Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Apesar da perspectiva positiva, o setor de confecções só deve começar a se preparar em 2013

Conforme o Sindconfecções, atualmente, a indústria cearense produz cerca de dois milhões de camisetas por mês, número que irá se expandir para a Copa, uma vez que essas peças são as mais consumidas no período FOTO: WILSON GOMES

Em época de Copa do Mundo de Futebol, os torcedores querem vestir a camisa, literalmente, da seleção brasileira e torcer com fervor pela vitória no campeonato, considerado um dos maiores e mais importantes do planeta. Além de animarem a torcida brasileira, as peças de vestuário nas cores da bandeira nacional também empolgam o setor têxtil e o de confecções, que já aguardam um crescimento expressivo das vendas para a Copa de 2014, que ocorrerá no Brasil.

De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias de Confecção de Roupas e Chapéus de Senhoras no Estado do Ceará (Sindconfecções), Marcus Venícius Rocha Silva, as vendas do setor, sobretudo de camisetas, devem ir crescendo gradativamente até atingir o pico de expansão em torno de 30% no período do torneio, que terá início em junho de 2014. A expectativa é que, por ser realizada no Brasil, as vendas impulsionadas pelo mundial sejam ainda maiores que em eventos anteriores.

"As camisas de malha são os itens que mais vendem para a Copa. Até a data do evento, teremos um incremento gradativo e, no período da Copa, acreditamos em uma expansão de pelo menos 30% nas vendas de camisetas com as cores da bandeira do Brasil. O amarelo vai bombar", afirma Silva.

Ele acrescenta que, atualmente, a indústria cearense produz cerca de dois milhões de camisetas por mês.

Para atender à crescente demanda e aproveitar da melhor forma possível as oportunidades de negócios geradas a partir da Copa do Mundo de 2014, o presidente do Sindconfecções conta que as capacitações para o setor serão intensificadas a partir do próximo ano. Nesse sentido, o Sindicato já estabeleceu parcerias com entidades de capacitação e também contratou serviços especializados.

"Pretendemos focar mais na capacitação de gestores. Já temos treinamentos marcados para janeiro do próximo ano e também para fevereiro, quando a Fundação Dom Cabral, contratada por nós, realizará seis cursos em diferentes áreas, como gestão financeira, de produção e de pessoas, dentre outros. Nós também já temos parcerias firmadas com o Senai e a Prefeitura de Maracanaú para a capacitação de mão de obra, tanto de costureiras quanto de pessoas de nível técnico, como gerentes, supervisores e mecânicos de máquinas", conta Marcus Venícius. "A gente vai preparar o pessoal muito mais a partir do ano que vem", reforça o presidente.

Oportunidades

Ele informa que o Sindconfecções pretende realizar, também no próximo ano, um seminário sobre as oportunidades de negócios que podem surgir por ocasião do evento. A ideia é orientar os associados - atualmente, cerca de 68 empresas - sobre as possibilidades que podem surgir e sobre como se preparar para aproveitá-las, melhorando, assim, os resultados das empresas.

Marcus Venícius destaca ainda que a maioria das empresas só deve começar realmente a produzir com foco na Copa do Mundo e em grande volume a partir do fim de 2013 e no início de 2014, quando o evento estará mias próximo.

Setor Têxtil preparado

De acordo com o presidente do Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em geral no Estado do Ceará (Sinditêxtil-CE), Germano Maia, o setor já está preparado para atender às demandas do período. "As empresas têxteis estão atualizadas e com certeza já se preparam para atender as tendências que marcarão o consumo durante a Copa", diz.

Ele frisa também a necessidade de defender a produção local. "A indústria local está devidamente preparada para atender as expectativas do consumidor. É importante ressaltar que se deve continuar a defender a produção nacional, evitando que os produtos acabados que são importados ocupem ainda mais espaço", afirma

Fonte:|http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1199838

Exibições: 353

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço