Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Convocação - Grito de Alerta do Setor Têxtil de Confecção!

Chinesada vem com tudo!

Exibições: 4108

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Henrique Melo em 18 outubro 2013 às 13:47

Certo, e o que pretendem fazer?

Por acaso vocês tem coragem de fazer um boicote TOTAL aos seus clientes que vocês sabem que compram tecidos e insumos chineses? 

DUVIDO.

A única união que o setor têxtil brasileiro tem é no prazo de entrega: longo, muito longo. Você quer tecido? Senta e espera.

O máximo que podem fazer hoje é se cobrir com cortes de tecido e desfilar pela marginal Tietê... pode ter certeza que eu vou estar lá (para dar risada, claro).

O industrial/ comerciante que importa produtos hoje, não o faz na sua maioria por preço, mas por PRAZO e DESENVOLVIMENTO. Vou repetir o que já disse antes: solicite a qualquer fabricante de tecido nacional que lhe forneça um tecido que seja diferente em qualquer coisa que ele tem de linha. Ele te corta. Não quer nem saber da quantidade. Agora ficam chorando porque a China vem e arrebenta?

Vão a China e vejam o modo de trabalho deles. Copiem a fundo e verão que as suas deficiências é o que os impede de crescer e absorver as fatias do mercado que estão ficando para eles. Eu fiz isso e deu muito certo. 

Para concluir: vou deixar uma coisa bem clara aqui. Não sou importador, sou industrial. Tento trabalhar com fornecedores nacionais até o último momento. Porém, nesse mercado as coisas não funcionam. 

Saudações,

Henrique Zucatelli

Grupo Cobra

Comentário de antonio Nogueira de Lucena em 18 outubro 2013 às 13:38

No Brasil, acontece de tudo e de todos os modos. É incrível a autorização para um evento deste. Com certeza não tem nenhum expositor brasileiro por dois principais motivos, Primeiro: não foram convocados/convidados. Segundo: o custo para o brasileiro deveria ser altíssimo, enquanto para eles deve ser totalmente subsidiado. Na visão de nossos governantes, este setor não tem relevancia, para eles pode fechar.

Comentário de julio cesar de souza em 18 outubro 2013 às 12:17

CARAS AMIGAS(OS), MESMO ESTANDO LONGE COMO ESTAMOS,

EU EM NATAL/RN, PODEMOS NOS FAZER PRESENTES COMENTANDO

COM COLEGAS DE PROFISSÃO, DE ESCOLAS QUE RESIDEM NA GRANDE

SÃO PAULO SOBRE O EVENTO E, ASSIM, MOBILIZA-LOS A COMPARE-

CEREM, VISTO QUE ESTE MOVIMENTO É DE GRANDE IMPORTÂNCIA

PARA O NOSSO POVO, ESTA EM NOSSA VOCAÇÃO O TÊXTIL E A

CONFECÇÃO, EU JÁ TRABALHEI COM PESQUISAS E POSSO AFIRMAR-

LHES: O NOSSO POVO TEM ESSA VOCAÇÃO, É SÓ OLHAR DO NORTE

AO SUL, DO LESTE AO, AGORA, OESTE BRASILEIRO E LÁ VEREMOS

PLANTIOS DE ALGODÃO, FIAÇÕES, TECELAGENS, MALHARIAS E, EM

TODOS CANTOS, TEM ALGUÉM COSTURANDO.

VAMOS LÁ COLEGAS DE SAMPA "NOS" FAÇAM PRESENTES NESTE

GRANDE EVENTO E VAMOS MOSTRAR AOS CHINESES QUE O GO-

VERNO E SEUS REPRESENTANTES NO CONGRESSO NÃO MANDAM

AQUI. " O BRASIL É A NOSSA TERRA, O BRASIL É NOSSO!"

(84)9996-7677(TIM) e (84)8722-8372(Oi)

Comentário de Nelson Ferreira da Costa em 18 outubro 2013 às 11:43

Todos as manifestações são validas, mas precisamos, ser mais forte, precisamos parar o Brasil, o Governo tem que sentir o peso e a força de nossa nação, como produtor, a globalização feita de modo desleal, foi bom para a china e alguns país, mas todos se esqueceu de seu próprio país, e agora Brasil, o que fazer. primeiro rever tudo, expor 331 empresas, somente chinesa no gigante Anhembi, é outro erro, a não ser que a gigante china, coloque estande colossais, o que precisa mesmo, é parar o Brasil hoje, para não ser pior amanhã, e somente com a união de todos, para que o governo, acorde, para rever todo nosso sistema, toda nossa carga tributária, e os nossos empresários valorizar nossa mão de obra, aqui no Brasil, pois as pessoas também precisam alimentar.

Comentário de vera grigolli em 18 outubro 2013 às 11:39

....

Os grandes varejistas estão em zona de conforto...importando indiscriminadamente e achando que caso haja necessidade sempre haverá algum sobrevivente para atender aqui no mercado nacional...Grande engano...A palavra sustentabilidade foi retirada do vocabulário das confecções !

Comentário de Ana Rezende em 18 outubro 2013 às 11:09

No Brasil não basta termos direitos, precisamos lutar por eles...

Comentário de Sandra Regina Lourin Pineiro em 18 outubro 2013 às 11:07
Gostaria mto de estar presente para apoiar nossos colegas, mas infelizmente sou do interior do Paraná e não consigo me deslocar até ai, se eu puder ajudar de alguma forma me procurem.
abs

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço