Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Como o SESI se tornou um parceiro de escolas públicas para turbinar a robótica educacional

Iniciativas estaduais já contribuíram para envolver mais de 700 estudantes de escolas públicas em atividades com robótica em 2022. Treinamentos, oficinas e fornecimento de materiais estão entre as ações.

Como o SESI se tornou um parceiro de escolas públicas para turbinar a robótica educacional

A robótica está presente em todos os cantos, desde a produção industrial até as mais simples atividades do dia a dia, mas algumas escolas, principalmente da rede pública, ainda não têm acesso a esse tipo de ensino.  

Nas escolas do Serviço Social da Indústria (SESI) ela começou a tomar força em 2006, quando a rede operacionalizou esse tipo de atividade em todo o país por meio do programa de robótica educacional da FIRST LEGO League. Para levá-la para mais crianças e adolescentes, alguns departamentos regionais criaram iniciativas para implementar a robótica em escolas públicas. 

Afinal, é parte da missão da robótica não só participar das competições, mas também multiplicar a atividade, levar programação, ciência e engenharia para a comunidade e pôr em prática tudo isso em sala de aula

“A robótica na rede SESI já é consolidada há anos. É fundamental a iniciativa dos departamentos regionais em levar o ensino de robótica para as escolas públicas, porque é um novo universo que se abre para esses estudantes”, destaca Rafael Matta, gerente de educação tecnológica do SESI Nacional. 


A Agência de Notícias da Indústria listou iniciativas espalhadas pelo Brasil que valem a pena conhecer e que mostram os caminhos para a robótica ser de todos e para todos. Confira!

Técnicos, a base de tudo! 💪 

Os técnicos são um dos pilares mais importantes em uma competição de robótica. São eles que identificam os alunos que têm afinidade com a prática, acompanham as atividades das equipes, coordenam os treinos e cuidam até da parte emocional dos competidores. 

Para treinar esse time capaz de construir um robô que cumpre diversas tarefas com agilidade, é preciso conhecer a competição, os equipamentos e o desafio do ano. Ufa! Para isso, os departamentos regionais do SESI disponibilizaram capacitação para as equipes de técnicos das redes públicas. 

No Rio Grande do Sul, ao longo do mês de novembro, o SESI concedeu oito kits e montou uma mesa na sala multiuso para que as equipes pudessem treinar no Centro de Atendimento ao Trabalhador (CAT) da instituição. Nove equipes, com 62 alunos ao todo, foram contempladas com a ação.

Ainda na região Sul, em Santa Catarina, equipes do SESI capacitaram técnicos de 14 escolas públicas e de duas Organizações Não Governamentais (ONGs). Ao todo, 102 alunos foram beneficiados. 

Em Goiás, a rede SESI oferece capacitações, técnicos e ex-competidores para dar suporte a 23 equipes de robótica da região, além de fornecer kits para a montagem dos robôs. Sim, o estado contou com o engajamento de mais de 20 times de escolas públicas na temporada! Multiplica, robô 🙌🏾 


“A minha experiência na robótica fez com que eu me aprofundasse na área de tecnologia, melhorou o meu rendimento escolar e favoreceu o meu desenvolvimento pessoal. A robótica é um universo que fascina, não é à toa que continuo como mentor de robótica, não quero sair nunca”, declara o ex-competidor de escola pública e mentor de robótica do SESI Goiás, Adenilton Gois. 


Acha que acabou por aí? Calma, ainda temos muitas ações... 

Oficina de robótica tá em alta ⚡  

O SESI Maranhão leva a robótica para estudantes de escolas públicas de um jeito diferente: sobre rodas. O Prototipando Sonhos é um projeto gratuito para alunos de escolas públicas de cidades maranhenses e tem o objetivo de introduzir crianças e adolescentes no mundo da ciência e da tecnologia por meio da robótica. 

O projeto já passou por sete cidades, envolvendo cerca de 300 alunos. Carregado de ciência, engenharia e muito animação, um caminhão vira sala de treinamento em cada cidade, durante três dias, para explicar montagem de robô, programação e regras de torneio da FLL. Além disso, uma equipe foi formada em cada município para participar das seletivas do Festival SESI de Robótica. 


“Desde o início o projeto oportunizou aos nossos alunos a experiência de vivenciar esse mundo da robótica e, dessa forma, muitos deles viram uma porta se abrindo para novos caminhos. Além dos benefícios, como a organização do trabalho em equipe, assiduidade no cumprimento dos horários, interação entre os alunos e também a expectativa em poder participar de um campeonato”, explica Jéssica de Oliveira, professora de ciências.  


No SESI Ceará, um programa especial tem o propósito de potencializar o ensino de matemática, ciências e programação por meio das tecnologias: bem-vindo à Fábrica de Robôs! A experiência criativa desafia, em média, 690 estudantes a buscar soluções inovadoras para situações da vida real, além de programar robôs. Por enquanto, os municípios atendidos são: Sobral, Cascavel e Caucaia. E tem mais! Sete equipes de robótica foram apadrinhadas pelo SESI. 

No Pará, o SESI está implementando, de graça, a metodologia da robótica em quatro escolas da rede municipal. Os últimos kits foram entregues em agosto de 2022 e, em setembro, a rede capacitou professores para aplicar a metodologia em sala de aula com oficinas focadas no uso de tecnologias e na robótica educacional. 

Já o SESI Tocantins ofereceu uma grande oficina de robótica em 2022, da qual participaram mais de 300 alunos de duas escolas públicas.  Além de colocar em prática os conhecimentos de robótica, os jovens tiveram a chance de trocar experiência com as equipes Tucuna e Golden Robots. 

No Paraná, seis escolas municipais foram apadrinhadas com tapetes ou kits Spike e duas escolas estaduais, sendo uma de garagem e uma de ONG, também foram apadrinhadas. Ao final de cada regional os tapetes utilizados também são doados. E o melhor: as equipes de robótica ainda promovem eventos em escolas públicas, clubes de robótica para crianças, entre outras ações sociais. 

Tapetes são sempre bem-vindos ❤️ 

É no tapete que o robô cumpre as atividades que somam pontos para a classificação final. E é a partir dessas tarefas que os estudantes desenvolvem a programação e a engenharia do robô. Portanto, os tapetes são um elemento fundamental para os treinos e a competição de robótica. 

Pensando nisso, algumas unidades da rede SESI disponibilizaram o aparato para que os estudantes possam praticar. Em Minas Gerais, sete escolas receberam tapetes da temporada atual, SUPERPOWERED. Santa Catarina e Rio Grande do Sul também seguiram o exemplo. 

O SESI realizou alguma ação legal na sua escola? Compartilha com a gente! 

Por: Marcella Trindade

Foto: Edilson Dantas

Da Agência de Notícias da Indústria

https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/robotica/como-o-...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 29

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço