Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Talentos negros e indígenas criam coleção com o Instituto C&A

Identidades surge da união entre marcas de roupas e acessórios em looks que evidenciam a moda autoral brasileira.

Na imagem com cor, modelo usa coleção IdentidadesC&A/Divulgação

Com a premissa de celebrar a brasilidade na moda, estilistas negros e indígenas lançam a coleção Identidades. O projeto une as marcas Dendezeiro, Isaac Silva Brand, Nalimo e KF Branding com mais quatro afroempreendedores do ramo de joias e bijuterias. A iniciativa foi idealizada pelo Instituto C&A.

Vem conhecer!

Giphy/C&A/Divulgação

Para a confecção da coleção, os designers se dividiram em quatro duplas para produzir peças específicas. Isaac Silva Brand e a Tropicana se inspiraram na escritora Maria Carolina de Jesus; a Nalimo e a Ímpar Ateliê se uniram em uma criação que teve como base as mulheres originárias de Abya Yala (como o continente americano é chamado na língua do povo Kuna, por ameríndios do Panamá e no noroeste da Colômbia).

Já a Dendezeiro e a Azulerde desenvolveram looks agêneros, inclusivos e com modelagens que se adequam a todos os tipos de corpo. Por fim, a KF Branding e a Adajo Aworan apostaram na releitura dos best-sellers da marca comandada por Kel Ferey com aplicações sustentáveis, características da joias da Adajo.

O diretor executivo do Instituto C&A, Gustavo Narciso, explicou que a coleção Identidades foi pensada para atender dois grandes objetivos. “O primeiro é a democratização do acesso a marcas autorais lideradas por pessoas que contribuem para o desenvolvimento das comunidades em que estão inseridas – sejam pautadas por questões raciais, territoriais ou de culturas e crenças. O segundo é oferecer para elas a visibilidade e novas possibilidades, que é a essência do nosso trabalho”, afirmou em comunicado à imprensa.

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
Coleção Identidades é a novidade do Instituto C&A

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
O foco é celebrar a diversidade da brasilidade

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
As marcas participantes se uniram com talentos promissores

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
O destaque fica para a multiplicidade de olhares

As quatro marcas de acessórios que compõem a coleção Identidades estão entre os 12 negócios de joias, semijoias e bijuterias selecionados em todo o Brasil, em maio deste ano, pela segunda edição do Afrolab Moda by Instituto C&A. O programa, desenvolvido em parceria com a PretaHub, visa apoiar e impulsionar as potências empreendedoras negras e indígenas da moda.

Nos últimos três meses, as marcas passaram por um processo de desenvolvimento, capacitação e aprendizagem, e todos os participantes foram convidados a expor suas marcas e produtos no Festival Feira Preta. O evento ocorrerá presencialmente, em São Paulo, nos dias 3 e 4 de dezembro.

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
Joias e acessórios também fazem parte da coleção


Na imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
A Dendezeiro entregou um calçado com o DNA da marca

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
As peças já estão disponíveis

C&A/DivulgaçãoNa imagem com cor, modelos utilizam peças da coleção Identidades
O conjuntinho é um dos destaques

Serviço

A coleção Identidades já está disponível no aplicativo e no site da C&A. Também é possível encontras as peças em lojas selecionadas da varejista.

lca Maria Estevão

Colaborou Luiz Maza

https://www.metropoles.com/colunas/ilca-maria-estevao/talentos-negr...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI




Exibições: 39

Responder esta

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço