CULTURA" pois historia o senhor nem sabe o que e, senhor nao leia , nao responda, nao opine, continue lendo a veja para o senhor continuar "culto".

ah, quem me deu oportunidade de me expressar foram estas pessoas que certamente o senhor nao sabe que sao, carlos lamarka, mariguella, herzog, rubens paiva, enquanto isto o seu DR se auto exilou em Paris onde vivia com uma nota de cem dolares no bolso na hora de dividir a conta e se aposentou com  37 anos para depois chmar quem se aposentou com 60 de vagabundos, o mesmo que mandou esquecerem o que ele escreveu, tudo isto senhor est ai documentado, entao quem e que nao conhece a historia

Gostaria de conhece-la pessoalmente, pois como representante de algum partido,pois voce fala,como se o fosse, e certamente deve ser o PT, certo ? Se for não mais discutiremos, pois o PT tem inicio e fim, a historia dira, pois o continuismo do que foi feito pela hoje oposição não fui eu e sim o seu LULA, pois não tinha capacidade para mudar o que de correto foi feito no governo anterior ao seu. Tudo que criticou, de repente era suA plataforma.

Para seu conhecimento, não leio a VEJA,Epoca, etc, leio outras revistas, que não esta ao seu alcance. A demais voce tem razão, quando estiveres neste , não mais entrarei,é melhor para minha ignorancia.Calar as vezes é preciso se é que me entende.

voce nao tem a menor ideia do que eu tebho a meu alcance em termos de informações, certamente o que leio nao esta ao seu alcance, porque se tivesse nao seria um reacionario deste tipo.

     

         Conversa Mole é Aresia...........

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço