Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Fonte:|estadao.com.br|

Segundo USDA, agricultores devem cultivar 4,2 milhões de hectares, crescimento de 15% em relação a 2009


Após três anos de forte redução, a área plantada com algodão nos Estados Unidos deve voltar a crescer em 2010. O economista-chefe do Departamento de Agricultura norte-americano (USDA), Joseph Glauber, disse na semana passada que os agricultores devem cultivar aproximadamente 4,2 milhões de hectares, o que significaria um crescimento de 15% em relação a 2009. Nos EUA o algodão é plantado entre março e abril e colhido entre setembro e novembro.

Os americanos chegaram a plantar 6,2 milhões de hectares de algodão na safra 2006/2007, mas a queda dos preços, provocada pela superprodução mundial, a decadência da indústria têxtil local e a crise internacional, fez com que a área recuasse até os 3,7 milhões de hectares da temporada 2009/2010.

Segundo o USDA, o consumo mundial deve crescer quase 5% no ciclo atual, totalizando 25,1 milhões de toneladas. Como a produção global não deve passar de 22,3 milhões de toneladas, os estoques deverão ser enxugados para o nível mais baixo em seis anos. Nos EUA, maiores exportadores mundiais, a tendência é a de que os estoques de passagem desta safra somem apenas um terço do volume da safra 2007/2008.

O reflexo da oferta apertada é sentido nos preços. Na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), os futuros de algodão já se valorizaram mais de 70% nos últimos 12 meses, saltando de 45 centavos para 78 centavos de dólar por libra-peso.

Exibições: 44

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço