Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano VI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano VI

A escolha certa do tecido pode levar uma roupa ao sucesso ou fardá-la a encalhar nos estoques das confecções. Uma má escolha confere à peça um péssimo caimento, pouco conforto e um acabamento ruim.
Para evitar estes problemas, o ideal é que o profissional de moda conheça os mais variados tipos de tecidos, suas características e principais usos. Hoje, estão disponíveis uma infinidade de tipos de tecidos no mercado, sendo praticamente impossível conhecer todos.
Com o objetivo de auxiliar os profissionais da moda neste aspecto, o tema será abordado em uma série de posts. Os tipos de tecidos serão organizados por ordem alfabética.
Acrílico: é um tecido sintético parecido com a lã, macio e com pouca absorção. Usado em roupas para esportes e malhas.
Alpaca: fibra leve e com brilho suave. Em geral, aparece misturado com lã para alfaiataria e malharia. Utilizado em ternos, paletós e malhas.
Atoalhado: tecido de algodão atoalhado - em um ou ambos os lados -, muito absorvente. Ideal para produção de toalhas de banho, saídas de praia, roupas confortáveis e para roupas de bebês.
Batista: tecido de algodão ou de fibra sintética em tecedura lisa. É leve, fino e transparente. Usado em blusas, lingeries, forros e lenços.
Bouclê: tecido em lã pura ou mista, de fios enrolados, de superfície irregular e aspera. Utilizado em roupas femininas e malharia.

  Reprodução

Buclê: feito em lã ou outro tecido pesado. A trama lembra os pelos de um poodle. Usado na confecção de casacos.
Cambraia de linho: tecido de algodão ou fibras sintéticas, fino, leve e semitransparente. Podem ser estampados ou em cores e geralmente são utilizados em roupas infantis e vestidos de verão.
Challis: tecido de lã, raiom, algodão puro ou misturado; leve, liso e suave. Tradicionalmente estampado em fundos escuros com desenhos florais ou estampado colorido. Usado em vestidos e roupas de dormir.
Chambre: algodão puro ou misturado de algodão com poliéster, raiom-poliéster com fios tingidos e brancos. Utilizado em uniformes, roupas esportivas, pijamas e camisas.
Chamois: Couro amarelo macio, escova e com textura ligeiramente suave. Este tecido tem, geralmente, um efeito de superfície de textura suave e similar. Usado em panos para polir e forro de casacos.
Couro: vários tipos de couro são adequados para fazer casacos, jaquetas e saias. Geralmente, compra-se a peça inteira e não tratada. Existem muitos tipos de couro e abaixo segue uma lista dos mais utilizados. Full Grain: também conhecido como plena flor é um dos mais tradicionais e geralmente está disponível em cores da moda.  Camurça: dá bons resultados mesmo sem detalhes de alfaiataria e está disponível em cores da moda ou estampado. Couro de montaria pesado: bastante utilizado em bolsas, cintos e carteiras.
Couro falso: imitação vendida a metro, e possui uma infinidade de acabamentos, como camurça e chamois. Usados em casacos sob medida e jaquetas.

PARTE II:


imagem                

                Neste post, serão abordados os tecidos utilizados na indústria de confecção que iniciam com as letras D, E, F e G do alfabeto. Para acessar o primeiro texto série basta acessar aqui.
Damasco: este tecido recebe o nome da cidade de Damasco, na qual as sedas chinesas chegavam pelas rotas de comércio. Este é um material firme, tipo Jacquard. Alguns também são fabricados com fibras de linho, algodão ou misturas. Muito utilizados em revestimentos de mobilisas e toalhas de mesa.
Drill: tecido forte e em sarja. Algodão de apenas uma só cor, semelhante ao Denim. Comum nas veste de trabalho e uniformes.
Dupioni: também conhecido como doupin, é bastante utilizado na confecção de roupas formais e de casamento. Este tecido é uma seda lustrosa com efeito flamê e urdidura de fibras estiradas de casulos dobrados. Há versões em fibras sintéticas.
Elastano: mais conhecido como Lycra. Esta é uma fibra sintética elástica encontrada em vários tecidos, que mesmo em pequenas porcentagens – de 1% a 5% - aumentam o conforto ao utilizar a peça. Aparece com mais frequência na moda praia e lingerie.
Faille: tecido de trama fechada feito de seda, algodão, lã ou de fibras sintéticas com nervuras achatadas transversais. Usado em roupas formais e para a noite.

Feltro: TNT (tecido não tecido) feito d efibras de lã, pele ou pelos combinados por calor, umidade e ação mecânica. Cada vez mais o feltro é fabricado com fibras acrílicas derretidas. Usado em brinquedos, coletes, jaquetas.
Fleece: Tecido de lã grosso cardado e, algumas vezes, com adição de náilon e fibras luxuosas de cabelo. Usado em casacos.
Foulard: tecido leve ou sarjado de peso leve, geralmente de raiom ou seda. Usado em gravatas e echarpes.
Fustão: tecido leve, suficientemente fino e semitransparente e , geralmente, é de algodão. Atualmente existem exemplares que são fabricados em fibras sintéticas. Possui riscas no sentido o comprimento, listras, xadrex ou padronagens estampadas pequenas. Aplicado em vestidos e cortinas.
Gabardina: tecido sarjado, fprte, com acabamento rígido, de peso médio a pesado, composto de fibras diferente sou misturas. Comum em capas de chuva, roupas esportivas e calças.
Gaze: tecido fino, semitransparente, de trama aberta, feito de muitas fibras diferentes. Usado em roupas de verão, bandagens e cortinas.
Gingão: tecido fino, liso, originalmente feito de algodão, encontrado também em misturas. Fios tintos são tramados em padronagens xadrez ou listras. Usado em vestidos, blusas e roupas infantis.
Gorgorão: Canelado pesado, tiras feitas de raiom ou seda urdidas sobre cordas de algodão firmes. Usado em adornos e cintas.
No próximo post, serão abordados os tecidos que iniciam com as letras de H a M e são utilizados na confecção de roupas


http://www.audaces.com/br/Producao/Falando-de-Producao/2013/7/8/tip...

Exibições: 3083

Responder esta

Textile Industry

O Maior Portal de Informações Têxteis e do Vestuário do Brasil

© 2014   Criado por Textile Industry.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço