Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Teka não vai cumprir acordo com trabalhadores demitidos

Teka Tecelagem não irá cumprir o acordo de pagamento da Recuperação Judicial  que, segundo o Juiz responsável, vence em 26 de Novembro

O clima era de expectativa por parte dos credores da Teka Tecelagem Kuehnrich, mas ela não cumprirá com o  cronograma de pagamento da Recuperação Judicial, que,  segundo o Juiz responsável, Osmar Tomazoni, vence no próximo  dia 26 de Novembro.

Em uma nota controversa, a empresa afirma que “está honrando com o pagamento  da parte trabalhista” e engloba na expressão “demais credores” os  fornecedores, bancos e milhares de trabalhadores que saíram ou que foram  demitidos sem receber nenhum direito. Estes seriam pagos “dentro do prazo  determinado”.

Mas segundo a nota, “a homologação do Plano de Recuperação ainda se  encontra pendente no Tribunal de Justiça de Santa Catarina”. Em outra  oportunidade, a empresa havia afirmado que o prazo vence em Janeiro de  2015, contrariando o que pensa o próprio juiz responsável.

O débito submetido a recuperação judicial é de R$ 458 milhões, mas o passivo  total da empresa supera R$ 1 bilhão. A reportagem tentou buscar  maiores esclarecimentos com a empresa, mas não obteve resposta  pela Assessoria.

FONTE: http://www.farolblumenau.com/2014/11/teka-nao-vai-cumprir-acordo-co...

Exibições: 479

Responder esta

Respostas a este tópico

CAUSA DO PROBLEMA E A SOLUÇÃO:

Se os nossos trabalhadores não receber, é porque o Sindicato Local que os representa é conivente, incompetente ou ambos.

Vamos aos fatos, que eu conheço bem, pois estava participando doLeilão da Teka, por sinal contestável, no qual ainda há um Embargo Infringente a ser decidido no tribunal de Chapecó.

Primeiro para a maioria dos nossos colegas o que é esse embargo? É quando há erros de procedimento no leilão.

Que erro foi esse? (1) O maquinário da firma essa foi adquirido por uma firma fachada de capital de  giro declarado de aproximadamente 70,000 Reais, formada semanas antes do leilão, (2) e com muitos indícios fortíssimos que ela seria “laranja” de uma outra firma que participou do leilão, (3) cujo dono consta ter vários processos pendentes na justiça, a maioria deles na area têxtil. Isso é informação aberta e constante na Net em paginas de tribunais.

Sabendo disso, denunciei ao Juiz, mas o leilão continuou assim mesmo, para minha surpresa e a de meus advogados.

Agora voltemos ao presente, como os nossos colegas funcionários poderiam receber alguma remuneração, E ISSO É IMPORTANTE e tem que ser feito imediatamente. Se o sindicato não o fizer é porque não quer.

A ESPINHA DORSAL financeira desse negocio foi a venda de Aproximadamente 140 teares Sulzers, no momento procurados na Índia e Paquistão por razão do alto preço da eletricidade nesses paises, o baixo consumos das maquinas Modelos TW e PU, e o miserável remuneração dos fiadores e tecelões nesses paises.

A recuperação de nosso dinheiro: Esses teares estão sendo NESSE momento, postos em containeres em SUMARE, São Paulo e movidos para o porto para serem transladados para fora do Brasil, especificamente para um comprador do Paquistão que bancou a “firma vencedora”. Alguns deles, os PU, sairão da fabrica de Indaial: Não estou afirmando, estou “desenhando”.

Uma vez vocês embarguem a saída das maquinas, vocês reterão o capital dos funcionários.

Junto a essa mandarei um clip dos comentários feitos por sindicalistas e representantes da TEKA, minutos depois do leilão.

Somente isso dara ao Sindicato subsídios para embargar a saída das maquinas.

Parece que estamos mais e mais no Brasil exigindo EFICIENCIA, TRANSPARENCIA, RESPONSABILIDADE E HONESTIDADE. Isso é hora de ser aplicado nesse caso ou nossos representantes poderão ser vistos como meros pelegos das grandes firmas ou ate mesmo coniventes com elas ou mesmos eunucos, gente sem noção e sem ação em prol de nossa Classe Têxtil.

Ai esta a solução DESENHADA para vocês. Abaixo as caras no leilao esse e as afirmacoes do Sindicato e da Teka.

http://globotv.globo.com/rbs-sc/rbs-noticias-sc/v/maquinas-e-equipa...

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço