Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Quando a pandemia for controlada, a Abit faz um apelo para que os consumidores deem preferência para produtos feitos no Brasil

As paralisações das fábricas devido a pandemia do novo coronavírus preocupam a indústria têxtil e de confecção. O setor vem tomando medidas previstas em lei, como férias coletivas, na tentativa de reduzir os impactos da quarentena.

Só a parte industrial fatura cerca de R$ 15 bilhões por mês — e paga R$ 3 bilhões em salários.

O presidente da Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção, Fernando Pimentel, reforça a importância da preservação dos empregos no setor. Mesmo sem saber quando o parque industrial poderá voltar a funcionar, o presidente da Abit defendeu a criação de uma estratégia pensando no pós-quarentena.

Segundo Fernando Pimentel, o setor precisa de ajuda do governo.

Quando a pandemia for controlada, a Abit faz um apelo para que os consumidores deem preferência para produtos feitos no Brasil. O setor acredita que será possível recuperar a rota de crescimento que estava alcançando diante da recuperação da crise econômica.

No entanto, não há como projetar resultados no momento.

*Com informações da repórter Nanny Cox

https://jovempan.com.br/programas/jornal-da-manha/setor-textil-busc...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 1051

Responder esta

Respostas a este tópico

O difícil é saber quando poderemos voltar à normalidade, pois a cada dia o rombo em nossas contas aumenta e se muito tempo perdurar a crise, serão poucos que sobreviverão, imagine comércio, sem vendas industria não produz pois não tem pedidos, imagine os trabalhadores com salários reduzidos quando recebem, oremos para que isto passe o mais breve possível, pois se o virus não nos acabar, a falta de recursos para pagar contas, remédios, alimentação e outros o fará;

  Segundo Fernando Pimentel, o setor precisa de ajuda do governo.

Boa tarde meu amigos...
Apesar de não estar contribuindo muito no blog como fiz por muito tempo sempre acompanho diariamente a movimentação
Vejo com bons olhos a questão de priorizarmos o “Made in Brazil”
Hoje partindo do ponto que não ocorra nenhuma alteração no consumo, fato que sabemos que dificilmente vai ocorrer nos não conseguimos ser auto-suficientes em matéria prima! Porém nosso parque industrial para produto acabado é muito bom!
O que falta é o governo apoiar mais o empresário! É uma série de medidas podem ser feitas desde já e não esperar o bonde passar pra aí tomar atitude! Cadê a desoneração da folha de pagamento! Pedir para o empresário manter emprego sem faturar é fácil! Cadê a ajuda pra isso ser viável? Cadê a postergação do pagamento de impostos? Feriado bancário, sobretaxar produto acabado por um período X até o consumo se estabelecer e ajudar nessa campanha “Made In Brazil”!! Podemos conversar aqui sobre ”N” possibilidades e por enquanto não estou vendo nenhuma ação neste sentido! O vírus é um monstro feio! Mas a crise econômica tb é!! Ninguém aguenta! E estamos assistindo de camarote a quebra de inúmeras empresas sem o governo fazer nada até então
Vamos debater aqui possibilidades, sugestões!!!

  Bom retorno.



Fabrício Leite disse:

Boa tarde meu amigos...
Apesar de não estar contribuindo muito no blog como fiz por muito tempo sempre acompanho diariamente a movimentação
Vejo com bons olhos a questão de priorizarmos o “Made in Brazil”
Hoje partindo do ponto que não ocorra nenhuma alteração no consumo, fato que sabemos que dificilmente vai ocorrer nos não conseguimos ser auto-suficientes em matéria prima! Porém nosso parque industrial para produto acabado é muito bom!
O que falta é o governo apoiar mais o empresário! É uma série de medidas podem ser feitas desde já e não esperar o bonde passar pra aí tomar atitude! Cadê a desoneração da folha de pagamento! Pedir para o empresário manter emprego sem faturar é fácil! Cadê a ajuda pra isso ser viável? Cadê a postergação do pagamento de impostos? Feriado bancário, sobretaxar produto acabado por um período X até o consumo se estabelecer e ajudar nessa campanha “Made In Brazil”!! Podemos conversar aqui sobre ”N” possibilidades e por enquanto não estou vendo nenhuma ação neste sentido! O vírus é um monstro feio! Mas a crise econômica tb é!! Ninguém aguenta! E estamos assistindo de camarote a quebra de inúmeras empresas sem o governo fazer nada até então
Vamos debater aqui possibilidades, sugestões!!!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço