Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Senai Minas lança Guia de Inspirações para o Inverno 2012 :Vestuário femino e estamparia.

Senai Minas lança Guia de Inspirações para o Inverno 2012

Texto : Rodrigo Bessa

 

O Guia Senai Minas e Moda com o tema “Sinais e Inspirações Inverno 2012" foi lançado no dia 18 de janeiro. O evento realizado na Fiemg/ Regional Centro Oeste reuniu empresários, professores, estudantes e profissionais do setor confeccionista.

Com este projeto, o Senai visa a inserção de design na estratégia econômica da industria de moda. Ao promover a cultura do desenho no âmbito empresarial, destaca também os costumes, comportamentos, estilo de vida e a natureza regional. Uma iniciativa que desenvolve competências, por meio de uma rede integrada de informações e serviços, e que estimula a cultura do uso e do estudo de tendências regionais e internacionais em atendimento às demandas do setor industrial brasileiro, através de profissionais e estudantes que buscam informações sobre o mercado de moda dos setores de vestuário, calçados, bolsas e acessórios de couro.


a

Criação Takin Rodrigues

A consultora de moda e presidente do Sindivestu - Sindicato das Indústrias do Vestuário de Uberlândia, Alba Lima, disse, em palestra, que primeiro se faz a pesquisa macro das tendências e depois se analisam os desfiles e os produtos que vão para as vitrines:

- Neste inverno, destaque para os vestidos longos; modelagens com cintura, volume, babados, brilhos, retos, minivestidos e na altura do joelho. Vários estilistas apostaram na variação de comprimentos para agradar a diversidade do público-alvo. Os paetês e algumas peças com referências acentuadas nos anos 1960, e os casacos são longos; embora no Brasil o clima quente, pode-se adequar a modelagem. Nas vitrines, o estilo de jaquetas e casacos “Sargent Peppers” e o estilo andrógeno no vestuário feminino com calça cós mais alto, algumas com boca larga ou boca de sino. Camisa soltinha, inclusive transparências. Casaquinho com saias curtas e longas, calças, bermudas, mas as brasileiras preferem shorts tanto no jeans, tecido plano ou malha. Há marcação da cintura dos anos 1970, com dourados e bordados nas peças e acessórios. Blocos de cores em várias vitrines, inclusive nos calçados. Os plissados bem presentes, de forma mais justa e seca. Estamparia digital exclusiva, que é o grande diferencial das marcas. Detalhes diferenciados como as peles, golas de vários tamanhos, padronagens de leopardo, píton (serpente), xadrez, destaque para o xadrez escocês, bolas, florais que mudam o tamanho representado. As estampas localizadas vêm com imagens de bichos e da natureza. Peças monocromáticas e multicoloridas. Os tecidos malha, jersey, veludo molhado, devorê, cotelê, rendas, cetim, seda, a volta do mousseline e chifon, jeans com várias lavações trabalhos com recotes, lixados e degradês. Destaque para tricô, lãs e tweeds – explica Alba.

a

Criação Glauciene Oliveira

Cores da Estação

As cores do Inverno 2012 váriam entre o vermelho e o coral que dão espaço às tonalidades mais fechadas como o bordô e variações sobre o tom de vinho. O azul bic também escureceu, variando entre o turquesa e o navy. Tons pastel e as cores rosê, camelo, chocolate e off-white. Os tons de verde com variação entre petróleo e verde água. Já o amarelo segue forte na cartela de cores, e oscila entre os tons de mostarda, cítrico e ocre.

a

Cartela de Cores Inverno 2012

 

Equipe Senai

Sete escolas do Senai Minas atuaram na pesquisa. De Divinópolis, participaram os designers Glauciene Oliveira e Takin Rodrigues, técnicos do Senai Anielo Greco. Ao final da palestra foi distribuído gratuitamente aos participantes o “Guia Senai Minas e Moda” em DVD.

A designer têxtil Flávia Lopes disse que as marcas podem desenvolver estamparia digital exclusiva pelo menor preço do mercado através do Senai Modatec em Belo Horizonte.

- A empresa interessada será direcionada para o setor comercial, passa por um briefing para saber o que deseja criar. Depois, passa para o setor que desenvolve o processo computadorizado. Com o desenho aprovado, imprimi-se uma peça piloto de dois metros que pode ser no algodão, viscose, tecido plano ou em qualquer tecido de fibras naturais. A máquina tem capacidade de rodar até 30 metros de tecidos de cada estampa desenvolvida - comenta Flávia.

a

Estamparia digital desenvolvida pela designer textil Flávia Lopes inspirada nas flores e pássaros

De acordo com a professora de Design de Moda do Senai, Glauciene Oliveira, o grupo de Divinópolis também oferece consultoria na área de estilo e criação.

- O primeiro passo é a empresa procurar o Senai para que possamos fazer um estudo de caso. Depois começa a consultoria, que existe três formatos: o primeiro focado em desenvolvimento de coleção; o segundo através de orientação sobre pesquisa e estratégias de criação de moda; e o terceiro para organizar o setor de design dentro da empresa como espaço físico, ficha técnica, melhor área para pesquisa e melhoria na comunicação entre modelagem, criação e confecção dos produtos – relata Glauciene.

O designer e professor do Senai Takin Rodrigues é da opinião de que esse trabalho é um benefício do qual as empresas podem tirar proveito.

- Após a análise da demanda do consumidor, essa pesquisa é direcionada de acordo com as novas formas de consumo existentes no mercado. Esse trabalho é um benefício para as empresas interessadas em desenvolver um produto diferenciado e direcionado no seu público-alvo – conclui.

Foto: Divulgação

a


a

Criação Takin Rodrigues 

 

a

Estamparia digital desenvolvida pela designer textil Flávia Lopes - tema: árvores

 

a

Criação Glauciene Oliviera

a

Estamparia digital desenvolvida pela designer textil Flávia Lopes - tema arquitetura moderna

Exibições: 1568

Responder esta

Respostas a este tópico

Simplesmente amei. Parabéns, As estampas estão divinas. Sucesso

Como sempre, o trabalho do Senai é bom, mas fora do tempo. As coleções de inverno já estão sendo entregues.

realmente, disse tudo; resumindo; RELÓGIO QUE ATRASA, NÃO ADIANTA./////////////////////////////

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço