Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

O varejo precisará oferecer cada vez mais integração online/off-line e reunir personalização e conveniência.

Speech bubbles for Right and Wrong

O QUE PODE PEGAR NO SETOR NOS PRÓXIMOS 12 MESES. MOBILE, OMNICHANNEL E BEACONS (DE NOVO) ESTÃO NA LISTA!

Fim de ano não é somente hora de dar conta das vendas de Natal: também é tempo de projetar o que acontecerá nos 12 meses seguintes e olhar para trás para ver quais as previsões de 2014 se concretizaram.

Há um ano, alguns temas prometiam ser quentes na NRF 2015 e ganhar espaço no varejo mundial, como beacons e pagamentos mobile (e o Apple Pay tinha acabado de ser lançado com pompa e circunstância). Nenhum dos dois, até agora, fez jus ao buzz. Outras tendências, como compras sociais e o omnichannel, evoluíram e ganharam força, especialmente pelo crescimento do uso dos dispositivos móveis.

O site Huffington Post elencou 5 tendências que podem pegar no varejo em 2016 e exercer um impacto relevante sobre o setor. Vamos a elas:

  • Varejo local: as grandes redes de varejo estão migrando do marketing e do sortimento generalistas para aumentar o espaço dedicado a ofertas geolocalizadas. Embora aumente a complexidade das operações, esse tipo de abordagem permite identificar marcas preferidas por nichos de consumidores e buscar produtos de fabricação local. As lojas também podem utilizar os recursos digitais para oferecer experiências mais personalizadas e adotar ferramentas como store analytics, localização de produtos, sistemas de CRM e vendas para fazer uma melhor gestão de produtos e pessoas no PDV.
  • Beacons: será que agora vai? Desde 2013, quando a Apple anunciou o lançamento da tecnologia, o hype é grande sobre o assunto. Entretanto, o crescimento do uso dos beacons como ferramenta de melhoria da experiência de compra tem sido mais lento que o esperado, com poucos varejistas realizando projetos-piloto. Entretanto, com o início da adoção da tecnologia por grandes varejistas, como a Target, pode-se esperar um aumento do uso dos beacons e de sua integração às lojas.
  • Varejo personalizado: consumidores muito diferentes, com expectativas e demandas variadas, fazem com que o varejo precise adotar abordagens bastante diferentes de acordo com o público. A integração com o digital permitirá utilizar informações de buscas, geolocalização, listas de compras online e popularidade da loja nas redes sociais como oportunidades de personalização. O uso de informações mobile poderá dar grande vantagem para algumas empresas e, como resultado, o varejo adotará tecnologia de forma mais intensa para empoderar os colaboradores e permitir que eles melhorem o atendimento aos clientes.
  • A expansão do omnichannel: a Forrester Research acredita que o mobile influenciará cerca de US$ 1 trilhão em vendas no varejo americano neste ano. O omnichannel deixou de ser palavra da moda para se tornar uma estratégia de sucesso e, em 2016, as empresas irão investir na integração dos canais para criar experiências de consumo que atendam à demanda dos clientes em múltiplos pontos de contato. Serviços como o click & collect ganharão força.
  • Monetização mobile: as plataformas mobile apresentarão novas oportunidades para engajar os clientes que utilizam smartphones em processos de compra com base em dispositivos móveis. Mais e mais marcas tentarão alcançar perfis específicos de consumidores com base nas informações dos celulares. Novas fontes de receita surgirão a partir da monetização da publicidade mobile.

Pode ser que 2016 fique marcado como o ano das experiências interativas. O varejo precisará oferecer cada vez mais integração online/off-line e adotar uma abordagem multifacetada, que reúna personalização e conveniência.

Com informações do Huffington Post

Exibições: 77

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço